Oportunidades de limpar o seu nome na quarentena

Publicidade

O ano de 2020 começou com uma pequena queda de -0,2% no número de brasileiros inadimplentes em relação ao ano anterior. Porém, segundo dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 61 milhões de brasileiros estão negativados, mas existem algumas formas para você limpar o seu nome, que vamos te mostrar.

Quando falamos em negativado, significa que o Cadastro de Pessoa Física (CPF), o nome, está sujo, inapto de assumir financiamentos em bancos e parcelar compras em qualquer comércio durante cinco anos.

Publicidade
Publicidade

Após esse período, o nome sai da lista de inadimplentes para adquirir novos créditos no mercado, porém, a dívida com o banco ou estabelecimento perdura e aumenta a cada mês com os juros.

O que você procura?

CARTÃO DE CRÉDITO
 
APROVAÇÃO NO CARTÃO
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
       

Melhores oportunidades de limpar o seu nome na quarentena

limar seu nome
Melhores formas para limpar o seu nome

A interferência da pandemia na economia

Apesar de este respiro na inadimplência ter sido significativo, este número tende a crescer em razão da crise que ninguém pôde antever.

Publicidade

A pandemia do coronavírus desencadeou o isolamento social como medida única de prevenção contra esta doença e de contenção da superlotação dos hospitais que foram preenchidos por causa da rápida disseminação deste novo vírus.

O que ocorre é que este vírus congelou a economia mundial, sem previsão de quando as coisas serão estabelecidas novamente. Muitos comércios foram fechados e trabalhadores demitidos ou tiveram seus salários cortados pela metade.

Quando parecia ser um ano bom, inclusive para o PIB brasileiro por causa dos diversos eventos que foram cancelados, apenas podemos prever mais endividamentos e nomes sujos vindo por aí.

Porém, surgem oportunidades nesta quarentena para limpar o nome. Confira abaixo!

Feirão Serasa Limpa Nome

Como a feira da Serasa que acontecia anualmente também foi interrompida devido à pandemia, o Feirão Limpa Nome foi feito online e proporcionou novas condições de pagamento como, por exemplo, o parcelamento em 48x sem juros, a ampliação de descontos e o aumento dos prazos de pagamentos.

Veja também:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
APROVAÇÃO NO CARTÃO
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
       

Mais do que nunca, a feira foi uma forma de reaquecer a economia igualmente para todos. Pela primeira vez foi permitido a renegociação de débitos para microempreendedores e microempresários.

O feirão começou no dia 27 de fevereiro e terminou em 31 de março. O desconto era baseado no número de parcelas, quanto menor a prestação, maior era o desconto, principalmente no pagamento à vista.

Se você perdeu este feirão, não se preocupe, ainda há outras maneiras.

Momento oportuno para negociar dívidas

Como dito mais acima, a única certeza deste cenário é que muitas pessoas se endividarão devido um fator imprevisível e que está longe do alcance do homem resolver.

Como explicou o diretor da Serasa, Giresse Contini, em uma matéria a Mix Vale, mais do que nunca, as pessoas escolherão pagar as contas essenciais como água e luz e vão dever ao banco ou ao cartão de crédito, que cobraram juros mais altos.

Por isso, diante de um endividamento em massa que já está sendo sentido, muitas instituições estão oferecendo oportunidades para ajudar nas dívidas e, claro, porque elas também querem receber.

É exatamente por isso que agora é um bom momento para negociar suas dívidas, tentar limpar o nome sujo, a começar pela revisão de contratos.

De acordo com o Código Civil, é possível negociar contratos em situações de acontecimentos imprevisíveis e extraordinários, como no caso da pandemia, que possam levar ao desequilíbrio contratual de uma das partes envolvidas.

A Lei de Liberdade Econômica inserida no artigo 421, determina que os contratos podem ser revisados mediante estas condições excepcionais e limitadas, para modificar assim sua condição.

Tendo isto em vista, as instituições tentam amortecer o impacto do coronavírus no bolso dos brasileiros por meio de melhores negociações, que visam resguardar o orçamento de seus clientes durante esta crise.

O Banco Central permitiu que os bancos brasileiros criassem novos planos de renegociação de dívidas provindas de empréstimos para pessoas físicas e micro e pequenas empresas.

Os principais bancos do Brasil prorrogaram o vencimento das dívidas de seus clientes por 60 dias, clientes estes que estavam com contratos em dia antes mesmo do coronavírus.

A Caixa Econômica Federal, além de ter adotado a suspensão do pagamento de crédito, também anunciou a liberação do cartão virtual de débito gratuito aos seus clientes para facilitar as compras online.

O Conselho Nacional de Previdência Social reduziu o teto de juros do empréstimo consignado para 1,80% ao mês para aposentados e pensionistas, bem como o consignado do cartão de crédito.

Diante de todas as alternativas para o ajuste de crédito, é possível também limpar o nome online no próprio site do comércio ou banco e também em plataformas como a Serasa e o Blu365, que estão com descontos nesta pandemia.

Portanto, é um bom momento de negociação, tendo em vista que será necessário a flexibilização das instituições para recuperar a economia. A CNN divulgou dia 1 de maio que a renegociação de dívidas aumentou em 25% por causa do coronavírus até o mês de abril.

De olho na Câmara

No dia 9 de abril, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto que impede por 90 dias a inclusão de pessoas em cadastro de devedores no SPC e na Serasa. O intuito é que elas ganhem mais tempo antes de ficarem com o nome sujo nestes serviços de proteção ao crédito.

Nesta longa tramitação, o projeto foi aprovado pelo Senado Federal dia 12 de maio e agora voltou para a Câmara dos Deputados para ser analisado.

Basicamente, nenhum inadimplente deve ser incluído nestas listas por três meses, dentro do prazo retroativo que começou a valer dia 17 de abril, as inscrições feitas neste período devem ser invalidadas.

Após estes três meses, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) junto ao Ministério da Justiça, a responsabilidade da prorrogação do prazo que determinará a suspensão das inscrições.

Agora que você já sabe das oportunidades disponíveis, que tal conferir 5 dicas para manter o nome limpo durante a quarentena ?

Nós somos um blog informativo especializado em dicas financeiras, tratamos de assunto como: cartões de crédito, empréstimos, bancos digitais, conta corrente, cheque especial, investimentos e entre outros.

Então, caso precise de ajuda, acesse nosso site e saiba como podemos ajudá-lo passar por este momento com a finança em dia.