Compensa pagar o mínimo da fatura do cartão?

Saiba mais sobre a forma de pagamento mínimo da fatura do seu cartão e se vale a pena

Anúncios

O cartão de crédito é um grande aliado do consumidor, afinal ele pode comprar produtos desejados e mais caros, parcelar e aproveitar as promoções quando não tiver dinheiro em mãos.

Porém, apesar de ser um excelente aliado, é preciso ter muito cuidado, pois as pessoas tendem a se descontrolar na hora de usar o cartão, o que pode causar muitos problemas financeiros.

Nesse sentido, quando o consumidor se depara com uma fatura de valor superior ao que pode pagar, uma das opções oferecidas pela operadora está relacionada ao pagamento mínimo da fatura.

Mas pagar o valor mínimo da fatura realmente vale a pena ou será uma bola de neve? Se você também tem essa dúvida, encontre a resposta agora!

Vale a pena pagar o mínimo da fatura do cartão?

Inicialmente, diante da possibilidade de pagar a fatura mínima do cartão, a proposta pareceu muito atraente, principalmente para quem está com o orçamento apertado.

No entanto, é importante observar que pagar o pagamento mínimo significa que a fatura não foi paga integralmente.

Faça como mais de 143.907 pessoas
Cadastre-se e Receba nossos conteúdos diretamente no seu E-MAIL.

Dessa forma, qualquer valor que você deixar de pagar neste mês será cobrado no mês seguinte, acrescido de juros sobre um detalhe importante, e você ainda possui o peso das compras do próximo mês.

Pagar o valor mínimo significa que sua conta não será paga integralmente. O que você não pagar neste mês será usado no mês seguinte, incluindo juros, e nas compras do mês seguinte.

Assim, quando uma pessoa paga o valor mínimo da fatura do cartão, ela entra no que se chama de crédito rotativo, no qual são cobrados juros sobre o valor restante da fatura.

Além disso, o pagamento mínimo acaba afetando o limite do cartão, pois o banco emitirá crédito apenas para a parcela da fatura que foi paga.

Dessa maneira, a fatura do próximo mês, o valor em aberto pode ficar próximo ao que estava antes, gerando a sensação de que não adiantou ter pago ele.

Então o que fazer?

Como vimos, um pagamento mínimo na fatura do cartão de crédito acaba não sendo um bom negócio, pois na próxima fatura serão cobrados juros.

No entanto, embora não seja recomendado, pagar o valor mínimo da fatura evita que o nome da pessoa seja negado por falta de pagamento.

Como opção, o consumidor também pode tentar parcelar com cartão de crédito, afinal, as parcelas são taxas de juros fixas, que são menores do que o crédito rotativo.

Vale lembrar que no caso de parcelamento no cartão, o saldo será congelado e liberado gradativamente após o pagamento das parcelas.

Por fim, os bancos costumam oferecer a possibilidade de parcelamento antecipado para quitar imediatamente, o que reduzirá as taxas de juros e, em última análise, será uma boa opção para manter as despesas sob controle.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo