Saiba como se cadastrar no Bolsa Família de forma simples

O Bolsa Família é o maior programa de transferência de renda, após o Auxílio Emergencial. Ele beneficia atualmente mais de 14 milhões de famílias em todo o país.

Anúncios

Dessa maneira, o  valor auxilia na compra de alimentos, material escolar e outras necessidades de famílias carentes que possuem dificuldade para conseguir uma oportunidade de trabalho e vivem na linha da extrema pobreza no Brasil. Apesar da reformulação que o auxílio passou durante o início de 2021, a forma de cadastro é bem similar à antiga.

Portanto, confira abaixo o passo a passo para fazer o cadastro no Bolsa Família 2021.

Como se cadastrar no Bolsa Família?

mudança no Bolsa FamíliaQUEM TEM DIREITO?

[button_1 text=”VER%20AGORA” text_size=”20″ text_color=”#000000″ text_bold=”Y” text_letter_spacing=”0″ subtext_panel=”N” text_shadow_panel=”N” styling_width=”7″ styling_height=”6″ styling_border_color=”#fffd14″ styling_border_size=”8″ styling_border_radius=”50″ styling_border_opacity=”100″ styling_gradient_start_color=”#fffd14″ styling_gradient_end_color=”#fffd14″ drop_shadow_panel=”N” inset_shadow_panel=”N” align=”center” href=”https://dinheirobemcuidado.com/bolsa-familia-quem-tem-direito/?utm_source=lazy1bolsafamilia”/]

*Você permanecerá neste mesmo site

Primeiramente, o cidadão ou cidadã que deseja se cadastrar no Bolsa Família precisa estar cadastrado no CadÚnico – Cadastro Único, que é um programa social do Governo Federal.

Através do CadÚnico é possível saber todas as principais informações sociais e de renda da família, para poder ajudá-las da melhor forma.

Faça como mais de 143.907 pessoas
Cadastre-se e Receba nossos conteúdos diretamente no seu E-MAIL.

Além disso, os membros do grupo precisam atender a alguns requisitos designados pelo Ministério da Cidadania.

Ou seja, para participar do programa do Bolsa Família é preciso procurar o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da sua cidade, que geralmente é associado às prefeituras da própria cidade.

Em seguida, o responsável pela família irá responder a um questionário específico com um representante do CRAS e deve se encaixar dentro da seguinte regra:

  • Possuir renda por pessoa de até R$89,00 por mês;
  • Ter renda por pessoa de R$89,00 a R$178,00 por mês, se tiver crianças entre 0 a 17 anos.

Para continuar no programa existem algumas regras, que estão listadas abaixo:

  • Caso haja alguma gestante na família é obrigatório comparecer ao pré-natal agendado pelo CRAS e pelo calendário no Ministério da Saúde;
  • Participar de todas as atividades educativas sobre alimentação para gestante e leite materno;
  • Manter o cartão de vacinação das crianças de 0 a 7 anos da casa em ordem;
  • Acompanhamento da saúde das mulheres da família de 14 a 44 anos;
  • Garantir a frequência de no mínimo 85% a 75% das crianças e adolescentes da casa.

O responsável familiar deve possuir no mínimo 16 anos de idade e deve informar todos os dados necessários solicitados pelo CadÚnico.

Além disso, é de inteira responsabilidade do cadastrado atualizar o cadastro quando houver alguma mudança de renda ou outras informações da família.

Como posso me cadastrar durante a pandemia?

O cadastro no Bolsa Família durante a pandemia tem sido via telefone ou e-mail.

Dessa forma, é preciso entrar em contato por telefone com o CadÚnico da sua cidade e informar que você gostaria de fazer o cadastro no auxílio para a sua família.

Após isso, o responsável responderá um questionário via telefone e de primeiro momento não será necessário apresentar os documentos de forma física, devido a necessidade de segurança e proteção dos solicitantes e dos atendentes.

O novo valor do Bolsa Família é de R$89,00 mensais e dependendo da situação da família e da quantidade de gestantes e de filhos pequenos pode chegar a R$205,00.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo