7 dicas incríveis para você aumentar seu score hoje mesmo

Antigamente, ter o nome limpo era o que bastava para conseguir crédito em lojas e instituições financeiras. Hoje em dia, isso não basta. Muitas empresas levam o score em consideração na hora de liberar crédito para os consumidores.

Para conseguir um financiamento, empréstimo e acesso a cartões de crédito, é necessário que seu score esteja com uma boa pontuação. Para isso, algumas medidas devem ser tomadas.

Acompanhe as nossas dicas e descubra como conseguir aumentar o seu score e ter uma boa reputação perante as empresas.

O que é Score?

Trata-se do nome dado à pontuação dada aos consumidores por parte de órgãos de proteção ao crédito, tais como SPC e Serasa.

Qualquer pessoa que passe a ter um CPF, começa a ter o pagamento de suas contas monitorado. Em resumo: essas instituições acompanham se você tem feito os seus pagamentos em dia e, caso haja atrasos em contas, seu nome fica “sujo” e seu score baixo.

O intuito do Score é permitir que empresas saibam se determinado consumidor é um bom pagador e se apresenta algum risco de inadimplência. Além disso, pode ser consultado para que o cliente tenha a oportunidade de conseguir financiar algum bem.

Para simplificar, os órgãos de proteção ao crédito avaliam se o consumidor possui um baixo, médio ou alto risco de não completar o pagamento de suas contas.

As pessoas que têm sua pontuação entre 0 e 300, possuem um grande risco, já as pontuações entre 301 a 700 ficam no risco médio e de 701 a 1000 são as pessoas com o risco de inadimplência baixo.

Como é o seu funcionamento?

A análise de crédito não fica restrita apenas ao seu score. Todo o seu histórico perante bancos e instituições financeiras é levado em consideração. Nele, estão inclusos todos os cartões de crédito que você tem ou já teve, além das contas-correntes.

No caso do score, tudo é avaliado, tanto no presente, quanto no seu histórico. As contas que você pagou com atraso, renegociações, pedidos de crédito, tudo é levado em consideração no que diz respeito à sua pontuação.

Existem algumas atitudes que podem contribuir para um score baixo:

1. Pagar as contas com atraso todos os meses;
2. Pedir inúmeros cartões de crédito;
3. Não possuir nenhuma conta em seu nome;
4. Solicitar aumento de limite com frequência e com valores exorbitantes.

Dicas para aumentar o score

Tenha o nome limpo

Pode parecer óbvio, mas essa é uma dica muito importante. Ficar com o nome sujo em qualquer um dos órgãos de proteção ao crédito, contribui para que o seu score fique baixo e quanto mais o tempo passa, menor fica.

O ideal é que você procure os seus credores e faça renegociações. Após isso, inicie o pagamento o mais rápido possível. Fique atento para não atrasar as parcelas de um acordo, pois isso pode botar tudo a perder e piorar a situação.

Ao negociar suas dívidas, procure parcelar em valores que você realmente consiga pagar, pois assim evita ter algum problema futuro.

Ter contas em seu nome

Quanto mais contas você tem em seu nome, mais chances de aumentar o seu score. Caso você seja maior de idade, procure colocar algumas contas de casa em seu nome. Lembre-se que pode ser uma conta de telefone, luz, internet etc.

A fatura de um cartão de crédito também conta e conforme você vai pagando, o Serasa e o SPC iniciam o monitoramento e identificam qual tipo de consumidor você é.

Mantenha seus dados atualizados

Com a tecnologia, é muito fácil para as empresas encontrarem qualquer pessoa, porém o ideal é que você forneça as informações completas e atualizadas.

Informe as instituições sempre que se mudar ou trocar de telefone, pois isso auxilia no aumento da sua reputação e do seu score.

No site do Serasa, a atualização das informações é feita de forma gratuita e você precisa apenas enviar os seus comprovantes de endereço. Tudo é feito de forma online, o que faz com que seja rápido e prático.

Quanto mais transparente você for com essas empresas, mais chances de melhorar o seu score.

Negocie as suas dívidas

Procure soluções para quitar as suas dívidas, pois essa é uma das etapas mais importantes durante a tentativa de melhorar sua reputação.

Entre em contato com as empresas e tente negociar suas contas. Tente quitar as de menor valor à vista, pois é possível conseguir bons descontos dessa forma.

Lembramos que ao pagar a dívida o seu score não sobe imediatamente, pois o seu histórico é relevante nesses casos. A pontuação vai subindo aos poucos, conforme as contas vão sendo pagas em dia.

Sem exageros com cartões de crédito

Muitas pessoas ficam desesperadas em limpar o nome para conseguir um cartão de crédito. Mas podemos dizer que essa não é uma boa prática, pois quanto mais você faz solicitações, mais o seu score diminui.

O ideal é ter apenas um cartão que vai servir para emergências e é preciso evitar a solicitação constante para ter um limite maior.

As instituições financeiras ficam em alerta quando um consumidor pede aumento de limite, pois muitas vezes, isso pode significar uma tentativa de fraude ou que alguém tenha roubado os seus dados. Justamente por esse motivo, o score fica baixo para evitar mais danos ao cliente.

Evite solicitar muitos empréstimos

O score está diretamente ligado ao CPF do consumidor em questão, por isso quando há muitas solicitações de empréstimo, o Serasa entende que o indivíduo está com problemas financeiros. Automaticamente, o score sofre uma baixa.

Sempre que possível, pague suas contas em dinheiro e evite fazer cartões desnecessários. Isso é importante, não apenas para o score, mas também para evitar um descontrole nos gastos.

Relação com os bancos

Procure manter uma boa relação com uma instituição bancária específica. Utilize produtos do banco escolhido e mantenha uma conta corrente com bastante tempo de uso.

Os bancos possuem sua própria análise de crédito, e por isso é importante que o seu relacionamento seja de parceria.

Gostou das nossas dicas? Acesse o nosso site e veja outros conteúdos interessantes.