Bolsa Família, como fica agora?

Novos pagamentos já estão sendo feitos

Com a mudança de governo, o Auxílio Brasil voltou a se chamar Bolsa Família, e veio com mudanças no formato. A vantagem para os beneficiários é que os pagamentos praticamente não foram interrompidos, e houve até aumento na transferência direta de renda desde que a família cadastrada tenha cumprido com alguns critérios.

Portanto, preparamos este artigo pensando nos beneficiários que temiam o fim dos pagamentos e tiveram recentemente o alívio de continuar recebendo a renda, que para muitos casos é a única alternativa para lidar com os gastos básicos. 

Então, acompanhe o calendário divulgado recentemente pelo governo federal, como estão sendo feitos os pagamentos e como você pode ser mais um beneficiário do Bolsa Família, que não mudou os critérios para cadastramento. Vamos lá!

 

Como ficou o benefício?

Antes de tudo, é preciso saber que critérios de renda devem ser cumpridos para garantir a aprovação do Bolsa Família, direcionado a famílias consideradas em situação de extrema pobreza, com renda de até R$ 89 por pessoa, mas também aquelas em situação de pobreza, com renda per capita que pode chegar até R$ 178.

Outro critério importante é quanto a composição das famílias, que para participarem, precisam ter entre seus membros gestantes, crianças ou adolescentes. Além disso, não é somente cumprir os critérios e aguardar: você precisa conhecer o Cadastro Único para Programas Sociais, ou CadÚnico.

 

CadÚnico

Esse cadastro é utilizado por governos federais, estaduais e municipais para classificar os brasileiros que tem direito a algum programa social e consiste em um grande banco de dados, alimentado pelos dados dessas pessoas. É através dessas informações que será possível definir qual o benefício social para cada caso.

Portanto, esse cadastro precisa estar sempre atualizado, há pelo menos, dois anos, para que um ou mais benefícios sejam cedidos. Isso significa que mudança de endereço, novos membros da família ou a conquista de um novo emprego influenciam nos critérios para você conseguir o Bolsa Família.

Para se cadastrar, é preciso procurar por um CRAS, que é o Centro de Referência e Assistência Social. Esses órgãos ficam e várias cidades e servem justamente para recolher documentos e lhe encaminhar para o programa social ideal. Então, leve seus documentos pessoais e veja o que está disponível para você.

Você também pode começar seu cadastro sem sair de casa. Baixe o aplicativo do CadÚnico, insira seus dados pessoais e aguarde a autorização para procurar um CRAS de forma presencial e concluir seu cadastro. Ademais, não perca tempo e busque pelos seus direitos de ter renda. Atualmente, são mais de 41 milhões de pessoas no CadÚnico com direito a algum benefício.

 

Posso acumular benefícios?

A resposta é sim. Um exemplo são idosos e pessoas com deficiência, elegíveis ao Bolsa Família e que também podem receber até um salário mínimo através do Benefício de Prestação Continuada. O BPC é direcionado somente a esses públicos, desde que comprovam não ter como garantir renda.

Diferentemente do Bolsa Família, o BPC é controlado pelo INSS, órgão que irá receber os documentos e exames médicos para comprovar a necessidade de pagamento do benefício. Portanto, não se preocupe ao procurar seus benefícios e garantir quantos forem necessários para ter renda mensal.

 

Calendário do Bolsa Família

Os pagamentos começaram no dia 18, quando o calendário foi liberado para aqueles que tem final NIS 1, normalmente, os que tem prioridade. Antes de trazer detalhes das datas, saiba o que é o Número de Inscrição Social.

O NIS é o número definido para cada beneficiário, para haver uma ordem de pagamentos e normalmente está nos cartões de pagamento, que estão atualmente com o nome do Auxílio Brasil. Se o benefício for aprovado e você não tiver nenhum cartão, peça o número para o CRAS e guarde bem para saber quando o dinheiro estará na conta.

 

Onde caem os pagamentos?

Para quem tem conta na Caixa, a preferência de pagamentos ocorre neste banco, mas com a criação do Caixa Tem, qualquer pessoa pode abrir uma poupança digital de forma gratuita e pelo celular. Basta baixar o aplicativo de mesmo nome, informar o número da conta ao CRAS (para cadastro no CadÚnico) e receber os valores pelo aplicativo, bem como realizar movimentações.

Os valores não ultrapassam R$ 600,00 e o usuário precisa seguir as datas acima para não ter problemas. É importante destacar não haver previsão, por parte do governo federal, deste valor ser maior, por exemplo. Outro detalhe é sobre os cartões, com nome do antigo benefício: ele não precisará ser trocado e nada muda em relação aos pagamentos.

Quanto ao aplicativo, ele somente mudará de nome, mas mantém as funcionalidades de como quando era Auxílio Brasil. Portanto, não se preocupe com esses detalhes e observe se os pagamentos estão sendo feitos.

 

Pagamento de R$ 150 por criança

Assim que o calendário começou a valer, o governo federal anunciou o adicional de pagamentos, que contabiliza cento e cinquenta reais a mais por criança da família. Esses pagamentos ainda não começaram, mas a previsão é que as famílias que possuem crianças em sua composição passem a receber esse incremento a partir do mês de março.

O pagamento irá demorar um pouco mais para começar porque o Ministério da Cidadania descobriu irregularidades em diversos cadastros, portanto, fará uma varredura no CadÚnico para saber quantas pessoas recebem os valores sem cumprir critérios ou até mesmo não ter direito ao Bolsa Família, o que indica fraude ou falta de dados atualizados.

Ainda não foi divulgada qualquer regra para saber qual a idade das crianças que tornarão a família apta. O que se sabe, é que como acontecia durante os antigos governos do PT, é a possibilidade da família cumprir critérios para garantir o valor a mais, como manter as crianças na escola e apresentar comprovações com frequência para não perder os pagamentos.

Portanto, continue de olho na página do Dinheiro Bem Cuidado e não perca as atualizações sobre esse e outros assuntos de relevância nacional. Estamos sempre de olho nas novidades!

 

Aguarde…

CAIXA TEM - INFORMAÇÕES: