Auxílio Brasil: saiba se você tem direito

Benefício do Governo Federal tem calendário disponível. Veja neste artigo se você cumpre os critérios para retirar o dinheiro!

Anúncios

Antes de mais nada, é preciso destacar que o Auxílio Brasil é o antigo Bolsa Família, criado através de uma medida provisória (MP) em agosto de 2021. Após as perdas de empregos e o aumento dos preços, o Governo Federal decidiu injetar dinheiro na economia através do benefício.

Primeiramente, os pagamentos se iniciaram em novembro do ano passado, com valor inicial de R$ 217,18. Atualmente, o valor subiu para R$ 400,00. Ademais, entre os principais objetivos do Auxílio Brasil está a inserção dos brasileiros em postos de trabalho, além de retirar famílias em situação de pobreza.

Atualmente, mais de 18 milhões de pessoas tem direito a receber o valor, que deve subir ainda mais até o fim de 2022. Assim, talvez você possa ser um desses brasileiros, só não sabe como solicitar e o que fazer para receber os pagamentos. Então, fiquem conosco e vamos às informações sobre este benefício importante.

Tenho direito?

O Auxílio Brasil foi criado para famílias em situação de pobreza, e essas configurações precisam ter gestantes ou jovens com até 21 anos incompletos para se encaixarem. Do mesmo modo, todas essas informações devem ser comprovadas juntos a Caixa Econômica Federal e Ministério da Cidadania. Ademais, veja mais detalhes em categorias:

________________
________________
  • Famílias em extrema pobreza: são as que possuem renda per capita por familiar no valor de até R$ 105,00 
  • Pobreza: a renda varia entre R$ 105,00 e R$ 210,00
  • Famílias em Regra de Emancipação. Neste caso, a família continua recebendo o valor por um período, ainda que algum familiar tenha conseguido emprego. Para continuar com o valor, não se pode ultrapassar o limite de R$ 525 por pessoa

Como solicitar?

Para solicitar o Auxílio Brasil, é preciso estar com cadastro atualizado no Cadastro Único (Cadúnico). Seja como for, é preciso ter a renda por cabeça de até duzentos reais mensais para receber o valor. Para fazer o cadastro, é preciso procurar os órgãos responsáveis da prefeitura da sua cidade. Leve os documentos pessoais, como:

  • RG
  • Carteira de trabalho
  • CPF
  • Título de Eleitor
  • Certidões, como de casamento e nascimento
  • Comprovantes de matrículas de crianças e adolescentes
  • Comprovantes de renda e residência

Por fim, aguarde a aprovação do cadastro e comece a receber os valores. Neste artigo, você também saberá que maneira ter acesso a este dinheiro tão importante a seguir.

Como consultar e receber o valor?

A maneira mais fácil é acessar sua poupança digital, ou Caixa Tem, pelo celular. Infelizmente, muitas famílias não possuem acesso à tecnologia, portanto, vamos trazer outras alternativas.

Poupança digital

Assim que houver disponibilidade, a Caixa abre uma Poupança Social Digital para o beneficiário caso ele não tenha conta do banco. Assim, você pode acessá-la sem cartão em caixas eletrônicos ou baixar o aplicativo Caixa Tem no seu celular.

Conta-corrente de depósito à vista

Neste caso, o valor é depositado em uma conta básica, que recebe os depósitos e pode ser aberta pelo beneficiário em qualquer banco. Assim, o dinheiro cairá direto na conta informada por você.

Conta contábil

Quando o beneficiário não possuir nenhuma outra modalidade de conta ele será direcionado para este modelo de conta, portanto, dificilmente este modelo será utilizado. Somente quando o usuário não tiver como abrir contas em nenhuma instituição.

A abertura da conta Caixa Tem é automática, aberta no nome do usuário cadastrado no Cadúnico. Para consultar o valor, é só abrir o aplicativo ou utilizar seu Cartão Cidadão, ou o Cartão Bolsa Família, aceitos em caixas eletrônicos da Caixa e Banco do Brasil. Ademais, se não conseguir nenhuma alternativa citada, vá até um dos bancos públicos e peça a consulta a um atendente.

Auxílio Brasil: calendário atualizado

O calendário do Auxílio Brasil foi divulgado ainda em 2021 no Diário Oficial da União. Desde o início do ano os valores começaram a ser liberados, e agora estamos na época das parcelas de agosto e setembro estarem próximas.

Para entender a ordem do calendário, é preciso seguir o número do NIS, Número de Identificação Social, que normalmente fica nos cartões Cidadão ou Bolsa Família. O cadastro foi criado justamente para identificar quem recebe benefícios sociais.

Final do NISData de pagamento
109/08 – pagamento realizado
210/08 – pagamento realizado
311/08 – pagamento realizado
412/08 – pagamento realizado
515/08 – pagamento realizado
616/08  – pagamento realizado
717/08 – pagamento realizado
818/08 – pagamento realizado
919/08 – pagamento realizado 
022/08

E como ficam os próximos meses?

Por enquanto, o Governo Federal não afirmou se os valores do Auxílio Brasil de setembro terão adiantamentos. Ainda sim, é possível confirmar o restante do calendário através do aplicativo. O acréscimo de R$ 200, ou seja, o valor será de R$ 600, mas, isso não significa nenhuma alteração nos métodos de pagamentos.

Para ajudar, vamos reforçar algumas datas divulgadas pelo Governo Federal ainda no início do ano:

  • 19 de setembro (segunda-feira) – NIS final 1;
  • 20 de setembro (terça-feira) – NIS Final 2;
  • 21 de setembro (quarta-feira) – NIS final 3;
  • 22 de setembro (quinta-feira) – NIS final 4;
  • 23 de setembro (sexta-feira) – NIS final 5;
  • 26 de setembro (segunda-feira) – NIS final 6;
  • 27 de setembro (terça-feira) – NIS final 7;
  • 28 de setembro (quarta-feira) – NIS final 8;
  • 29 de setembro (quinta-feira) – NIS final 9;
  • 30 de setembro (sexta-feira) – NIS final 0.

Auxílio Brasil: empréstimo consignado

A novidade que vem por aí para os beneficiários é a possibilidade de conseguir empréstimos. O Ministério da Cidadania homologou 17 bancos e instituições financeiras para fornecer os empréstimos aos beneficiários e a previsão é disponibilizar a possibilidade ainda no mês de setembro.

Ainda não há normas para a cedência dos valores consignados, mas qualquer usuário aprovado no Cadúnico e já receber o Auxílio Brasil poderá ser contemplado, pagando parcelas com garantias, assim como funciona para funcionários de empresas públicas e privadas, por exemplo.

Essa é mais uma novidade que com detalhes você verá por aqui. Aproveite para conferir mais conteúdos e ficar por dentro dos seus direitos financeiros!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo