Descubra como receber o auxílio taxista de até R$1000 por mês!

Veja neste artigo o que é o auxílio taxista e como é possível solicitar esse benefício e conseguir uma renda extra!

Anúncios

A partir do mês atual, o Governo Federal passará a entregar aos taxistas que estiverem dentro dos requisitos previstos, um auxílio no valor de até R$1.000 por parcela.

Com a intenção de colaborar com os eventuais prejuízos que a categoria sofre diante dos exponenciais aumentos de combustível, o Governo decidiu por bem fornecer um valor pré-determinado a todos os aptos.

Atualmente, frente ao auxílio taxista, estão autorizados dois pagamentos de R$1.000 a todos os motoristas que se adequarem às regras estabelecidas.

Até o momento, já são somados ao grupo 301.505 taxistas cadastrados, e esses dados estão de acordo com o fornecido pelas 3.119 cidades. Segundo as previsões, esses números devem aumentar, já que ainda estão abertos os cadastros.

________________
________________

Veja como receber o seu benefício

Para ter acesso a esse benefício, logicamente, é necessário ser taxista. Mas alguns requisitos foram determinados, sendo obrigatório o cumprimento. Veja:

·         Estar com CPF regularizado;

·         Estar com CNH regularizado;

·         Exercer a profissão de taxista com o devido registro no órgão responsável feito até 31 de maio do ano corrente;

·         Ser taxista (independente se titular, com permissão, autorização ou licença) em atividade no atual momento.

Os cadastros não serão feitos pelos taxistas, mas sim pelas prefeituras de onde atuam, porém informe-se junto a sua. É importante que todos os dados sejam transmitidos ao Governo Federal para que os benefícios possam ser entregues.

Quem não pode receber

Alguns casos em especial configuram o cenário de não recebimento do auxílio taxista. São especificamente:

·         CNPJs: apenas serão beneficiários taxistas cadastrados pela pessoa física, podendo ainda ser favorecidos os MEI, desde que o alvará esteja ligado diretamente ao CPF;

·         Incapacitados por invalidez permanente;

·         Motoristas com alvará vencido;

·         Motorista que não estiver ativo na profissão;

·         Motoristas que registrarem seu alvará a data limítrofe de 31 de maio.

Conheça o calendário previsto

O calendário dos pagamentos já foi divulgado e, inclusive, já está em andamento. Como o programa prevê parcelas de até R$1.000 cada, para o mês de agosto se fez necessário a entrega de duas delas.

Na prática, isso significa que os taxistas receberão um montante de R$2.000 nesse primeiro momento.

Diferente do auxílio caminhoneiro, que teve seu valor e número de parcelas divulgados, o auxílio taxista tem, por ora, apenas previsão para esses dois pagamentos, referentes a julho e agosto.

As informações que o Governo forneceu até o presente momento são as dispostas na Emenda Constitucional 123, que prevê que outras parcelas sejam divulgadas, juntamente de datas e valores, num futuro próximo.

Por enquanto, o que se sabe quanto ao cronograma é:

·         Aos que se cadastraram até 02 de agosto, pagamento em 16 de agosto;

·         Aos que se cadastrarem até 15 de agosto, pagamento em 30 de agosto;

·         Aos que se cadastrarem até 11 de setembro, pagamento entre setembro e dezembro.

Vale ressaltar que a Emenda ainda determina liberdade governamental para mudança de valores (para menos) de acordo com o número de inscritos no programa.

Outro dado importante sobre o pagamento dos valores do auxílio taxista é que, caso eles não sejam movimentados no período de 90 dias, voltarão integralmente para os cofres públicos. Então, verifique se você se encaixa nesse programa e fique ligado!

Dúvidas sobre o auxílio taxista? Deixe abaixo nos comentários!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo