PicPay: vale a pena usar o app de pagamentos?

Através de uma agressiva campanha de comunicação, o PicPay vem se tornando a cada dia mais conhecido no país, mas afinal, será que vale a pena usar este app de pagamentos?

A seguir, iremos discorrer sobre alguns dos principais pontos positivos e negativos deste aplicativo para que você consiga decidir, dentro da sua realidade financeira, se ele vale a pena para o seu estilo de vida e de consumo.

O que é e como funciona PicPay

Antes de tudo, cabe um breve esclarecimento de que PicPay é um aplicativo disponível para download na Play Store e na Apple Store e consiste em uma carteira digital, funcionando de forma interligada a seus cartões de crédito, ou permitindo a realização de transferência de valores para as suas contas nos mais diversos bancos.

O principal intuito do aplicativo é lhe auxiliar a pagar as contas ou a transferir valores utilizando apenas o aplicativo para isso, podendo evitar as máquinas ou os terminais bancários.

PicPay: pontos positivos sobre o app de pagamentos

Deixe a sua carteira em casa: é a principal promessa do aplicativo que realmente cumpre com aquilo que diz e vem oferecendo um bom serviço de carteira digital no Brasil, liderando, até este momento, este mercado em reconhecimento de mercado.

Em um mercado de gigantes estadunidenses, cabe apontar que o PicPay é um projeto nacional, de uma fintech capixaba, e é extremamente confiável, por funcionar interligado a diversos bancos e instituições de crédito.

Ele realmente facilita o pagamento dos mais diversos tipos de contas, possibilitando a parcela em até doze vezes no cartão de crédito e, ainda, a possibilidade de parcelar ou pagar o boleto das suas faturas mensais, como conta de água, luz, aluguel etc.

O aplicativo ainda oferece a possibilidade de dividir a conta dos estabelecimentos de forma rápida e fácil, sendo ideal para ser utilizado em eventos onde o grupo todo precisa dividir a conta.

Além disso, ainda conta com outras vantagens adicionais, como recarga de celular e créditos em diversos jogos e apps da Play Store, incluindo o Uber e Uber Eats.

PicPay: pontos negativos sobre o app de pagamentos

Ele funciona como uma rede social, onde, para se realizar os pagamentos ou transferências para pessoas ou estabelecimentos, faz-se necessário que o outro usuário também faça parte deste grupo. Então, alguns tipos de pagamentos que você queira realizar com o aplicativo podem não estar disponíveis ainda, pelo fato de a empresa ou organização não ter um perfil também no PicPay.

Outro ponto negativo do PicPay diz respeito às taxas. Ainda que elas sejam menores do que as do Paypal ou de outros aplicativos financeiros, por exemplo, elas ainda são elevadas e prejudicam pequenos investimentos ou indivíduos autônomos no recebimento dos seus valores.

PicPay: afinal, vale a pena usar?

De acordo com a sua realidade financeira, neste sentido de querer possuir ou não uma carteira digital, e compreendendo a forma que você julga ser a ideal para pagar as suas contas e transferir dinheiro a pessoas e estabelecimentos, sim, pode valer a pena usar o PicPay. O app vai levar mais facilidade ao seu dia a dia, sendo uma carteira digital que irá funcionar dentro desta “rede social” em constante expansão, contando, ainda, com as taxas que serão pagas e, também, como último ponto positivo, o fato de que ela apresenta, atualmente, uma rentabilidade maior do que a poupança.

Deixe um comentário