Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado – veja o que fazer

Veja nesse artigo o que fazer quando se está com Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado!

Anúncios

No dia 29 de abril, foi pago todos os benefícios do Auxílio Brasil para os usuários com NIS final 0. No entanto, alguns usuários do programa tiveram o Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado. O que acabou gerando muitas dúvidas sobre o que fazer nessas situações.

Os depósitos do Auxilio Brasil no valor de R$ 400,00 iniciaram no dia 14 de abril.  E desde então, quem teve o Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado, possivelmente é porque possui restrições no CadÚnico.

Principalmente, ao que se refere a informações desatualizadas, ou que não estão em conformidade com os critérios do programa. Se este também é o seu caso, saiba que é possível reverter a situação, mas há prazos para isso. Entenda mais detalhes nesse artigo.

Veja também:

O que fazer em caso de Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado

auxílio brasil suspenso ou bloqueado

Segundo o Ministério da Cidadania, os usuários que tiveram o Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado devem procurar resolver as inconsistências presentes no CadÚnico. Para isso, é necessário ir até um dos Centros Regionais de Assistência Social, ou CRAS da sua cidade, munidos dos seguintes documentos:

  • CPF ou então Título de Eleitor, mas preferencialmente o CPF;
  • Documento de identificação de todos os membros da família, podendo ser certidão de casamento ou então nascimento, CPF, Carteira de Identidade, Carteira de Trabalho ou ainda Título de Eleitor;
  • Quando indígena é importante levar o RANI (Registro de Nascimento Indígena), pois também vale como documento de identificação.

As pessoas que já realizaram a atualização dos dados, mas seguem recebendo notificação para que façam a correção. O Ministério da Cidadania informa que essa notificação pode estar errada, devido às informações demorarem um pouco para chegar até o Governo Federal.

Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado: prazos

Agora você já sabe o que fazer quando estiver com Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado. Mas e quanto aos prazos?

O usuário do programa possui um prazo de até 6 meses para realizar a atualização completa dos dados.

A família que ainda possui os critérios de concessão do Auxílio Brasil e permanece no prazo para atualização, terá seu benefício revertido e poderá voltar a receber o valor. Mas, quando o prazo expirar, a família terá que fazer toda a etapa de habilitação novamente.

Inclusive, passar por nova seleção, de acordo com os parâmetros do programa. Lembrando que a seleção é feita de forma automática, levando em consideração os critérios de concessão.

Quem tem direito a receber o programa Auxilio Brasil?

As famílias que têm direito a receber o Auxílio Brasil, são aquelas que vivem em situação de extrema pobreza ou então pobreza. Além disso, também participam quem possui no grupo familiar pessoas menores de 21 anos de idade ou gestantes e lactantes.

Para critérios de concessão é classificado situação econômica das famílias. Sendo considerado extrema pobreza, quando uma família possui uma renda por pessoa menor que R$ 105,00 mensais.

Já quando se trata de pobreza, a família deve receber um valor mensal entre R$ 105,01 até R$210, por cada pessoa do grupo familiar.

Mas, para receber o Auxílio do Vale Gás, é necessário estar cadastrado no CadÚnico e ter uma renda mensal por pessoa de no mínimo meio salário mínimo. Que atualmente corresponde a R$ 606,00.

Ou ainda, podem receber as famílias que possuam membros que são assistidos pelo programa BPC (Benefício de Prestação Continuada). Que é pago um salário mínimo (atualmente R$ 1.212,00) aos idosos com idade superior a 65 anos que estejam em vulnerabilidade social.

Vale lembrar, que o Auxílio Brasil é concedido preferencialmente para as famílias que possuem mulheres que foram vítimas de violência doméstica e tem medida protetiva.

Agora que já sabe o que fazer quando tiver seu Auxílio Brasil suspenso ou bloqueado, fique atento aos prazos e notificações para não perder seu benefício!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

Aguarde…