Empréstimo estudantil: Entenda tudo sobre o assunto

Muitas pessoas sonham em estudar e construir uma carreira de sucesso. Por isso, o empréstimo estudantil é uma das melhores opções para dar início ao sonho. O processo de adesão é rápido e pode ser feito por diversas instituições.

Anúncios

Embora o acesso ao ensino superior tenha aumentado muito nos últimos anos, muitas pessoas ainda ficam de fora. Sem acesso a faculdades públicas, fica difícil encaixar o orçamento mensal com a parcela da faculdade.

O empréstimo estudantil pode ser contratado analisando o perfil do cliente, que paga as parcelas de acordo com a sua renda mensal. Além disso, é possível parcelar por vários anos, fazendo com que o crédito seja dissolvido ao longo dos meses. 

Anúncios

Saiba o que é empréstimo estudantil

Esse empréstimo é um tipo de crédito voltado exclusivamente para o investimento em educação. Porém, vale lembrar que o cliente pode investir em diversos tipos de estudo: programa de intercâmbio, curso de aprendizado de idiomas ou até mesmo pós-graduação. 

Assim como outros tipos de crédito, é necessário que o solicitante passe por uma análise de crédito antes de assinar o contrato do empréstimo estudantilAtualmente no Brasil, alguns dos empréstimos para investimento em educação mais comuns são:

  • FIES: criado pelo Ministério da Educação, o FIES é ofertado com muita facilidade de poder financiar o valor total da graduação;
  • Pra valer: empréstimo privado, no qual o estudante paga um valor percentual de suas mensalidades ao longo do curso. Após ter finalizado o curso, o cliente paga o restante;
  • PEP: financiamento oferecido pela faculdade Anhanguera. Com ela, o aluno pode parcelar cerca de 70% do valor total do curso;
  • Empréstimos estudantis privados: feito por instituições privadas, que oferecem condições específicas, como é o caso do Banco Itaú, Banco Bradesco e Banco Santander. 

Bancos que oferecem o empréstimo estudantil

Conheça o empréstimo estudantil dos bancos do país e entenda quais são os diferenciais que cada um oferece:

  • Crédito Santander: o banco oferece uma linha de crédito especializada para cursos da área da saúde. O valor das taxas de juros é a partir de 1,39% ao mês e os alunos podem aderir a partir da quarta mensalidade da graduação. 
  • Crédito Itaú: o banco financia diversos programas educacionais, como intercâmbios, graduação e pós-graduação. Vale lembrar que o banco tem uma parceria com o programa de financiamento estudantil “Pravaler”; 
  • Crédito Bradesco: no Bradesco os alunos têm até 12 meses para pagar o valor total do semestre. Além disso, após a contratação, o prazo de carência para começar a pagar é de cerca de 30 dias. 

Como aderir ao empréstimo?

Para aderir a um empréstimo estudantil, o primeiro passo é escolher o curso que você deseja e se informar a respeito dos valores da mensalidade. Depois, com todas as informações a respeito do curso, busque o banco escolhido para fazer a solicitação. 

Anúncios

Vale lembrar que algumas instituições permitem a adesão por meio da internet, porém, é necessário ter todos os documentos em dia para que a instituição bancária possa fazer a liberação do crédito.

Rolar para cima