Enem: confira quem terá direito a isenção da taxa de inscrição; governo já definiu a lista

Para que esses estudantes não fiquem sem fazer a prova, podem pleitear a isenção no site do Inep

A edição 2023 do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), já tem data para acontecer e vai ser em novembro. Inclusive, já foi encerrado o período de inscrição para os estudantes fazerem a prova. A avaliação vai ser feita em dois finais de semanas.

Contudo, uma determinada parcela da população não tem condições de pagar a taxa de inscrição. Afinal de contas, já passam necessidades e têm dificuldades até para se alimentar, quanto mais pagar uma taxa de prova do Enem.

Contudo, para que esses estudantes não fiquem sem fazer a prova, podem pleitear a isenção no site do Inep, responsável pela prova. Desta maneira, assegura a isonomia e o direito igual para todo que querem estudar.

Como saber se tive isenção do Enem

Primeiramente, é importante entrar no site do Inep para pedir a isenção, antes de fazer a inscrição em si. Depois, o estudante tem que aguardar um determinado período para saber se terá ou não que pagar a taxa.

Nos últimos dias, o MEC (Ministério da Educação), começou a divulgar a listagem dos alunos que conseguiram ter essa taxa de isenção. Para isso, tem que ir ao site do Inep, na parte da inscrição e conferir se o seu nome teve ou não a aceitação por parte do governo.

O prazo para recorrer à negativa da isenção também acabou no último dia 12 de maio, sexta-feira. Agora, apenas é possível consultar se conseguiu ou não essa isenção de taxa.

De todo o modo, os estudantes de famílias carentes e, principalmente, os inscritos no CadÚnico (Cadastro Único) do governo federal, normalmente conseguem esse benefício.

Então, como dito acima, a isenção do Enem é uma forma de democratizar o acesso ao ensino. Afinal de contas, o Enem é uma porta de entrada importante para o ensino universitário.

Isso porque muitas instituições de ensino superior usam a nota do Enem como parte de sua composição do vestibular. Enquanto isso, tem faculdade que usa apenas a nota do Enem para entrar na universidade.

Desse modo, se o aluno mais carente consegue a isenção da taxa, já terá uma preocupação a menos e poderá estudar bastante. Assim, vai ter mais tranquilidade para preparar e conseguir um bom resultado na prova. Consequentemente, com o resultado do Enem, o estudante de camadas mais baixas também terá a oportunidade conseguir estudar com qualidade em alguma universidade pública, onde normalmente não teria condições de entrar sem a nota do Enem.

Saiba mais: Bolsa Família: governo oferece novo bônus de R$ 50 em junho. 

Keila Andrade

Jornalista especializada em textos em SEO.