BOLSA FAMÍLIA: ÓTIMA NOTÍCIA PARA BENEFICIÁRIOS BLOQUEADOS DO NIS 6,7 E 8

O novo programa de assistência à família foi lançado oficialmente pelo governo federal, e a primeira rodada de pagamentos começou no dia 20 deste mês. A rodada de transferências terminou oficialmente na sexta-feira (31), mas milhares de beneficiários não conseguiram sacar os pagamentos de março porque os pagamentos foram congelados sem uma explicação do Ministério do Desenvolvimento Social, responsável pelo programa de transferência de renda.

Agora, o governo federal traz uma boa notícia para esses beneficiários, principalmente para os portadores dos NIS 6, 7 e 8. Isso porque a Caixa Econômica Federal, que apurou que esses bloqueios ocorreram por erros nos sistemas do governo ou foi responsável pelo pagamento. No entanto, essas questões começaram a ser corrigidas, resultando em famílias sendo desbloqueadas e pagas no mês de março, o que já aconteceu.

Esses pagamentos são feitos contra o NIS final de cada beneficiário, como normalmente acontece, mas com um novo pedido criado apenas para essas transferências. Então, alguns beneficiários já receberam e nesta sexta-feira, dia 31, será a vez das famílias com os últimos NIS 6, 7 e 8 receberem o pagamento de março do Bolsa Família. Confira abaixo a programação completa com as datas de desbloqueio e transferência de cada grupo:

  • Famílias com NIS final zero: foram desbloqueadas na última quarta-feira (29) e podem realizar o saque ou dispor dos valores a partir desta sexta-feira (31);
  • Famílias com NIS finais 1 e 2: foram desbloqueadas na última quarta-feira (29) e já puderam realizar o saque ou dispor dos valores na última quinta-feira (30);
  • Famílias com NIS finais 6, 7 e 8: foram desbloqueadas na última quinta-feira (30) e podem realizar o saque ou dispor dos valores a partir desta sexta-feira (31);
  • Famílias com NIS finais 3, 4, 5 e 9: foram desbloqueadas nesta sexta-feira (31) e podem realizar o saque ou dispor dos valores a partir deste sábado (1°).

    O que pode levar ao bloqueio do Bolsa Família?

    Caso a pessoa não atualize seus dados cadastrais no Cadastro Único (que é a base de dados do Bolsa Família), ela pode ser bloqueada ou ter o benefício cancelado. Além disso, o programa é voltado para famílias em situação de pobreza ou extrema pobreza, portanto, se a renda per capita da família aumentar e ultrapassar o limite estabelecido, a pessoa pode perder o benefício. E, para continuar recebendo o Bolsa Família, as famílias devem cumprir algumas condicionalidades, como manter as crianças na escola e levar a carteira de vacinação em dia. Caso não cumpram essas exigências, o benefício pode ser bloqueado ou suspenso;

Edson

Iniciando o primeiro período na faculdade de cinema e redator. Trabalhando com a escrita desde 2018, sempre encarei os meus textos com grande responsabilidade, e escrever sobre finanças e economia não vai ser diferente. Descomplicar esses temas para o público geral com certeza é o meu maior desafio, e espero que vocês me acompanhem nessa.