Boas notícias sobre a continuação do auxílio emergencial. Entenda aqui!

A primeira parcela do auxílio emergencial começou a ser paga em abril de 2020 para milhões de brasileiros, na expectativa de reduzir os impactos econômicos trazidos pelo novo coronavírus.

Anúncios

Como o vírus não foi embora, o benefício foi prorrogado até o final do estado de calamidade decretado no país, que durou até o dia 31 de dezembro de 2020. Inicialmente, foram pagas 5 parcelas no valor de R$ 600. Depois, mais 4 prestações com metade do valor (R$ 300), em caráter residual.

Após esse prazo, o presidente Jair Bolsonaro e sua equipe econômica – chefiada pelo ministro Paulo Guedes – disseram que o “coronavoucher” não poderia continuar, devido ao custo do programa para as contas públicas.

Por outro lado, a pandemia não acabou, a economia ainda não conseguiu se reerguer e milhões de pessoas que dependiam do auxílio já não sabem o que fazer sem ele.

Entretanto, nos últimos dias, saíram algumas notícias que podem ser animadoras para quem defende a continuidade do auxílio emergencial em 2021. Veja quais são neste artigo!

LEIA MAIS:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
CARTÃO DA CAIXA
 
CARTÃO DE CRÉDITO NUBANK
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
             

Nascidos em outubro já podem sacar a última parcela do auxílio

Embora o depósito da última parcela do auxílio emergencial tenha sido feito no dia 29 de dezembro de 2020 (para quem recebeu a primeira parcela em abril), o calendário de saques continua.

Nesta sexta-feira (22) foi a vez dos nascidos em outubro, e que ainda não haviam usado o dinheiro disponível no aplicativo Caixa Tem, poderem sacá-lo ou transferi-lo para outra conta.

No próximo dia 25 de janeiro, os nascidos em novembro terão os saques liberados. Para quem faz aniversário em dezembro, a liberação será feita a partir do dia 27 de janeiro.

Para fazer o saque em dinheiro, o beneficiário deve entrar no aplicativo do Caixa Tem, clicar na opção “Saque sem cartão” e gerar o código da operação.

Depois, é só usar esse código em um caixa eletrônico, casa lotérica, correspondente Caixa Aqui ou agência da Caixa Econômica Federal para retirar o valor.

Lembrando que a validade do código é de uma hora e que a pessoa também pode optar por usar o app do Caixa Tem para transferir o dinheiro para outra conta.

Se você quiser saber como transferir o valor instantaneamente usando o Pix, veja este outro artigo.

Projeto busca prorrogação do auxílio emergencial

Devido à intensa pressão popular defendendo a manutenção do auxílio emergencial, muitos parlamentares estão se posicionando a favor da continuidade do benefício.

Desta vez, o deputado federal Chiquinho Brazão (Avante-RJ) foi o autor do Projeto de Lei 5650/2020 que busca a prorrogação do “coronavoucher” até abril de 2021, com o valor de R$ 600 mensais.

De acordo com Brazão, o fim do auxílio não apenas leva de volta à pobreza milhões de brasileiros, como também afeta a arrecadação de estados, municípios e comércios locais.

É importante lembrar que o Congresso Nacional está em recesso até o próximo dia 01 de fevereiro, então é provável que ações concretas com relação ao auxílio emergencial só sejam tomadas depois desta data.

Estados pressionam governo federal por continuidade do benefício

Na última sexta-feira (22), os secretários de Fazenda de 18 estados brasileiros assinaram uma carta que será entregue ao Congresso Nacional.

Dentre as solicitações do documento, está a prorrogação do estado de calamidade pública e do Orçamento de Guerra – que terminaram no dia 31 de dezembro de 2020 – por mais 6 meses, o que permitiria ao governo federal flexibilizar os gastos públicos e custear o auxílio emergencial em 2021, sem cometer crime de responsabilidade fiscal.

As justificativas dos representantes são de que a pandemia não acabou, o calendário de vacinação ainda não foi claramente definido e o desemprego é a realidade para muitos brasileiros.

Vale lembrar que o ministro da Economia, Paulo Guedes, havia admitido a possibilidade de prorrogar o pagamento do auxílio em caso de uma segunda onda do coronavírus no Brasil, mas depois voltou atrás.

Fique ligado no Dinheiro Bem Cuidado!

Gostou das notícias? Continue acompanhando os artigos do Dinheiro Bem Cuidado. Assim que saírem mais notícias sobre o auxílio emergencial e o Novo Bolsa Família, vamos publicar aqui no site.

Aproveite para organizar a sua vida financeira com as nossas dicas sobre cartões de crédito, empréstimos, investimentos e bancos digitais.

Rolar para cima