Inscritos no Auxílio Emergencial irão receber Auxilio Brasil? Descubra!

Com o fim dos pagamentos para os inscritos no Auxílio Emergencial, várias famílias voltaram a ficar em situação de vulnerabilidade. E com a instabilidade que ainda assola o país com o surgimento da nova variante, a Ômicron, muitos brasileiros não sabem o que fazer para se reerguer economicamente.

Anúncios

A criação do Auxílio Brasil com uma maior abrangência na cobertura e extensão de valor representa hoje um alivio. Especialmente para os beneficiários do Antigo Bolsa Família. Mas e quem era inscrito no Auxilio Emergencial que não recebia Bolsa família? Este público também terá acesso ao pagamento de R$400, 00 do novo programa social?

É exatamente sobre isso que iremos esclarecer nesse artigo. Por isso, acompanhe a leitura até o final e veja se os inscritos no Auxilio Emergencial irão receber ou não o Auxílio Brasil.

Veja também:

Afinal, inscritos no Auxílio Emergencial receberão o benefício do Auxílio Brasil?

inscritos no auxilio emergencial

A princípio, muitos acreditam que este público não terá direito ao novo programa. Mas, vale destacar que ambos os benefícios foram criados para auxiliar famílias economicamente vulneráveis.

A diferença é que o Auxílio Emergencial foi um programa criado como fonte de auxilio financeiro durante a Pandemia. Enquanto isso, o Auxílio Brasil veio para substituir o antigo Bolsa Família.

De modo geral, podemos afirmar que inscritos no Auxílio Emergencial podem sim receber o beneficio do novo programa. Mas, para isso acontecer é preciso que este público esteja enquadrado em situação de pobreza e extrema pobreza.

Ou seja, para receber o novo benefício, a família precisa ter renda por pessoa de até R$100,00. Também é possível receber quem possui renda por pessoa variando enrte R$100 e R$200.

Inscritos no Auxílio Emegencial dentro dos critérios como receber o novo benefício?

Se enquadra em uma situação de pobreza e pobreza extra e era um dos inscritos no Auxílio Emergencial? Então você está apto a se inscrever no programa Auxílio Brasil. Para isso, será preciso ter cadastro no CadÚnico. Se já possui cadastro, verifique se o mesmo se encontra atualizado.

Para se inscrever ou então atualizar seu cadastro no CadÚnico é simples. Basta se dirigir até um CRAs da sua região portando todos os documentos necessários. E quais são estes documentos?

Veja abaixo a lista de documentos necessários para fazer sua inscrição:

  • Certidão de Nascimento
  • Documento oficial com foto
  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Certidão de casamento, se houver
  • RANI para indígenas inscritos no Auxílio Emergêncial
  • Comprovante de endereço

Vale destacar que, para quem está se inscrevendo pela primeira vez é importante portar todos estes documentos (seus e dos outros membros familiares).

Além disso, qualquer alteração nas informações contidas no ato do cadastro deve ser prontamente atualizada. Seja uma mudança de endereço, ou então nascimento, óbito e etc.

Depois que realizou a inscrição, dentro de 15 dias você deve entrar em contato com o CRAs onde fez a inscrição e solicitar seu NIS (Número de Identificação Social). Este número é como se fosse um CPF social. Por meio dele, você poderá participar de diferentes programas sociais.

Benefícios Sociais além do Auxílio Brasil

Você sabia que inscritos no CadÚnico podem ter acesso a outros programas e benefícios além do Auxílio Brasil?

Basicamente, existem vários benefícios que o Governo destina a famílias mais carentes. Entre os principais, podemos citar:

Portanto, se já possui cadastro no CadÚnico, veja se está apto a receber algum destes benefícios. Mas, se ainda não se inscreveu, aproveite e faça já sua inscrição!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

Aguarde…