Saque calamidade do FGTS – O que é quem pode sacar

Confira nesse artigo todos os detalhes sobre o saque calamidade do FGTS e saiba como solicitar!

Anúncios

O saque calamidade do FGTS serve para aquelas pessoas que possuem um saldo ativo na conta do FGTS, mas necessita retirar por motivo de urgência, como quando são acometidas por desastres naturais.

A liberação do valor por esse motivo não acontece em todos os casos. É preciso que o desastre tenha atingido diretamente a casa do trabalhador que busca o benefício.  Além disso, é necessário que o Governador do Estado em que o trabalhador reside tenha decretado situação de calamidade pública.

Continue sua leitura e saiba mais detalhes sobre o saque calamidade do FGTS.

Veja também:

Quais são os desastres da natureza que autorizam o saque calamidade do FGTS?

Em síntese, o saque calamidade do FGTS é autorizado mediante as seguintes situações:

  • Alagamentos na cidade; ​
  • Cheias litorâneas, devido invasão da água do mar;
  • Chuvas de granizo intensa;
  • Ciclones extratropicais;​
  • Enxurradas graduais e bruscas;
  • Rompimento de barragens;
  • Tempestades e vendavais;
  • Tornados e trombas d’água;​
  • Tufões, ciclones tropicais e furacões.

Vale destacar ainda que a solicitação do saque só pode ser feito no período de 1 ano. Ou seja, que fez o pedido, não pode fazer uma nova solicitação até que tenha se passado 1 ano do pedido anterior.

Valor liberado para o saque calamidade do FGTS

O valor depende do saldo positivo do  FGTS que  a pessoa possui. Mas o limite máximo é de R$ 6.200,00.

Quais as cidades que podem fazer a solicitação?

Neste ano muitos desastres naturais já têm acometido diversas cidades. Por isso algumas já estão autorizadas para que o trabalhador peça o saque calamidade do FGTS. Observe quais são:

  • No Espírito Santo, está autorizado: Alegre, Bom Jesus do Norte, São Gabriel da Palha;
  • Minas Gerais: Aimorés, Cataguases, Mateus Leme;
  • Rio de Janeiro: Aperibé, Bom Jesus do Itabapoana, Cambuci, Itaocara, Laje do Muriaé, Mesquita, Miracema, Nova Iguaçu, Paraty, Queimados.

Como pode ser feito o pedido do saque calamidade do FGTS?

É possível solicitar o saque diretamente pelo app do FGTS, da seguinte forma:

  1. Primeiramente, faça o login no aplicativo do FGTS;
  2. Em seguida, encontrar a opção “Meus saques” e clique nela;
  3. Feito isso, clique no botão “Outras situações de saques”;
  4. Selecione o motivo que neste caso é “Calamidade pública”;
  5. Em seguida, procurar pelo município em que você mora e apertar no botão de “Continuar”;
  6. Agora vem a parte em que você precisa definir a forma que vai sacar o valor, que pode ser presencialmente ou em uma conta bancária ativa de qualquer banco;
  7. Será, então, pedido que você envie alguns documentos, você deve fazer o upload e conferir se anexou todos os documentos solicitados;
  8. Depois que fizer isto, basta confirmar e dar seguimento ao processo.

Essa solicitação vai ser analisada pela Caixa Econômica Federal que quando autorizado o saque calamidade do FGTS credita o valor em dinheiro para o solicitante.

Documentos necessários para o pedido:

  • Comprovante de residência em esteja no nome do trabalhador, com emissão não superior a 4 meses à decretação do estado de calamidade e emergência;
  • Quando não possuir comprovante de endereço pode enviar a declaração com emissão feita pelo Governo Municipal ou então Distrito Federal, que declara que o problema com a residência. Que deve constar dados pessoais da pessoa, bem como endereço e assinatura da autoridade que está emitindo;
  • Documentos de identificação, como CPF, RG e Carteira de Trabalho, para comprovar que a pessoa possui vínculo empregatício com alguma empresa.

Portanto, agora que já sabe como solicitar o saque calamidade do FGTS, veja se sua cidade se inclui no grupo das autorizadas e faça logo sua solicitação.

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

Aguarde…