2020 chegou, o que o ano muda na sua vida financeira?

Banco Central já avisou que burocracia sua vida financeira  vai diminuir a partir deste ano.

Anúncios

A tecnologia mudou a vida de muita gente e não poderia ser diferente com as transações financeiras. Depois que diversas fintechs foram lançadas, o mercado financeiro se viu na obrigação de modernizar e facilitar o acesso para diversos perfis de clientes, principalmente aqueles que estavam começando, por exemplo.

Foram anos de burocratização, dificuldades e muitos detalhes para pedir um cartão de crédito, por exemplo.No Brasil, existia uma hegemonia de determinados bancos e a maioria dos brasileiros confiava em poucos. Basicamente, a muitos brasileiros começaram transações bancárias no Banco do Brasil ou na Caixa Econômica Federal.

Com a chegada da internet, mais novidades: startups chegaram com opções que encantaram e encantam clientes, até hoje. O corte de tarifas, a facilidade na liberação de crédito e a funcionalidade atual, tudo em aplicativo ou site, ajuda o cliente a se sentir ainda mais confortável e bem vindo.

Empresas como a Nubank, já superam os 12 milhões de usuários, o que assustaram os maiores bancos do Brasil. Eles se viram na obrigação de modernizar, cortar tarifas e oferecer ainda mais vantagens para os clientes. A palavra é fidelização, porque as fintechs estão mesmo roubando usuários.

LEIA MAIS:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
CARTÃO DA CAIXA
 
CARTÃO DE CRÉDITO NUBANK
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
             

Neste artigo, vamos te atualizar das novidades que o Banco Central promete para 2020. O que muda para o cliente antigo e o novo? A principal é excluir as burocracias e facilitar o acesso. Vamos falar disso e também te trazer opções para fugir de uma vez da dificuldade que existe nas instituições financeiras mais antigas.

Conta bancária sem tarifas

2020 -chegou-o-que-o-ano-muda-na-sua-vida-financeira
2020 -chegou-o-que-o-ano-muda-na-sua-vida-financeira

 

Existem diversas opções de bancos digitais que não cobram anuidade ou tarifas para alguns serviços. Com tanto sucesso, a tendência do BC é indicar que isso comece a ficar mais popular neste ano, com bancos antigos participando das facilidades e mudando a relação com clientes.

Dificilmente, quem vai abrir a primeira conta bancária, se pesquisar vai querer uma conta simples, que não exija muito e que não te faça gastar o que você não pode.

Facilidade na aprovação

Outra tendência é a rapidez para aprovar os cartões de crédito, mesmo sendo um limite de crédito básico. A maioria das fintechs aprova e abre a conta digital em poucos minutos, demorando poucos dias para aprovar um limite de crédito. Sem falar que mesmo sem o cartão físico chegar, tudo está no aplicativo e ele já pode ser usado.

 

Utilização maior em canais de atendimento

E esses canais é a internet: sites, aplicativos. O futuro é mais internet, menos caixas eletrônicos e atendimentos presenciais. Muitos bancos tradicionais já passaram grande parte das transações,até mesmo as importantes, por aplicativo, o que já é um grande avanço.

A partir de 2020, novas funcionalidades em tecnologia devem surgir, o que vai acelerar ainda mais os serviços bancários e diminuir a ida aos bancos. Objetivo dos bancos de todo mundo, já que os gastos diminuem consideravelmente.

 

Open Banking

“Sistema bancário aberto” é a promessa que engloba parte dos itens que já citamos e o que o BC pretende adotar para este ano, aumentando a competitividade, mas ao mesmo tempo a integração entre todas as instituições financeiras que prestam serviços bancários, desde as jovens até as antigas.

Basicamente, o open banking permite portabilidade de dados e menos dor de cabeça através da tecnologia, ou seja, todas as vezes que pensamos em iniciar um relacionamento financeiro, todos os bancos, financeiras, fintechs terão nossos dados sem muito trabalho. Essa integração vai permitir inúmeras facilidades.

 

O que essa integração muda?

Tudo. Imagine que você tenha conta no banco do Brasil, mas quer se cadastrar no Nubank, só para aproveitar um cartão de crédito sem anuidade. Só de digitar uma informação, todos os seus dados, como nome, endereço, telefone, histórico financeiro, score, estará na palma da sua mão, sem precisar preencher tudo de novo.

Isso não significa que a tecnologia de todas as instituições será mesmo, cada uma vai ter que gastar recursos para se adaptar. Ainda sim, um pedido de empréstimo por exemplo, será ainda mais facilitado, já que seu histórico de bom pagador vai ser acessado em segundos.

Quando essa iniciativa começar, a competitividade aumenta, o que também melhora as vantagens para clientes. Isso porque nós sempre escolhemos quem se adaptou melhor a tecnologias e ninguém quer ficar para trás. O open banking está próximo.

 

Como perceber as mudanças?

Se informando. O mundo globalizado está em constante evolução e só prestando muita atenção nas suas finanças é que você conseguirá acompanhar e escolher o que melhor vai atender suas necessidades. O que mais o cliente quer é economizar e o que bancos querem é lucrar. O equilíbrio dessa relação é quando os dois lados ganham de alguma forma.

Por isso, é possível ser enganado por bancos, mas é fácil evitar prestando muita atenção nas suas transações bancárias e na evolução do mercado financeiro. Seja rígido com suas finanças e acompanhe tudo, assim, ficará sempre no lucro, de um jeito ou de outro. Nada ganha da informação!

 

Transparência é fundamental

Mesmo com tantos escândalos financeiros fazendo parte da história do país, o Banco Central promete um sistema financeiro mais transparente para este ano. É muito difícil oferecer serviços bancários sem entregar ao cliente tudo o que ele precisa, sem mentiras. Antigamente era muito fácil cair nas conversas de funcionários que precisavam bater metas. Hoje, com a informação, tudo fica bem às claras.

Por isso, é tão importante tirar o extrato, de tudo! O novo ano que chegou promete trazer muita tecnologia e facilidade, com quebra de burocracias. O sistema financeiro está sentindo o impacto da competição e deve mudar muito este ano, desde a abertura de conta até a entrega de crédito.

Anúncios
Rolar para cima