Saiba como funciona o auxílio caminhoneiro e solicite o seu!

Veja neste artigo como funciona o auxílio caminhoneiro e saiba como solicitar o seu benefício ainda hoje!

Anúncios

No mês de agosto uma parte dos caminhoneiros do Brasil passou a receber uma verba do governo, oriunda do auxílio caminhoneiro.

Os valores têm como maior meta aliviar um pouco os efeitos que os trabalhadores sofreram e ainda sofrem com o grande aumento no preço dos combustíveis.

De forma ordenada, serão repassados os valores a cada um dos autônomos que estiverem dentro das regras predeterminadas.

No mês de agosto, o primeiro do plano, já foram somados mais de R$380 milhões vindos dos cofres públicos com destino ao auxílio deste grupo em específico.

________________
________________

Estima-se que até o final do seu pagamento, serão totalizados aproximadamente R$5,4 bilhões em benefícios. Entenda melhor alguns detalhes sobre o

O que é auxílio caminhoneiro?

O auxílio caminhoneiro trata de um benefício destinado especificamente aos caminhoneiros e denominado como Benefício Emergencial aos Transportadores Autônomos de Carga (Bem Caminhoneiro).

Com o intuito de compensar os motoristas autônomos de carga diante do aumento no preço dos combustíveis, o Governo Federal aprovou na Pec ‘Kamizake’ um benefício que auxilia os caminhoneiros.

A ideia é de que 6 parcelas sejam pagas aos mais de 190 mil trabalhadores que estão dentro dos critérios estabelecidos para o programa. Neste mês de agosto, os pagamentos passaram a ser pagos iniciando pelo dia 9.

Como a primeira parcela não pôde ser quitada em julho, para que o cronograma finalizasse com as seis até dezembro, no mês atual serão pagas as duas primeiras, logo, os beneficiários receberão um montante de R$2mil reais.

Nos demais, os pagamentos voltam ao valor de R$1mil.

Quem tem direito ao benefício?

Para saber se você é ou não detentor desse direito, basta conhecer os requisitos especificados para o tema.

O principal deles é estar cadastrado e ativo no Registro Nacional de Transportadores Rodoviários – Cargas (RNTR-C), da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres até a data de 31 de maio.

Também foram beneficiados os trabalhadores que tiveram o registro de transporte de cargas registrado na ANTT no ano corrente.

Aos que não tiveram suas cargas registradas, basta que preencham, no Portal Emprega Brasil ou no app da Carteira de Trabalho Digital, uma autodeclaração de termo de registro do TAC.

Este é um documento que confirma a aptidão para que o trabalhador faça os transportes, o tornando, assim, habilitado para também receber o benefício.

Aos caminhoneiros que optaram por se tornar MEI, o projeto também comporta a sua participação com o preenchimento da autodeclaração.

Veja como ficou o calendário

Com a previsão de efetuar 6 pagamentos ainda este ano, os depósitos do auxílio caminhoneiro passaram a ser feitos agora no mês de agosto. As duas primeiras parcelas já caíram na conta dos beneficiários no dia 09, somando um montante de R$2mil reais.

As datas dos próximos pagamentos ficaram organizadas da seguinte forma:

·         3ª parcela: 24 de setembro;

·         4ª parcela: 22 de outubro;

·         5ª parcela: 26 de novembro;

·         6ª parcela: 17 de dezembro.

Todas estas terão o valor de R$1mil cada e devem ser entregues a todos de acordo com o previsto.

Aos caminhoneiros que precisam fazer a autodeclaração, o prazo se estende de 15 a 29 de agosto e o pagamento da primeira e da segunda parcelas deverá acontecer apenas em 6 de setembro. Após, os demais correram conforme calendário acima.

Dúvidas sobre o auxílio caminhoneiro? Deixe abaixo nos comentários!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo