Caixa libera saque esquecido do FGTS e PIS/Pasep

Encontrar dinheiro esquecido é algo muito satisfatório, não é? E isso vem acontecendo com o FGTS e o PIS, depois da nova liberação da Caixa.

Anúncios

Muitos não sabem, mas milhares de trabalhadores em todo o Brasil possuem uma quantia significativa esquecido em benefícios para receber. Esses valores são relacionados ao PIS/Pasep e FGTS.

Seguindo esse sentido, hoje trouxemos neste artigo quatro possibilidades de conseguir esse dinheiro esquecido, que podem fazer uma boa diferença no final de mês do trabalhador. Confira.

Dinheiro esquecido do FGTS

Quando vamos falar do dinheiro esquecido no FGTS, essa alternativa está diretamente ligada aos trabalhadores que estão sem emprego há mais ou menos três anos, ou atuando na ilegalidade.

Isso porque, conforme a Lei do FGTS (Lei 8.036/90), os trabalhadores que estão há pelo menos três anos ininterruptos sem registro em carteira e possuem saldo nas contas do Fundo de Garantia podem sacar todo valor disponível.

Se você se encontra desempregado ou sem nenhum registro dentro desse período, o primeiro passo que deve tomar é consultar se possui saldo em suas contas do FGTS. Para conseguir verificar isso, basta fazer o download do app do FGTS no celular, fazer o login e consultar valores.

Caso você tenha valores para receber o saque total do FGTS em caso de desemprego pode ser feito no mês de aniversário bastando comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal.

Faça como mais de 143.907 pessoas
Cadastre-se e Receba nossos conteúdos diretamente no seu E-MAIL.

Para isso vai ser preciso apresentar o documento de identidade oficial, o número do PIS ou NIS e a carteira de trabalho que possa comprovar que você está sem nenhum registro nesse período.

Dinheiro esquecido do PIS/Pasep

Quando falamos do PIS/Pasep, existem duas opções de saque que são referentes ao abono e uma referente às cotas do Fundo PIS/Pasep.

Abono salarial 2019 e 2020

O contribuinte que trabalhou de carteira assinada por pelo menos 30 dias no ano de 2019 ou 2020, que recebeu até dois salário mínimos por mês e que estavam inscritos no PIS/Pasep por pelo menos cinco anos nos anos de 2019 e 2020 e não tenham recebido o abono, vão ter o direito de fazer esse saque.

Caso você se encaixa nas condições descritas anteriormente e não recebeu o abono salarial em 2021 ou neste ano é bem possível que você tenha dinheiro para receber.

Para conferir se tem direito a esse benefício é muito simples, é só fazer o download da Carteira de Trabalho Digital no Android ou no iOS, logar na conta e consultar.

Pelo aplicativo será possível consultar se você tem direito ao abono salarial de 2019 ou 2020, ou ainda dos dois anos, mas ainda não recebeu.

Vale ressaltar que o saque do abono de 2020 e de 2019 vão estar disponíveis até o mês de dezembro, por isso corra para consultar e se tiver direito já retire o valor.

Cotas do fundo PIS/Pasep

Nos casos de cota do fundo do PIS, o benefício é direcionado para os trabalhadores que trabalharam entre 1970 e 1988. De acordo com a Caixa, mais de 10 milhões de pessoas possuem direito ao saque e ainda não resgataram esse valor.

Para a Caixa, o grande problema é que a maioria desses trabalhadores já se aposentaram e nem ao menos sabem que possuem dinheiro para receber.

A consulta e o saque podem ser realizados pelo contribuinte, é só ele comparecer em uma agência da Caixa com seu documento com foto. Se lembre de qu

Sendo assim, caso você ou algum familiar seu tenha trabalhado entre 1970 e 4 de outubro de 1988 de carteira assinada e não recebeu as cotas do fundo PIS/Pasep, é bem possível que o dinheiro esteja parado e liberado para saque.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo