Crédito para microempreendedores: Confira 4 dicas para investir bem

O desemprego é algo que vem prejudicando muitas pessoas, e a procura de crédito se tornou cada vez maior.

Anúncios

Esse mesmo desemprego que continua crescendo no Brasil, atingindo mais de 14 milhões de brasileiros, vem fazendo com que os cidadãos se reinventem profissionalmente para ter acesso a uma renda.

Os microempreendedores vem sendo uma das consequências dessa crise, mas quem passa por esse caminho acaba se deparando com várias dificuldades para tirar as ideias do papel e concretizar os projetos, principalmente no meio da inflação e com o aumento do preço de diversos insumos.

É por isso que, alguns dados divulgados pelo Google mostram um crescimento de pelo menos 500% de buscas por “empréstimos com juros baixos”, entre julho de 2020 e do ano passado. Nesse cenário, a procura por um crédito em fintechs se transformou em uma saída para os pequenos negócios, já que as instituições oferecem as melhores condições para os pequenos e médios empreendedores.

Um levantamento feito pela Simplic, uma fintech de crédito pessoal online, revela que entre os meses de janeiro e março os pedidos de crédito para os novos negócios cresceram 4% em comparação com o ano passado, totalizando mais de 20% de todas as solicitações já recebidas pela empresa. São, diariamente, mais de 10 mil novos pedidos em análise.

Tão importante quanto possuir a esperada confirmação da instituição financeira é saber como investir esse empréstimo para poder acelerar o crescimento de seu negócio e não colocar esse recurso a perder. Portanto, confira 4 dicas especiais para investir bem esse crédito.

Imagem: Pixabay

1- Digitalização

Ser empreendedor tendo pouco para investir é sim possível. Através de um crédito ou empréstimo se consegue empregar modelos de ampliação de negócio e entrar no mundo digital com a intenção de aumentar os lucros e as vendas.

Seja através de uma loja online ou direto pelos canais digitais já usados na divulgação do negócio, a digitalização é essencial para quem busca entrar de vez no mundo do empreendedorismo.

Faça como mais de 143.907 pessoas

Cadastre-se e Receba nossos conteúdos diretamente no seu E-MAIL.

Marketing por

Empreender com pouco investimento é possível. Por meio do crédito, pode-se empregar modelos de ampliação do negócio e entrar no mundo digital para aumentar as vendas e os lucros, seja por meio de uma loja online ou diretamente pelos canais digitais já utilizados na divulgação do negócio.

2- Controle das finanças

O controle de finanças para as médias e pequenas empresas pode ser um grande desafio. Com o empréstimo, é possível investir em um planejamento financeiro e em uma gestão mais eficiente para a empresa.

O microempreendedor tem que tomar decisões bem assertivas, se baseando em dados e em tendências do mercado, para que consiga melhorar os seus resultados. O crédito pode ajudar na estruturação de um projeto de faturamento, por exemplo.

3- Investir em novas tecnologias

Outra maneira de impulsionar de vez os resultados do seu negócio é aderir a novas tecnologias na empresa. É possível implementar algumas ferramentas novas, a depender do estilo de empreendimento, se consegue aumentar completamente os lucros com os ganhos de produtividade.

4- Divulgação do produto ou serviço

Investir esse dinheiro do crédito para divulgar seu negócio na internet vai trazer resultados bem efetivos, já que é possível segmentar seu público e dessa forma aumentar as possibilidades da venda, diferente da divulgação antiga, que chega até pessoas que não tem interesse naquele serviço ou produto.

Usar blogs e sites também pode ser útil. A presença nesses canais torna a empresa uma autoridade e referência na área.

Gostou deste conteúdo?

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo