Publicidade

Indicadores de investimento – Saiba quais índices é preciso analisar

Entender alguns conceitos é fundamental para que você se torne um investidor de sucesso e dentre esses conceitos está os indicadores de investimento.

Publicidade

Nesse post, falarei sobre os principais indicadores para um investidor analisar antes de realizar qualquer tipo de negociação, seja na compra de ativo, seja na venda.

Publicidade

Portanto, se esse tema te interessa e você gostaria de saber como melhorar a sua performance como investidor, fique comigo até o final que lhe direi tudo o que precisa sobre o tema.

Boa leitura!

O que são os indicadores de investimentos?

Os indicadores de investimentos são alguns dados que conseguem acompanhar a economia do país dentro de um determinado aspecto.

O que você procura?

CARTÃO DE CRÉDITO
   
APROVAÇÃO NO CARTÃO
   
CARTÃO PARA NEGATIVADO
   
CARTÃO SEM ANUIDADE

Assim, esses dados funcionam como um termômetro para a economia e são utilizados como uma referencia para os investidores, governo e empresários para avaliar a situação financeira que o país se encontra.

Publicidade
Santander BR

Mas, porque é importante acompanhar esses indicadores econômicos?

Acompanhar os indicadores que apontam como vai a economia é fundamental para qualquer investidor.

Através dele é possível identificar os mercados, além de ajudar no reconhecimento dos melhores momentos econômicos, facilitando assim a sua tomada de decisão como investidor.

Além disso, esses indicadores conseguem prever cenários do capital, entendendo possíveis tendências de crise e claro, o momento de acelerar a economia.

Assim, é possível criar planos empresarias e construir estratégias de investimentos que podem dar resultado.

Depois desses detalhes ficou claro a importância desses indicadores de investimentos, não é mesmo?

Abaixo então apresentarei quais são esses indicadores e falarei em detalhes sobre eles:

Indicadores de investimentos e economia – Quais índices definem o bom investimento

1 – PIB:

Esse é um dos mais famosos e, com certeza, você já ouviu falar do PIB.

Mas, o que ele significa? Bom, ele é o Produto Interno Bruto, que é a soma de todos os valores monetários que o país produz, seja em bens ou em serviços ao longo de um período de 12 meses.

Nesse caso, aqui não entra nenhum tipo de serviço que não seja remunerado, bens que já existem e atividades que são informais.

Esse indicador consegue mostrar o quanto a economia do país está aquecida e como ela está funcionando.

Quando um PIB está em queda por dois trimestres, por exemplo, ele indica a conhecida recessão do país.

A partir do terceiro trimestre de queda o país já pode ser considerado dentro de uma situação de crise.

Além desse PIB que mede todo o setor financeiro do Brasil, existe também o PIB per capita.

Nesse caso, ele divide o valor do produto interno bruto pela quantidade de habitantes que existem no país.

Ou seja, ele está sempre associado ao IDH, que significa que quanto maior o indicador, maior é a qualidade de vida dos habitantes dessa região ou país.

2 – IPCA:

O IPCA – Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo, uma sigla que falamos muito por aqui nas notícias de economia, é um índice oficial que fala sobre a inflação do país.

Normalmente, ele é medido de maneira mensal pelo IBGE e tende a mostrar a variação dos preços no comércio para o consumidor final.

Nesse caso, ele considera alguns itens, como gastos ligado a:

  • Alimentação e bebidas;
  • Despesas pessoais;
  • Educação;
  • Moradia;
  • Saúde;
  • Cuidados pessoais.

Cada um dos itens mencionados refletem o custo de vida das famílias que vivem na região metropolitana das principais cidades do Brasil.

Nesse caso, a variância mensal vai de 1 até 40 salários mínimos.

Esse é um dado útil para que o governo entenda se o índice da inflação está dentro da meta prevista pelo governo ou se está passando do orçamento.

Hoje aqui no site falamos sobre o otimismo do consumidor e mencionamos sobre a IPCA que mensurou a inflação nesse mês de fevereiro.

Dê uma olhada nessa notícia, pois, ela vai te ajudar muito na hora de compreender esse conceito aqui.

3 – Indicadores de investimento – INPC:

Além do IPCA, o INPC é outro indicador econômico que irá refletir dentro da inflação.

Mesmo que o INPC seja oficial, existem aqui diferentes índices para análise.

Cada um desses índices são responsáveis por calcular a variação em um determinado setor de produto.

Com o significado de Índice Nacional de Preços ao Consumidor, também medido com a ajuda do IBGE, mostrando a oscilação dos preços que acontecem no mercado de varejo.

Assim, eles tendem a focar em famílias que acabam recebendo uma faixa de salário mais baixo do que pede o índice oficial, de até 5 salários mínimos.

Não por acaso, a variação desses preços acaba sendo sentida no setor de consumo mais básico, como:

  • Consumo diário de alimentos;
  • Gás de cozinha;
  • Passagens de ônibus.

Na maioria das vezes o INPC é usado na hora de o governo realizar os reajustes salariais,.

Mas, por quê?

Porque ele reflete o poder de compra da parte da população mais pobre, que chega à média de 40 milhões de brasileiros.

 

 

Esses são alguns dos indicadores de investimento que você precisa ficar de olho para poder melhorar a sua atuação como investidor.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.