Confira 4 dicas essenciais sobre finanças para autônomos

Se você trabalha como autônomo, com certeza já ficou em dúvida sobre como organizar o seu planejamento financeiro ou as suas finanças, não é mesmo?

Anúncios

Isso acontece mais do que você imagina.

Afinal, muitos trabalhadores autônomos não possuem nenhum tipo de conhecimento sobre organização financeira, mas sim sobre o serviço que estão oferecendo.

Anúncios

Porém, não se preocupe! É totalmente possível trabalhar para si mesmo e organizar as finanças do seu negócio de forma prática e eficaz.

Anúncios

Nós separamos 4 dicas infalíveis para te ajudar nessa empreitada, confira a seguir!

1 – Separe as finanças pessoais do financeiro da sua empresa

autônomo

A nossa primeira dica é sobre ter uma mesma conta para a sua empresa e para a sua vida pessoal, isso pode gerar muitos problemas.

Anúncios
Anúncios

Esse é um dos principais motivos pelos quais os profissionais se endividam, pois gera uma grande confusão nas finanças do negócio.

Além disso, separar os custos profissionais dos pessoais deve ajudar na hora de declarar o seu imposto de renda.

Portanto, comece ainda hoje a separar todos os seus gastos pessoais dos gastos empresariais, se possível, crie uma conta bancária PJ e utilize-as para fins profissionais como recebimentos e pagamentos de contas.

2 – Calcule os custos e despesas fixas do seu negócio

Outra dica muito importante para quem trabalha como autônomo, é calcular todas as principais despesas e custos do seu negócio.

Isso deve ajudar e muito na hora hora de definir qual é o valor que você precisa conseguir todos os meses para cobrir todos os custos da sua empresa, isso se chama ponto de equilíbrio.

Dessa forma, é muito importante que você crie uma planilha e registre tudo aquilo que você precisa pagar no próximo mês.

RECOMENDADO PARA VOCÊ:

CONTA + CARTÃO DE CRÉDITO PAN
   

Além de ser uma forma de organizar as suas finanças como autônomo, pois é uma forma de acompanhar todos os custos e criar um planejamento mais eficaz.

3 – Crie uma reserva de emergência

A reserva financeira é essencial para quem trabalha como autônomo.

Afinal, nunca se sabe o que pode acontecer e imprevistos podem surgir a qualquer momento.

Por isso, é muito importante que você se planeje financeiramente e separe um valor mensal para a reserva financeira da sua empresa.

Defina um valor que não afete o pagamento dos custos mensais da empresa e nem o seu salário, geralmente de 5% a 15% é um ótimo valor para reservar.

Isso deve ajudar muito no equilíbrio e na prosperidade do seu negócio.

4 – Utilize um gerenciador financeiro

Hoje em dia, existem diversos aplicativos que podem lhe ajudar a gerenciar todas as suas contas.

Muitas versões inclusive são gratuitas e devem ajudar você a registrar todas as vendas, serviços prestados, pagamentos, salários e muito mais.

No final do mês você pode acessar um relatório mensal com todas as principais informações do seu negócio.

Portanto, isso deve ajudar você a analisar tudo o que precisa melhorar na sua vida de autônomo e como pode atingir melhores resultados.

Bom, esperamos que essas dicas possam lhe ajudar a obter um melhor resultados e se organizar melhor financeiramente como autônomo.

Anúncios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima