Veja quais são as nossas dicas para você organizar melhor o salário

Independente de qual seja a sua renda mensal, saiba que é possível organizar melhor o salário e ter um dinheiro no fim do mês. Conseguir organizar o salário e recuperar o poder sobre o seu dinheiro não é complicado e pode ser feito de uma forma simples, basta seguir as nossas dicas.

Publicidade

Com um pouco de ajuda da tecnologia e disciplina é possível administrar todo o seu dinheiro e evitar dívidas ou futuras dores de cabeça quando o assunto é finanças. Podemos afirmar que com dedicação qualquer pessoa pode realizar o pagamento das suas contas e ainda juntar um dinheiro todos os meses.

Publicidade
Publicidade

Neste artigo iremos oferecer dicas valiosas para organizar melhor o salário, obter uma vida financeira mais saudável e conseguir administrar o seu dinheiro da melhor forma possível, seja qual for a sua renda mensal.

O que você procura?

CARTÃO DE CRÉDITO
 
APROVAÇÃO NO CARTÃO
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
 
CARTÃO SEM ANUIDADE

Como organizar melhor o salário e cuidar do seu bolso

Organizar melhor o salário

Publicidade

Muitas pessoas nem sabem para onde está indo o seu dinheiro, já que tentam controlar todos os gastos sem nenhuma anotação ou coisa do tipo. Se você está nesta situação, fique calmo! Vamos te ajudar a fazer o seu salário realmente render.

1- Calcule o seu salário líquido

O primeiro passo é calcular quanto você consegue receber por mês. Em casos onde a pessoa trabalhe com uma carteira assinada, é necessário levar em conta todos os descontos, como imposto de renda, contribuição do INSS e vale- transporte.

Esse passo é muito importante para organizar melhor o salário pois o valor que realmente importa é o que cai na conta e não o valor nominal da remuneração.

2- Mapeie os seus gastos mensais

Com o salário em mente, o próximo passo é entender todos os seus gatos, de uma maneira bem resumida existem três tipos de gastos:

  • Despesas fixas: São os gastos que não variam durante os meses, como aluguel, mensalidade da faculdade, condomínio e outros;
  • Despesas variáveis: São gastos que podem variar como alimentação, combustível do carro e outros;
  • Despesas eventuais: Gastos que não podem ser previstos, como gastos com medicamentos, carro, reparos na casa etc.

Para facilitar o seu controle financeiro, é necessário fazer uma planilha, utilizar um aplicativo ou qualquer outra forma que você consiga se organizar.

Veja também:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
OUTROS CARTÕES
   

3-Monte o seu orçamento

Com todos os seus gastos mapeados é possível criar um orçamento mensal com base no seu salário. Portanto, é necessário distribuir todos os seus gastos de acordo com as necessidades do momento, conseguindo realizar o pagamento de todas as suas contas e ainda separar um dinheiro para os investimentos.

Um método para organizar melhor o salário é utilizar a regra “50-30-20”, veja como funciona:

  • 50% do dinheiro são para os gastos essenciais;
  • 30% do dinheiro para atividades de lazer e os seus desejos pessoais;
  • 20% para guardar e investir futuramente.

Essa divisão é somente uma sugestão, quem define quais são as prioridades do orçamento é você. O ideal é conseguir manter um padrão de vida que seja realmente coerente ao valor do seu salário e não terminar o mês sem nenhum dinheiro.

Guardar um dinheiro para investir em você é essencial, pois fica cada vez mais difícil conseguir evoluir financeiramente.