4 dicas para não cair em dívidas de cartão de crédito

Para muitos, o cartão de crédito se tornou um item tão indispensável no cotidiano quanto o celular. Ele oferece uma gama de vantagens para os consumidores, além de ser conveniente, prático e seguro.

Anúncios

No entanto, o cartão de crédito pode trazer também várias outras desvantagens, caso seja utilizado da forma incorreta.

Pensando em ajudar, este artigo foi elaborado para mostrar que, se for utilizado de forma correta e consciente, o cartão de crédito pode ser um aliado. Seguem, então, quatro dicas para evitar dores de cabeças desnecessárias quanto ao seu uso.

Cartão de crédito: usar ou não usar?

Os brasileiros costumam utilizar o cartão de crédito para pagar despesas, adquirir itens por meio de parcelamento ou fazer compras mensais e pagar somente daqui a 30 dias ou mais, dependendo da data da compra e do vencimento do cartão.

O crédito via cartão traz muitas facilidades, como:

________________
________________

– Descontos em lojas;
– Programas de benefícios;
– E até devolução de parte do valor pago na fatura mensal.

No entanto, é preciso ficar muito atento para que ele não estrague toda a sua vida financeira.

Segundo levantamento realizado pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC), em 2019, 4 em cada 10 brasileiros não tinham qualquer controle quanto aos seus gastos no cartão de crédito. Isso aponta que no Brasil é muito comum o consumidor cair em ciladas e se endividar por mau uso do cartão.

Dicas para evitar dívidas

Para evitar se endividar com o uso indevido do cartão de crédito siga as seguintes dicas:

1. Organizar suas finanças

Manter a organização financeira é fundamental para não se endividar com o cartão. É preciso criar o bom hábito de planejar e organizar suas finanças, coisa que a maioria dos brasileiros não costuma fazer.

Para se organizar, você pode lançar mão de ferramentas online de controle de finanças ou, usar bloquinho de papel e caneta mesmo.

Mantenha o saudável hábito de anotar tudo aquilo que gastar e tudo o que ganhar no mês. Assim, dá para visualizar para onde o seu dinheiro está indo, quanto você já gastou etc.

2. Controlar gastos no cartão

Este controle deve ser levado muito a sério, para evitar a euforia do “posso gastar hoje e pagar depois”. Isto é um caminho sem volta para as dívidas.

Você precisa ter este controle para saber exatamente o momento de comprar ou não comprar algo, para que suas finanças não fiquem comprometidas.

3. Quitar a fatura

Um grande erro que as pessoas cometem é não quitar a fatura completa do cartão. Pagar o mínimo é um dos piores erros que se pode cometer.

Isto porque de um mês para o outro os juros correm e a dívida aumenta. Se você não conseguiu pagar a parcela inteira no mês anterior, não vai conseguir pagar também a do seguinte. Assim, o valor de sua dívida só cresce.

4. Pagar à vista

Prefira sempre realizar suas compras à vista, evitando ter dívidas que se prolonguem muito no futuro. Planeje sua compra, guarde dinheiro e depois compre o item que deseja. Use o cartão de crédito só em caso de extrema necessidade.

Gostou deste artigo? Visite nosso site e encontre mais textos interessantes sobre dinheiro, economia, finanças, cartão de crédito etc.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo