Como Escolher uma Corretora de Valores – Conheça 8 dicas

Se você deseja saber como escolher uma corretora de valores, esse post é para você.

Anúncios

A escolha de uma corretora de valores é uma das etapas mais importantes para que você possa começar a investir da melhor maneira possível.

Portanto, se você deseja saber como fazer isso e escolher uma boa corretora, fique comigo até o final.

Anúncios

Boa leitura!

Passo a passo de como escolher uma corretora de valores

– Busque por corretoras que são autorizadas a atuar:

Existe um grupo chamado de Comissão de Valores Mobiliários (CVM) que mantém um cadastro com todas as corretoras que são autorizadas no País.

Portanto, a primeira coisa que você precisa fazer é pesquisar essa lista e conhecer as opções do mercado.

Outra forma de você encontrar essas corretoras, desta vez as que são habilitadas a operar na bolsa de valores, no cadastro da B3.

Anúncios

– Como Escolher uma Corretora de Valores – Observe as taxas cobradas:

Um dos critérios mais interessantes para você escolher uma corretora de valores é observar as taxas cobradas por elas, já que todos os custos irão impactar diretamente no seu investimento.

A minha dica é você se atentar as taxas que são isentas na maioria das corretas e começar a comparar os valores das taxas que são obrigatórias.

Normalmente, as taxas que não tem custo são:

  • Abertura de conta;
  • Custódia de conta (corretagem);
  • Transferências entre contas;
  • Taxa para aplicar no Tesouro Direto, mesmo que isenta é preciso pagar uma taxa de custódia que é obrigatória da B3 de 0,25% no ano;
  • Aplicação de fundos de investimentos;
  • Aplicação em produtos de renda fixa como LCI/LCA, CDBs e debêntures;
  • Aplicação em ETFs.

Assim, é fundamental observar se a corretora que você selecionou para contratar segue o padrão de isenção de taxas de mercado.

Uma taxa que você deve comparar, por exemplo, é a taxa de negociação das ações, que é cobrada por ordem executada em lotes fracionários ou padrão.

– Verifique as certificações da empresa:

Outra coisa que você precisa se atentar na hora de escolher uma corretora, é conferir se a empresa tem alguma certificação.

Uma das mais conhecidas e comuns é o Selo Cetip Certifica, que garante segurança e transparência nas operações.

Além disso, você pode checar se a instituição possui algum dos selos do Programa de Qualificação Operacional, da B3, que identificam corretoras especializadas em diversas categorias, como:

  • Execution Broken;
  • Retail Broker;
  • Agro Broker;
  • Carrying Broker;
  • Nonresident Investor Broker.

– Analise qual é a reputação da corretora:

Hoje em dia você consegue encontrar em diversos lugares artigos e ranking que elegem as melhores corretoras de valores.

Portanto, é interessante que você utilize essas informações como referência para escolher a sua.

Logo, pesquisa fontes que disponibilizam conteúdos voltados as corretoras confiáveis e que sejam conhecidos no mercado financeiro, como a revista Exame.

Não esqueça de buscar a opinião dos clientes e analisar a reputação da empresa antes de você abrir a sua conta.

– Veja se existe uma variedade de investimentos:

Observe se a corretora tem uma grande variedade de investimentos.

Afinal de contas, uma das maiores regras na hora de você investir é poder diversificar os seus investimentos e, portanto, você precisa de uma ampla gama de produtos disponíveis.

Quanto maior for o cardápio da corretora, melhor vai ser as estratégias de investimentos.

– Como Escolher uma Corretora de Valores – Conheça o home broker:

O home broker é uma ferramenta que é utilizada na hora de você comprar e vender as suas ações, de acordo com o que as corretoras estão disponibilizando.

Cada instituição acaba desenvolvendo o sue posso sistema e você precisa avaliar se a ferramenta atende às suas necessidades.

O ideal é que o home broker consiga facilitar a localização das ações para poder investir, além de confirmar ordem de compra e de venda antes de enviar e oferecer um quadro de acompanhamento.

Claro, além disso, ele precisa ser estável, seguro e fácil de ser utilizado.

– Considere a agilidade dos serviços prestados:

A agilidade na hora de prestar os serviços aos seus clientes é um dos pontos altos de uma corretora de valores.

Portanto, é fundamental que você tenha condição de abrir a sua conta 100% online, de preferência através de um aplicativo com diversos recursos para poder enviar os documentos e confirmar identidade.

Além disso, a aprovação precisa ser rápida e você precisa ter acesso a todos os recursos com facilidade, seja pelo site ou pelo aplicativo.

– Como Escolher uma Corretora de Valores – Priorize sempre pelo melhor suporte:

Por fim, a última dica para escolher as melhores corretoras de valores é aquelas que oferecem um bom suporte e análises diferenciadas ao investidor.

Se você está iniciando, por exemplo, é essencial ter acesso a esses relatórios, sugestões de investimentos e o atendimento personalizado.

No decorrer dos anos, essas análises vão se mostrar mais valiosa para te orientar e melhorar os seus ganhos a longo prazo.

 

 

Anúncios
Rolar para cima