INSS: confira as datas de pagamento dos benefícios para os próximos dias

O INSS já tem pagamento previsto para hoje e amanhã

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) é o órgão responsável pelo pagamento das pensões e aposentadorias de milhões de brasileiros. Assim, tem datas específicas e calendários para todos eles.

No entanto, os aposentados e pensionistas do INSS não recebem todos juntos de uma vez. Isso vai variar de acordo com o cartão de benefício, considerando o último número, menos o chamado dígito verificador.

INSS já tem pagamento hoje e amanhã

Aliás, o INSS já tem pagamento previsto para os próximos dias para os aposentados e pensionistas da Previdência Social. Desta maneira, os beneficiários precisam ficar atentos ao calendário e também aos números do documento.

Embora o dinheiro caia automaticamente na conta, é importante saber a data exata para conseguir se programar. Assim, poderá pagar as contas e planejar outros gastos com mais exatidão.

Por exemplo, considerando o mês de abril há pagamentos para hoje e 28 de abril. Depois, na próxima semana, dá uma pausa no final de semana e no feriado e volta no dia 2 de maio, até o dia 5, novamente pausando no feriado para voltar no dia 8.

Então, o que se torna muito importante é conferir esse número do benefício, que vai de 0 (zero) a 9. Com isso, é a principal referência para os aposentados e pensionistas do INSS.

Atualmente, são mais de 37 milhões de brasileiros que recebem pensões e aposentadorias no país. Isso de acordo com os dados divulgados oficialmente pela Previdência Social.

Valor maior

A partir da próxima segunda-feira, dia 1º de maio, o valor do salário mínimo vai subir de R$ 1.312 para R$ 1.320. Isso já estava previsto no orçamento da União e, desta maneira, vai impactar diretamente no rendimento dos aposentados e pensionistas.

Isso porque o INSS se baseia justamente no valor do salário-mínimo para definir os seus pagamentos. Logo, a Previdência Social sempre sente esse impacto e o estudo do aumento do valor do salário mínimo também tem que levar em consideração essa questão.

Além disso, para ter o direito a aposentadoria, o beneficiário precisa contribuir durante a vida. Segundo as novas regras da Previdência, que o governo aprovou em 2019, para conseguir se aposentar com o valor integral, o homem terá que trabalhar e contribuir por 40 anos.

No entanto, para ter direito a alguma aposentadoria, terá que contribuir com o INSS por, pelo menos 15 anos.

Saiba mais: Sexta-feira é o último dia da isenção do Enem. 

Keila Andrade

Jornalista especializada em textos em SEO.