Golpe do FGTS Emergencial: como saber se você caiu?

O golpe do FGTS emergencial tem acontecido mais do que você imagina.

Anúncios

Após o governo liberar um calendário com as datas de saques do auxílio no valor de R$1045,00 para os trabalhadores, algumas fraudes passaram a acontecer.

Esse tipo de golpe acontece geralmente através do aplicativo da Caixa Tem, e milhares de brasileiros passaram por esse tipo de situação nos últimos meses.

Anúncios

A fraude geralmente é descoberta quando o trabalhador se dirige até uma lotérica para efetuar o saque e descobre que não é possível, pois o dinheiro não encontra-se mais na conta.

Anúncios

Esse tipo de situação está acontecendo com dezenas de milhares de pessoas, portanto fique atento as nossas dicas sobre o que fazer nesse tipo de situação.

Como o golpe do FGTS funciona?

golpe FGTS

Alguns fraudadores possuem acesso aos dados de diversos brasileiros, como CPF, nome completo e data de nascimento.

Anúncios
Anúncios

Com esses dados geralmente eles baixam o aplicativo do Caixa Tem e solicitam o valor, após isso, eles transferem o valor virtualmente para outra conta bancária.

Quando o trabalhador solicita o saque, o dinheiro já não está mais na conta.

Porém, é possível abrir uma ocorrência no banco da Caixa em relação ao caso se tiver acontecido com você e é possível recuperar o valor, mas o processo todo pode levar de 1 a 3 meses.

Segundo os funcionários do banco CAIXA o golpe deve atingir uma média de 1% dos trabalhadores, ou seja, até 600 mil pessoas.

Portanto, verifique o aplicativo do Caixa Tem e veja se o seu benefício encontra-se no app ou não.

Caso não esteja, a primeira coisa que deve ser feita é dirigir-se a uma agência da Caixa e relatar o ocorrido, os funcionários do banco irão auxiliar você em relação aos próximos passos.

RECOMENDADO PARA VOCÊ:

CONTA + CARTÃO DE CRÉDITO PAN
   

Falha no aplicativo?

Segundo técnicos e peritos da área, o aplicativo foi criado com urgência para atender a população para o recebimento do auxílio emergencial.

Por esse motivo, diversas falhas aconteceram, principalmente em relação a segurança no app.

Devido o aplicativo não pedir confirmações de identificação e nem mecanismos de segurança mais elaborados, tornou-se mais fácil a aplicação do golpe do FGTS.

Dessa forma, já foram mais de 2 milhões de reais saqueados dos cofres públicos pelos fraudadores até o momento.

Portanto, para evitar mais tipos de fraudes, é aconselhado que a população acesse somente o aplicativo oficial e o site oficial da CAIXA.

Não acessem sites de terceiros e nem forneçam dados pessoais via whatsapp ou SMS.

O banco afirma que em nenhum momento irá solicitar esse tipo de informação por redes sociais e nem por ligações.

Fique atento caso alguém entre em contato com você por ligação, SMS ou whatsapp.

Caso aconteça, bloqueie o número, pois muitas vezes os fraudadores se passam por funcionários do banco e podem te enganar.

Por fim, todas essas medidas citadas acima devem evitar que você caia no golpe do FGTS ou em outros possíveis golpes.

Lembre-se: não divulgue informações pessoais completas para terceiros.

Anúncios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima