Tudo que você precisa saber sobre o imposto de renda 2021

Todas as novidades para o calendário e declaração oficial do Imposto de Renda 2021 de Pessoa Física serão divulgadas dia 24/02. Os especialistas acreditam que o prazo para declaração entre o dia primeiro e 30 de abril.

Em 2020, devido à pandemia a data limite para a entrega foi estendida até o final de junho, mas ainda não foi divulgado se este ano acontecerá o mesmo. O contribuinte deve ficar muito atento aos prazos, evitando atrasos.

Neste artigo iremos fornecer todas as informações sobre o Imposto de Renda 2021. Saiba quem precisa declarar imposto e quais são os documentos necessários.

Quem precisa declarar imposto de renda 2021

A expectativa é que não exista mudanças em relação as diretrizes do ano anterior, a lista de pessoas que precisam declarar Imposto de Renda são:

  • Obtiveram uma receita bruta com valor superior a R$142.798,50 com atividades rurais;
  • Receberam rendimentos tributáveis com valor superior a R$28.554,70;
  • Obtiveram ganho de capital por alienação de direitos e bens, futuros, mercadorias ou realizaram operações em bolsa de valores em qualquer mês do ano;
  • Receberam rendimentos não tributáveis, exclusivamente na fonte ou isentos, com valor superior a R$40 mil;
  • Pretendem compensar os prejuízos de anos-calendário, de anos anteriores ou do próprio ano;
  • Tiveram no dia 31 de dezembro, posse ou propriedade de bens ou direitos com valor superior a R$300 mil;
  • Optaram por isenção do Imposto incidente sobre ganhos na realização de vendas de imóveis residenciais, quando o produto é aplicado na aquisição de um outro imóvel residencial do Brasil no prazo de 180 dias, contando a partir da celebração do contrato de venda;
  • Passaram a residir no país em qualquer mês do ano e estão nesta condição em 31 de dezembro.

Documentos necessários para declarar Imposto de Renda 2021

Existem alguns documentos necessários para conseguir Imposto de Renda 2021 e já podem ser organizados desde já, eles são divididos em diferentes categorias, acompanhe:

Informações de renda

  • Informes de rendimento em bancos ou instituições financeiras;
  • Informes de rendimento de pessoas jurídicas e físicas;
  • Informações e documentos de outras rendas, como heranças recebidas no ano, pensão alimentícia, DARFs de Carnê-Leão, doações e outros.

Informações gerais

  • Nome, CPF, data de nascimento e grau de parentesco com dependentes;
  • Dados da conta bancária para a restituição ou se houver débito das cotas de imposto apurado;
  • Atividade profissional que está sendo exercida no momento;
  • Um backup da última declaração IRPF entregue;
  • Dados de endereço atualizados.

Gastos com bens e direitos

  • Qualquer documento que comprove a compra e venda bens e direitos, além dos seus respectivos saldos.

Pagamentos realizados

  • Reembolso dos gastos realizados com saúde, devem ser emitidos pelo plano ou seguro de saúde;
  • Informes de pagamentos ou documentos que comprovem os gastos com seguro odontológico e saúde ou planos;
  • Documentos que comprovem os gastos que foram realizados com educação, doações, médicas e com previdência social e privada;
  • Comprovantes de pagamento e partidos políticos ou candidatos, que sejam oficiais.

Informações de renda variável

  • DARFs de renda variável;
  • Controle de compra e vendas de ações, com apuração de imposto mensal.

Ônus e dívidas

  • Documentos que comprovam o saldo de ônus e dívidas ao fim do exercício;
  • Documentos e informações de ônus e dívidas contraídas ou pagas durante o período.

Thuanne

Redatora apaixonada pelo Marketing Digital e tudo o que este é capaz de transformar, estudante de Comunicação e desenvolvedora de conteúdo em constante processo de aprendizado.