Seguro desemprego, PIS e BPC irão sofrer reajuste a partir de janeiro. Saiba Mais

Os benefícios sociais normalmente sofrem reajustes ano após ano. E em 2022, benefícios como o Seguro-desemprego, PIS e BPC também irão subir.

Anúncios

A princípio, estes reajustes acontecem, perque grande parte dos benefícios sociais tomam por base o valor do salário mínimo nacional. Então, quando o salário mínimo aumenta, eles também sofrem aumento.

Em 2022, o salário mínimo no Brasil passará de R$ 1.100,00 para o valor de R$ 1.212,00. A seguir vamos explicar melhor como vai acontecer o reajuste do Seguro-desemprego, PIS e BPC. Siga com a gente.

Veja também:

Abono salarial PIS/Pasep

Seguro desemprego, PIS e BPC irão sofrer reajuste a partir de janeiro.

Quando falamos de abono salarial PIS/Pasep é importante, primeiramente, entender a que se refere esse benefício. PIS/Pasep trata-se de um benefício destinado aos trabalhadores que possuem emprego formal de carteira assinada e também aos servidores públicos.

Com o ajuste que vai acontecer em 2022, o abono do PIS/Pasep também terá reajuste. Para ter direito ao abono a pessoa deve ter trabalhado ao menos 30 dias ou 1 ano de carteira assinada.

O valor do salário recebido pelo funcionário deve ser de no máximo 2 salários mínimos no ano de 2021.  Outro critério para receber esse valor é ser inscrito no PIS/Pasep ao menos 5 anos e com dados atualizados sempre.

Já em relação às parcelas que serão pagas ao trabalhador, estas irão variar conforme os meses trabalhados. Mas, fica determinado como piso para este beneficio o valor do salário mínimo vigente, ou seja, R$1212,00.

Benefício de Prestação Continuada – BPC

O BPC é um benefício que é pago pelo INSS a pessoas que possuem algum tipo de deficiência. Este benefício se destina ainda aos idosos incapazes de garantir seu sustento financeiro.

Em 2022, o valor do auxílio passa a ser R$ 1.212,00. Vamos compreender agora quem tem direito a receber o BPC, observe os critérios:

Faça como mais de 143.907 pessoas

Cadastre-se e Receba nossos conteúdos diretamente no seu E-MAIL.

Marketing por
  • Pessoas idosas com baixa renda e idade superior a 65 anos;
  • Não pode ser beneficiado por outro programa do INSS;
  • Precisa possuir o CadÚnico e deve estar atualizado;
  • Pessoas com nacionalidade brasileira;
  • Indivíduos que possuem algum tipo de deficiência, que dependam de outras pessoas para realizar as atividades do dia a dia;
  • A renda mensal per capta deve ser inferior a ¼ de um salário mínimo, ou seja 25%, que atualmente corresponde a R$ 275,00 por pessoa, mas com a alteração do salário vai passar a ser R$ 303,00.

Seguro desemprego

Com o reajuste no Seguro desemprego, quem tem direito a recebe-lo, irá garantir nada menos que um salário mínimo. Ou seja, se der entrada no seguro desemprego em 2022, irá receber R$1212,00.

Contudo, nem todas as pessoas vão receber somente esse valor, pois depende do salário base. Se a pessoa recebe em suas atividades laborais mais que um salário mínimo o cálculo será feito, baseado neste valor.

Então, para descobrir o valor a que tem direito a este benefício trabalhista, basta calcular as parcelas que deve receber e a média dos 3 últimos salários recebidos, antes de ser demitido. Dessa forma, pode-se receber acima do salário mínimo, mas há um teto limite também, que ainda não foi divulgado.

Só tem direito a receber o seguro desemprego:

  • Trabalhadores formais que são demitidos sem justa causa e que estiveram em contratação por no mínimo 12 meses, nos últimos 18 meses, antes da solicitação do benefício.

No caso de ser a segunda solicitação do benefício o trabalhador deve ter recebido 9 meses de salário, após a primeira solicitação. Além disso, não pode haver outra fonte de renda e nem receber outro benefício do governo, como o BPC.

Baseado no que já vimos, pode-se concluir que Seguro-desemprego, PIS e BPC, sempre sofrerão reajustes anuais, pois estão ligados ao salário mínimo, que também sofre esse reajuste.

A data para o reajuste do Seguro-desemprego, PIS e BPC está prevista para 25 de janeiro. Então, programe-se e não deixe de consultar seu benefício nas plataformas correspondentes.

Gostou deste conteúdo?

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo