PIS/Pasep: dinheiro esquecido ainda pode ser sacado em 2022

Quem ainda não retirou o abono salarial de 2022 terá até dezembro para sacar o dinheiro.

Anúncios

 

Em 2022, mais precisamente entre fevereiro e março, o governo federal pagou o abono salarial PIS/Pasep referente aos meses trabalhados em 2020. Este benefício é pago anualmente aos funcionários do setor privado que atendam aos critérios exigidos.

Em suma, para receber o abono, o empregado deve ter trabalhado com carteira assinada por pelo menos 30 dias durante o ano-base, além de receber um salário médio de até dois salários mínimos.

Outro critério importante diz respeito ao tempo de inscrição no PIS/Pasep, que deve ser de no mínimo 5 anos. Por fim, os empregadores/empresas devem repassar adequadamente os dados dos trabalhadores para o Relatório Anual de Informações Sociais (RAIS).

________________
________________

De acordo com informações oficiais, cerca de 480.000 trabalhadores elegíveis para o subsídio não retiraram os seus fundos. A boa notícia é que quem esqueceu de resgatar o subsídio de PIS/Pasep 2020 ainda pode sacar o dinheiro até 29 de dezembro de 2022.

Valor do subsídio salarial

O valor liberado no abono varia para cada beneficiário. Em suma, o valor liberado será proporcional ao número de meses trabalhados no ano base, levando em consideração o salário mínimo vigente no ano da transferência do recurso.

Nessa linha, as pessoas que trabalham com carteira assinada durante os 12 meses que compõem um ano receberão um total de um salário mínimo (R$ 1.212 em 2022). Para os trabalhadores que trabalham apenas 30 dias, será pago um valor pro rata, que é de 1/12 (101 reais). Em outros exemplos, essa lógica também será aplicada da seguinte forma:

 

  • Quem trabalhou 1 mês receberá o abono no valor de R$ 101;
  • Quem trabalhou 2 meses receberá o abono no valor de R$ 202; 
  • Quem trabalhou 3 meses receberá o abono no valor de R$ 303;
  • Quem trabalhou 4 meses receberá o abono no valor de R$ 404;
  • Quem trabalhou 5 meses receberá o abono no valor de R$ 505;
  • Quem trabalhou 6 meses receberá o abono no valor de R$ 606;    
  • Quem trabalhou 7 meses receberá o abono no valor de R$ 707; 
  • Quem trabalhou 8 meses receberá o abono no valor de R$ 808; 
  • Quem trabalhou 9 meses receberá o abono no valor de R$ 909;
  • Quem trabalhou 10 meses receberá o abono no valor de R$ 1.010;
  • Quem trabalhou 11 meses receberá o abono no valor de R$ 1.111;
  • Quem trabalhou 12 meses receberá o abono no valor de R$ 1.212.

Como consultar o abono?    

Previamente, cabe esclarecer que PIS é pago pela Caixa Econômica Federal aos empregados da iniciativa privada, enquanto o Pasep é repassado pelo Banco do Brasil aos servidores públicos. 

De todo modo, para conferir se há algum saldo para sacar, basta realizar a consulta nos canais oficiais, sendo através do aplicativo da Carteira de Trabalho Digital ou pela plataforma do Meu INSS (site ou app). Para quem deseja fugir dos meios virtuais, também é possível realizar o processo pela central de atendimento “Alô Trabalhador”, ligando no número 158.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo