Saque extraordinário do FGTS: prazo está chegando ao fim

Você não retirou o valor no prazo? Saiba o que fazer para conseguir receber

No início do ano, a Caixa divulgou aos trabalhadores que possuem saldos no Fundo de Garantia por Tempo de Serviço de que eles poderiam retirar até R$ 1.000,00 do valor total do Fundo, desde que cumprissem com alguns critérios. Portanto, um prazo para saques foi divulgado, baseado na data de aniversário de cada trabalhador.

O problema é que cerca de 8 milhões de trabalhadores que tem direito ao benefício não realizaram o saque, segundo dados divulgados pelo próprio banco. Esse número relevante é atingido e várias formas, seja porque o trabalhador não saiba que tem direito, ou não entende muito como funciona para retirar o valor.

Assim, o prazo final dado pela Caixa está chegando ao fim, ou seja, aqueles trabalhadores que tinham direito, mas não realizaram o saque perderão a oportunidade, visto que o dinheiro é retornado ao FGTS e só é possível retirar quando o governo ofertar um novo período de saque, mas isso, é incerto.

Portanto, é hora de você saber tudo sobre esse saque, os prazos, como fazer a retirada e os valores. Acompanhe conosco e retire hoje mesmo esse dinheiro, que pode te ajudar no fim de ano. Para alguns casos, o total de recursos pode chegar a R$ 1.000,00, o que é de grande auxílio. Vamos lá!

 

Saque extraordinário: o que é?

Este ano, o saque extraordinário começou a ser liberado em abril para os trabalhadores CLT com FGTS ativo. Os pagamentos aconteceram conforme o mês de nascimento dos beneficiários e era possível retirar até R$ 1 mil por trabalhador, considerando todos os saldos disponíveis da conta do FGTS.

Aqueles valores bloqueados, como por exemplo, os que estão garantindo operações de crédito de antecipação de Saque Aniversário, não podem ser movimentados. Isso significa que se você tiver valores em contas abertas por antigos empregos, eles também poderão ser considerados na soma.

 

Quem tem direito ao saque?

Qualquer trabalhador com conta vinculada, ativa ou inativa, tem direito ao saque. Isso significa que se você não está inserido no regime CLT atualmente, mas possui saldo de trabalhos anteriores, poderá realizar o saque.

Quando o beneficiário tiver mais de uma conta ativa no FGTS, é retirado primeiro o dinheiro das contas de contratos inativos, começando pela conta com menor saldo, após isso, valores são retirados das outras contas iniciando pela que tiver saldo menor.

 

 

Como o dinheiro é depositado?

Para a maioria dos casos, a Caixa abriu uma Poupança Digital, chamada Caixa Tem. Toda a movimentação pode ser feita pelo celular, ou seja, baixe o aplicativo de mesmo nome para verificar os valores, realizar transferências, pagamentos e até saques, desde que a operação seja finalizada em Lotéricas ou Agências da Caixa.

O aplicativo é gratuito, bem como qualquer operação realizada através da poupança digital. Ao fazer o download do aplicativo, é exigido somente um cadastro com seus dados pessoais, já que essa conta possui número e tudo o que é comum para uma transação bancária.

 

O calendário do saque extraordinário

No início do ano, a Caixa divulgou este calendário para os interessados em acessar o saque extraordinário do FGTS, ou seja, o dinheiro está disponível desde essa época para os trabalhadores.

 

Nascidos em: Recebem a partir de:
Janeiro 20/04 (qua)
Fevereiro 30/04 (sáb)
Março 04/05 (qua)
Abril 11/05 (qua)
Maio 14/05 (sáb)
Junho 18/05 (qua)
Julho 21/05 (sáb)
Agosto 25/05 (qua)
Setembro 28/05 (sáb)
Outubro 01/06 (qua)
Novembro 08/06 (qua)
Dezembro 15/06 (qua)

 

E se eu não quiser o saque?

É possível o trabalhador não querer  receber o dinheiro, para que o saldo do FGTS não seja movimentado. Para isso, ele precisa baixar o aplicativo do FGTS e assinalar a opção de não recebimento, ou até mesmo ir pessoalmente a uma agência da Caixa deixar claro que não tem interesse.

Ainda que esse procedimento não tenha sido feito e o valor esteja na poupança digital, o retorno pode ser solicitado, mas o prazo era até dia 10 de novembro de 2022. Portanto, fique atento(a) aos prazos do próximo ano.

 

Prazo final de aproxima

Como já falamos acima, havia um calendário disponível e quando ele foi finalizado, a Caixa definiu uma data final para aqueles com direito e que não retiraram o dinheiro, ainda que ele tenha sido depositado na conta Caixa Tem. Portanto, os trabalhadores poderão retirar seus valores até 15 de dezembro.

 

Como sacar?

Não é preciso ir até uma agência da Caixa para conseguir o dinheiro, entretanto, se prefere desta forma, é só procurar uma agência e retirar o dinheiro no caixa, por exemplo. Quem está mais acostumado com o Caixa Tem, pode realizar todos o processo pelo aplicativo, como exemplificaremos a seguir.

Após fazer o download do aplicativo, insira seus dados e veja se o dinheiro já está na sua conta, se não, busque pela opção no aplicativo da Caixa. Isso porque se isso acontecer, a maior chance é de que você não tenha direito aos valores.

Entretanto, se o dinheiro estiver na conta, já aparecerá no campo “saldo”, que fica normalmente coberto por segurança. Com a disponibilidade, é só movimentar transferindo para outras contas por meio do Pix, realizar pagamentos de boletos ou qualquer transação bancária que quiser.

É importante destacar que se as operações não forem realizadas, principalmente a não movimentação do Caixa Tem, o banco pode entender que o dinheiro não será utilizado e aí, sim, ele será devolvido ao seu FGTS, ou seja, independentemente da ação, o dinheiro é seu e não volta para qualquer outro local.

 

Ainda tenho dúvidas, o que fazer?

Entre em contato com a Caixa através dos canais de atendimento, principalmente se você se encaixa nos critérios e mesmo assim não acessou os valores. Pode ter acontecido algum problema.

 

App FGTS  e agências:
– Consultar o valor a ser creditado;
– Consultar a data de crédito na Conta Poupança Social Digital;
– Informar que não quer receber o crédito do valor;
– Solicitar o retorno do valor creditado para a conta FGTS;
– Alteração cadastral para criação de Conta Poupança Social Digital.

CAIXA TEM - INFORMAÇÕES: