Imposto de renda: confira quem precisa declarar e quem pode ficar isento

Declaração começa dia 15 de março e pode ser feita até dia 31 de maio.

O Imposto de Renda já está perto de começar o prazo para declaração em 2023, pois, a partir do dia 15, já está liberado para enviar. Além disso, o prazo final em 2023 vai até o dia 31 de maio, mantendo a extensão que se fez nos anos anteriores.

No entanto, nem todos os contribuintes precisam declarar o imposto de renda. Isso porque tudo vai depender da renda que ele tem e outros fatores importantes. Neste post, vamos mostrar quem precisa e quem não precisa fazer essa declaração em 2023.

Primeiramente, é importante entender que se declara o Imposto de Renda considerando os ganhos e bens durante o ano de 2022. Desta maneira, o que entrou em 2023, só vai entrar na declaração de 2024.

Qual a renda mínima para declarar imposto de renda

Atualmente, quem ganha até R$ 1.903,98 tem isenção do imposto de renda. No entanto, isso vai mudar para R$ 2.640 a partir do ano que vem. Agora, com relação às outras faixas de rendimento, vai aumentando o valor

Contudo, quem recebe entre R$ 1.903,99 e R$ 2.826,65, precisa pagar uma alíquota de 7,5%. Depois, quem recebe salário de R$ 2.826,66 a até R$ 3.751,05, paga uma alíquota total de 15%.

Então, quem recebe mensalmente entre R$ 3.751,06 até R$ 4.664,68 por mês, paga uma alíquota de 22,5%. Por fim, quem recebe um salário que seja acima de R$ 4.664,68 paga uma alíquota fixa de 27,5% no imposto de renda, o que é descontado mensalmente do salário do contribuinte.

Além disso, quem ganha até R$ 28.559,70, em renda, durante o ano todo, não precisa pagar o imposto, apenas acima disso. Depois, quem também tiver recebido mais de R$ 40 mil dos chamados rendimentos isentos e não tributáveis, ou tributados na fonte, também precisam declarar.

Bens que precisam ser declarados

Agora, mesmo que a pessoa não tenha essa renda mínima para pagar imposto de renda, ela precisa fazer a declaração em alguns casos. Por exemplo, se tiver mais de R$ 300 mil em propriedades, ou renda anual (bruta) de R$ 142.798,50 por conta de ganhos rurais, também deve declarar o Imposto de Renda.

Por fim, que fez investimentos em itens como mercado futuro e bolsa de valores no ano anterior, também precisa fazer a declaração do imposto de renda. Porém, se não se encaixar em nenhuma dessas características, não vai precisar declarar o imposto de renda neste ano.

Saiba também:Imposto de renda: saiba como evitar cair na malha fina na hora da declaração

Keila Andrade

Jornalista especializada em textos em SEO.