Abono de R$2 mil poderá ser aprovado para aposentados e inscritos no BPC

Um projeto de lei prevê um abono de R$2 mil para os aposentados, pensionistas e os beneficiários do BPC pago pelo Instituto Nacional do Seguro Social – INSS. O projeto de lei foi criado por Jefferson Brandão Leone e gera ansiedade aos segurados.

Publicidade

Esse Projeto foi registrado ainda em 19 de junho de 2019 e recebeu mais de 26 mil assinaturas online que também apoiam essa implantação. Mas a proposta Legislativa continua em espera até nos dias de hoje.

Publicidade
Publicidade

O senador Paulo Paim fez com que essa ideia se transformasse em Sugestão Legislativa nº 15 de 2020 e levou ao Senador para análise. Até o presente momento a Sugestão continua no Senado e não existe nenhum tipo de previsão para a votação.

Recomendado para você:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
SER APROVADO NO CARTÃO
 
SEM CONSULTA SPC SERASA
 
CARTÃO SEM ANUIDADE
 

Como funciona o abono de R$2 mil

abono de R$2 mil

Publicidade

De acordo com o conteúdo do projeto, foi proposto que os aposentados, pensionistas do INSS e beneficiários do BPC pudessem receber um valor de R$2 mil como um valor extra no final do ano, uma espécie de 14º salário.

Se caso o projeto for de fato aprovado, quem recebe até 3 salários mínimos por mês vai ter direito a essa  bonificação todos os anos.

Uma justificativa dessa proposta é de que a pandemia causada pelo Covid-19 pede para que esse tipo de medida seja tomada para ajudar a amparar os beneficiários do INSS do Brasil. A renda extra de R$2 mil seria uma forma de amenizar todos os efeitos causados pela crise.

14º salário em votação

Essa medida, além de ser muito importante para os beneficiários do Instituto Social do Seguro Social, também é fundamental para a economia do Brasil.

É interessante que durante esse momento delicado que estamos vivendo, seja possível garantir os direitos fundamentais dos segurados do INSS e de seus dependentes. O dinheiro é parte essencial para que existe acesso a alimentação e saúde, por exemplo.

Veja também:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
OUTROS CARTÕES
   

Diante de tal situação, só nos resta esperar para saber se a proposta vai causar uma boa impressão no Poder Legislativo. Nos próximos dias a nossa equipe vai atrás de novas informações sobre esse assunto para atualizar os nossos leitores.

Algumas questões legais sobre o assunto

De acordo com o que foi previsto no Projeto de Lei o pagamento do abono deveria ser feito até 31 de dezembro de 2020, mas praticamente durante o ano inteiro vivemos em estado de calamidade pública.

O pagamento seria pago aos beneficiários do INSS que recebem até no máximo três salários mínimos e o abono poderia ser usado para a redução dos impactos graves causados pela pandemia.

Os casos de Covid-19 continua aumentando no Brasil e a crise econômica não parece viver uma queda, dessa forma o projeto segue aguardando a votação do Senado Federal. Cada vez mais os beneficiários do INSS ficam ansiosos esperando pela solução final.

Como acompanhar mais novidades sobre o abono de R$2 mil

Dá para acompanhar qualquer novidade diretamente no site oficial do Senado Federal. Os trâmites da Sugestão Legislativa nº 15 de 2020 podem receber consulta público, de forma que dá para acompanhar os detalhes sobre a propostas e também opinar sobre a mesma.