Doenças que mais geram afastamento do trabalho

Os brasileiros passam a maior parte do tempo no setor de trabalho. A agitação diária pode criar muita confusão na vida dos profissionais. 

Anúncios

Em alguns casos, esse desejo pode fazer com que você seja afetado por uma doença. Podem ser doenças induzidas pelo trabalho ou doenças induzidas pelo trabalho que farão com que os trabalhadores deixem as atividades laborais. 

A falta de saúde pode impedir os funcionários de trabalhar durante a jornada de trabalho. Tirar uma folga por motivos de saúde é mais comum do que pensamos.

Anteriormente, o profissional havia se afastado das atividades laborais devido a um acidente. De fato, os profissionais estão se afastando de suas atividades devido a transtornos mentais como ansiedade e depressão. Veja por que os trabalhadores devem tirar uma folga

transtornos mentais, como depressão e ansiedade

Uma das maiores razões pelas quais as pessoas mantêm as pessoas longe do trabalho hoje é a ansiedade e a depressão.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente 18 milhões de brasileiros sofrem de transtornos de ansiedade (uma média de 9,3% da população), e o país lidera o ranking da doença.

A ansiedade é um sentimento associado à preocupação, tensão e medo intenso. Embora a ansiedade seja uma resposta natural do corpo, ela pode se tornar uma doença quando interfere no nosso dia a dia.

A depressão é uma doença mental crônica e recorrente que produz mudanças de humor caracterizadas por profunda tristeza e um forte sentimento de desesperança. É importante reconhecer os sintomas e procurar ajuda médica.

dor nas costas

Muitos profissionais sofrem de dores nas costas associadas a problemas na coluna, muitas vezes relacionados com a ergonomia.

A dor nas costas nem sempre é um sintoma de doença. Algumas causas comuns são o desgaste excessivo, como fazer exercícios ou levantar muito peso, sentar ou deitar por longos períodos de tempo, dormir em uma posição desconfortável ou usar uma mochila mal ajustada.

A dor também pode ser devido à lesão por esforço repetitivo (LER), uma doença crônica que afeta o desempenho do trabalhador ao atingir nervos, ligamentos, músculos e tendões.

Algumas ocupações fazem com que os profissionais sejam diagnosticados com esse tipo de lesão. Quando você executa tarefas manuais repetitivas.

hérnia inguinal

Uma hérnia inguinal é uma protrusão do anel intestinal através de um orifício feito na parede abdominal na região da virilha. As hérnias ocorrem devido ao descuido da natureza em formar essa parede, que tem que suportar pressões muito altas.

Qualquer atividade que exija muito esforço físico pode contribuir para o desenvolvimento de uma hérnia, principalmente em pessoas predispostas.

Nesse caso, pode resultar no afastamento do trabalhador de sua atividade laboral.

doença cardíaca

A doença cardíaca está frequentemente ligada a condições genéticas, maus hábitos alimentares e um estilo de vida sedentário. Para as pessoas com doenças cardíacas, o estresse no ambiente de trabalho costuma ser um agravante.

Devido ao estresse no ambiente de trabalho, o número de pessoas com hipertensão está aumentando. Isso faz com que o trabalhador tenha que deixar sua atividade laboral.

acidente de trabalho

Outro motivo para os profissionais deixarem suas atividades são os acidentes de trabalho. Em geral, os motivos são variados, podendo ocorrer fraturas e lesões devido ao uso indevido de ferramentas, cortes acidentais ou até mesmo a não utilização de equipamentos de proteção individual.

 

Segundo a CLT, existem três principais tipos de acidentes de trabalho no mundo corporativo. São eles:

Típico;

Atípico;

De trajeto.

Típico

É um dos acidentes de trabalho mais comuns, porque ocorrem no ambiente de trabalho, em seus arredores, ou durante o expediente do colaborador.

Atípico

O acidente atípico ocorre em casos muito específicos quando há uma certa repetição das atividades exercidas no trabalho, ou da doença que esteja, de alguma forma, ligada ao ofício.

Exemplos de atividades que podem causar acidentes atípicos:

Atos de agressão ou sabotagem;

Contaminação durante o trabalho;

Acidente durante os períodos destinados a alimentação e descanso.

De trajeto

Quando o trabalhador sofre um acidente durante o trajeto, ou seja, ocorre durante o deslocamento do profissional de sua casa até a sede da empresa ou vice versa, seja em seu próprio veículo ou no transporte público.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

Aguarde…