Prova de vida do INSS: Saiba até quando o serviço vai estar suspenso

A prova de vida do INSS passou por uma mudança no dia 16 de abril. De acordo com informações divulgadas no diário oficial, a prova estará suspensa até o dia 31 de maio. As atividades voltarão ao normal somente no mês de junho, com quadro de melhora da pandemia. 

Anúncios

Com o objetivo de evitar fraudes nos recebimentos da pensão, a prova é feita pela instituição financeira responsável pelo pagamento do benefício. Na maioria dos casos, as provas são feitas no mesmo mês de aniversário do cidadão, deixando o calendário da prova organizado. 

Em 2020 o INSS já tinha feito a proibição da prova, visto que não queria colocar em risco os cidadãos. Neste sentido, o pagamento seguiu sendo executado normalmente, sem o bloqueio ou cancelamento, situação que ocorria antes da situação da pandemia. 

Anúncios

Entenda como vai ficar a prova de vida do INSS 

Com o atraso da imunização do covid, pessoas que precisam fazer a prova de vida do INSS precisarão comparecer nas instituições financeiras em que recebem o benefício somente a partir do mês de junho. 

Anúncios

Estavam agendadas para comparecer nas agências, pessoas que fazem aniversário no mês de março e abril. Porém, as provas estão canceladas até o dia 31 de maio com o objetivo de diminuir a contaminação e os riscos de aumento de internações. 

Porém, quem tinha a prova agendada e precisava ir até uma agência, pode ficar tranquilo, visto que o benefício não será cancelado ou bloqueado até que as visitas possam ser feitas com mais segurança. 

Os cidadãos que ainda não fizeram a sua prova de vida do INSS terão o dinheiro garantido até que o diário oficial publique uma nova data para comparecimento. Para ficar por dentro das informações e atualizações no calendário, o cidadão pode ligar para o telefone 135 para tirar dúvidas.

Anúncios
Anúncios

Entenda como funciona

A prova de vida do INSS é uma obrigatoriedade para todas as pessoas que recebem um ou mais benefícios do Instituto Nacional de Seguro Social. Se enquadram nos benefícios a aposentadoria, o auxílio doença e casos de pensão por morte. 

Vale lembrar que esta prova começou a ser exigida a partir do ano de 2012, com o objetivo de evitar fraudes, nas quais famílias estavam recebendo a pensão de familiares já falecidos. 

Até o começo do ano de 2020, quem não fazia a prova tinha o valor do seu dinheiro bloqueado e era necessário comparecer ao banco para resolver a questão. 

Como é feita a prova de vida do INSS

Antes da situação da pandemia, a prova de vida do INSS era feita uma vez ao ano pelo beneficiário, que tinha que comparecer em sua agência no seu mês de aniversário. 

No caso de pessoas que não conseguiam comparecer à agência por questões de saúde, era possível agendar uma visita com um procurador do INSS, que verificava todas as informações e fazia a atualização. 

Anúncios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima