Auxílio Emergencial tem pagamento retroativo confirmado, saiba mais!

O Governo Federal afirmou na última semana que finalizou o pagamento do Auxílio Emergencial retroativo.

Anúncios

Se você não se lembra, esse foi o pagamento destinado a um grupo específico, que havia recebido o benefício de R$ 600, mas não conseguiu as próximas parcelas.

Desse modo, tal grupo recorreu e conseguiu a confirmação do recebimento do auxílio emergencial após alguns meses, o que ajudou a complementar a renda de centenas de milhares de desempregados no país.

Muitas pessoas aproveitaram o recebimento do benefício para colocar as contas em dia, comprar comida e até mesmo iniciar algum tipo de negócio.

Além disso, algumas pessoas foram confirmadas no cadastro, mas não receberam o valor depositado na conta.

________________
________________

De acordo com o Ministério da Cidadania, pasta responsável pelos pagamentos, os repasses aconteceram apenas para aqueles que chegaram a receber o Auxílio Emergencial no valor de R$ 600 entre os meses de abril e agosto. 

Além disso, a pasta também analisou uma série de outros pontos antes de fazer a liberação.

Segundo informações das regras de recebimento, pai solteiro que não tem registro oficial de um filho menor de idade morando com ele, não recebeu nada agora. 

Afinal de contas, o Governo Federal precisava saber de fato que esse homem está criando uma criança ou um jovem. 

Se não há nenhum documento oficial provando isso, então ele não vai receber nada.

Não existirá mais pagamentos do Auxílio Emergencial

auxílio emergencial

Após o pagamento do retroativo, o governo federal anunciou que não pretende efetuar mais pagamentos do auxílio emergencial.

Sendo assim, essa foi considerada a última parcela do auxílio definitivamente.

A ideia agora é focar nos pagamentos do Auxílio Brasil. Portanto, se você pretender continuar recebendo um auxílio financeiro do governo, será necessário se cadastrar neste programa.

Para isso, basta se cadastrar no CadÚnico da sua cidade, comprovar a renda e os documentos.

Agora, os olhos se voltam para os pagamentos do retroativo do Auxílio Brasil. Esse é um dinheiro que, em tese, deveria ir para as pessoas que receberam a quantia do programa ainda no último mês de novembro de 2020.

O Governo Federal chegou a prometer em evento oficial que pagaria esse adicional. Mas agora o próprio Ministério da Cidadania afirma que não existe nenhuma lei que os obrigue a fazer isso. Então não se sabe se esse dinheiro vai sair mesmo.

Gostou do nosso artigo sobre o Auxílio Emergencial? Então compartilhe com os seus amigos e familiares!

Dúvidas? Deixe abaixo nos comentários!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo