Como calcular os juros e taxas do cartão de crédito?

Publicidade

Você sabe quanto paga de juros, taxas e CALCULAR  encargos? Quase nunca ficamos de olho naquele rodapé da fatura, onde consta todas as taxas que pagamos para o banco para ter um cartão de crédito. Por causa dessa falta de atenção, tem gente que costuma pagar muito mais do que deveria só de tarifas.

Vamos citar um exemplo que persegue muitos consumidores: o atraso no pagamento da fatura. Até achamos que o juros cobrado é irrelevante, mas se a gente botar na ponta do lápis irá perceber que não vale a pena pagar tanto apenas por uma falta de planejamento financeiro.

Publicidade

Os juros podem se calculado a 2% , sejam dois ou dez dia de atraso. Depois, isso pode subir ainda mais. Por isso, em vários sentidos, é importante pagar a fatura do cartão de crédito em dia ou até mesmo antes do vencimento. Pode parecer pequeno, mas calcular esse valor cobrado todos os meses para saber o gasto desnecessário.

Ainda sim, o juros do crédito rotativo, como é chamado, é um dos mais altos do mundo segundo o site Proteste. O brasileiro paga cerca de 15% a 20% de taxas do cartão de crédito, ou seja, você já está pagando mesmo que use pouco o crédito e deixa de pagar o valor integral da fatura. Então, saiba que essa responsabilidade será sempre cobrada.

Publicidade

Preparamos um artigo para você entender como esses juros funcionam e como calcular para não ser cobrado de algo que você nem utiliza, ou ter que pagar taxa abusiva para o banco. Já preparamos antes, um artigo para entender melhor os juros e encargos, agora, você saberá como calculá-los! Vamos lá!

O rotativo do cartão de crédito

O-rotativo-do-cartão-de-crédito
O-rotativo-do-cartão-de-crédito

 

 

Publicidade

O rotativo é cobrado no Brasil é altíssimo, até mesmo uma forma de punição para o cliente que não cumpre com o pagamento no dia do vencimento da fatura. Toda vez que você atrasa ou não paga o valor total da fatura do cartão de crédito, já está sofrendo com as taxas do rotativo.

Para calcular , acrescente de 15 a 20% a mais na próxima fatura quando você pagar só o mínimo da fatura. É o que você vai arcar todos os meses com a decisão de calcular e não pagar o valor completo. Suponhamos que a fatura seja de mil reais e o mínimo, seja de quinhentos reais. Quase R$ 100,00 será cobrado de você.

 

Publicidade

Anuidade do cartão de crédito

Se você escolheu um cartão de crédito sem anuidade, nem se preocupe com isso. Só que a maioria dos clientes ainda paga por essa tarifa, que segundo as instituições financeiras que cobram servem para manter o cartão funcionando. É de se duvidar, já que muitas empresas mais modernas já excluíram essa tarifa.

Infelizmente, esse cálculo é feito pelo banco e muda sempre, e quando digamos que muda, não é para diminuição e valor e sim sempre, de aumento. Por isso tem como você escapar disso escolhendo um cartão de crédito sem anuidade. Existem inúmeras opções no mercado que se encaixam em seu perfil.

Publicidade

 

Juros de dívidas do cartão

Quem nunca gastou mais do que deveria e acabou deixando algumas faturas sem pagamento? Isso é uma atitude péssima para o bolso, mas infelizmente quando não nos planejamos financeiramente pode acontecer. O que a gente não sabe, é como o banco calcula isso para nos cobrar e como é uma conta feita por eles, apenas pagamos.

Esse tipo de cálculo varia de banco para banco, então o Banco Central oferece a Calculadora do Cidadão. Até mesmo criar uma dívida pode ser planejada, já que se você sabe que não vai conseguir pagar e pretende acertar tudo em um próximo momento, por exemplo, essa calculadora vai te ajudar a se organizar com todas as dívidas e juros.

 

Tarifas por pagar boletos com o cartão

Não é uma boa ideia pagar contas de luz ou água com o cartão de crédito, porque diferentemente de fazer compras comerciais essa é uma atitude que vai te gerar taxas pesadas, que são definidas por cada banco. Um exemplo é a do banco Santander, que pode cobrar quase R$ 25,00 só por causa disso!

Então, antes de deixar aquela continha básica para o cartão de crédito, pense nos juros que você vai arcar. Esse valor será definido pelo banco e se for colocado na ponta do lápis, ao final do ano, quase R$ 300,00 serão gastos só com os juros por pagamentos de boletos.

 

Juros por sacar com o cartão de crédito

Uma das tarifas mais pesadas é quando sacamos do limite do cartão de crédito. Como qualquer outra tarifa, esta é definida pelo banco, mas a média é de R$ 10,00 por saque. Então, imagine 5 saques, já ficaria caro. Normalmente, os bancos mais tradicionais é que irão cobrar mais alto por esse serviço, que na maioria das vezes é prestado por caixas do Banco 24h.

 

Essas são as taxas mais comuns a serem calculada por utilizar o cartão de crédito e também usá-lo mal. É importante se preparar para arcar com esses juros, que não serão fáceis e quando dizemos isso, é que eles sempre serão abusivos. Por isso, é importante se planejar e tentar o máximo não atrasar nenhuma fatura.

Todos esses cálculos existem para serem feitos quando uma emergência acontecer, a não ser que seja a anuidade, que é uma tarifa cobrada seja o bom uso ou mal. Por isso, esteja ciente que o cartão de crédito pode te ajudar muito, mas ao mesmo tempo, complicar sua vida financeira.

Sempre, tira um tempo e priorize seu cartão de crédito. Separe papel e caneta, uma calculadora e fique informado dos seus gastos. Só assim você não será passado para trás pelo banco e será reconhecimento com benefícios por ser um bom pagador. Todos sabemos que um cartão de crédito, se usado da forma correta, é mais um parceiro do que um vilão na vida financeira de todos nós.

 

Quer mais conteúdo? 

Deixe um comentário