Dívida com cartão de crédito – Descubra como sair dessa

Se você está envolvido em uma dívida com cartão de crédito esse post é para você.

Anúncios

Aqui irei falar tudo o que precisa saber sobre o tema e claro, darei dicas bem práticas para que possa diminuir as suas dívidas.

Boa leitura!

Dívida com cartão de crédito – Descubra como sair dessa

– Pague sempre a fatura total:

Com os juros altos, entrar no pagamento rotativo do cartão continua muito perigoso e claro, caro.

Assim, pagar a fatura total é sempre a primeira dica para quem não quer se perder em dívidas.

Normalmente, esses juros são mais de 300% ao ano e eles irão incidir sobre o montante que não foi pago.

Portanto, o consumidor deve ficar atento para não gastar mais do que a sua capacidade de pagamento.

Faça como mais de 143.907 pessoas
Cadastre-se e Receba nossos conteúdos diretamente no seu E-MAIL.

– Dívida com cartão de crédito – Evite atrasar o pagamento:

Atrasar a parcela do seu cartão de crédito também está bem longe de ser uma solução para os seus problemas.

Caso o consumidor acabe atrasado por mais de 30 dias ou que não pague o mínimo da fatura, ele vai cair no conhecido rotativo não-regular onde os juros podem chegar a 397,5% por ano.

– Atenção as compras com pequenos valores:

De acordo com especialistas, é muito comum não conseguir pagar a fatura totalmente por não saber quanto você, de fato, gastou no mês.

É preciso ter muita atenção com as compras pequenas e em grande quantidade.

Digo isso porque elas podem acabar afetando a sua percepção de gastos e fazem com que você acabe perdendo a capacidade de pagamento.

– Planeje:

Planejar o quanto você pode gastar é fundamental.

Apensar de oferecer muitos benefícios, o cartão de crédito não pode ser utilizado como uma extensão do seu salário.

Não se esqueça que a fatura sempre irá chegar.

Portanto, saber qual é o seu limite de gasto mensal é o ideal para que as suas contas fiquem sob controle.

– Dívida com cartão de crédito – Negocie com o banco:

Com algumas regras novas em funcionamento, a operadora do cartão de crédito se tornou obrigada a direcionar quem tem dívida no cartão para uma linha de crédito que seja mais barata.

Isso deve ser feito logo que acontece a dívida.

Entretanto, o consumidor, não é obrigado a aceitar essa oferta logo de cara.

Assim, é necessário buscar pela melhor linha de crédito para que o seu pagamento não comprometa parte considerável da renda.

– Peça para vir parcelas fixas:

As pessoas que estão enroladas com dívidas no cartão de crédito precisam de uma previsibilidade e planejamento para sair dessa posição incômoda.

Portanto, o melhor para você organizar as suas contas é pedir por parcelas fixas mensais para o pagamento do novo empréstimo.

Assim, você saberá exatamente como separar por mês para quitar o montante, sem correr nenhum tipo de risco de a sua parcela subir no decorrer dos meses.

– Tenha, no máximo, dois cartões:

Os bancos e as operadoras vivem oferecendo cartões de crédito aos seus clientes com condições sempre especiais.

Entretanto, possui muitos cartões pode ser bem perigoso já que eles tendem a dificultar o controle do quanto irá gastar.

Portanto, se concentre nos gastos em, no máximo, dois cartões de crédito e fique atento para o dia em que vencem as faturas.

– Passe a repensar os seus hábitos de consumo:

Se você está atrasando o pagamento ou parcelou a fatura e continua endividado, então está na hora de começar a repensar os seus hábitos de consumo.

Planejar, economizar e não gastar mais do que você ganha são os passos principais para adquirir uma consciência financeira.

Palestras, cursos e estudos sobre educação financeira também pode ser ótimas escolhas para você.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo