Portal de Economia e Finanças

Blue Chips – Saiba tudo sobre esse tipo de investimento

0

Em todas as bolsas de valores, existem três tipos de ações que compõem a banca geral do mundo financeiro e entre eles está o Blue Chips.

Publicidade

Se você ainda não sabe o que é esse conceito ou para que ele serve, esse post é para você.

Publicidade

Falarei aqui tudo o que você precisa saber sobre o tema e claro, apontarei as vantagens e desvantagens de investir nesse tipo de empresa.

Boa leitura!

Blue Chips – O que são elas?

blue chips

O termo Blue Chips é utilizado para mencionar ações de grandes empresas, que já estão bem consolidadas no mercado e também na Bolsa de Valores.

Assim, você vai ver que elas são sempre utilizadas pelos investidores e está em quase todas as carteiras.

Publicidade

Isso acontece porque elas são consideradas ações mais seguras, pois são referências em suas áreas, além disso, elas:

  • Tem condições financeiras adequadas;
  • São mais estáveis que outras empresas;
  • Tendem a aguentar momentos de crise sem se abalar diretamente.

A partir dessas condições, elas tendem a pagar sempre bons valores aos seus acionistas, o que acaba atraindo sempre bons investidores.

Publicidade

Quais são as Blue Chips brasileiras?

Depois de você conhecer um pouco mais sobre os critérios da Blue Chips, agora você pode sabe quais são as empresas dentro da B3 que estão listadas em território brasileiro, são elas:

  • Petrobras (PETR4);
  • Vale (VALE3)
  • Ambev (ABEV3);
  • Itaú (ITUB4);
  • Banco do Brasil (BBAS3);
  • Bradesco (BBDC4).

Vale lembrar que a composição dessas estatais na bolsa de valores valoriza ainda mais o setor.

No ano de 2020, por exemplo, a Bolsa de Valores do Brasil registrou uma marca histórica de R$ 4 trilhões.

Entretanto, esse tipo de empresa, obviamente não tem apenas no território brasileiro.

Publicidade

Nos Estados Unidos, as principais Blue Chips negociadas são:

  • McDonald’s;
  • Coca-Cola;
  • Apple;
  • Amazon;
  • Facebook;
  • Google, etc.

Quais são as vantagens e desvantagens de investir em Blue Chips?

Quando você decide investir em ações, é natural pensar sempre nas empresas das quais existe algum conhecimento.

Normalmente, você só vai querer se associar a empresas que conhece, respeita e reconhece seus respectivos valores.

Assim, não é à toa que a maioria dos investidores, mesmo os mais experientes, possuem ações dentro de empresas Blue Chips em suas carteiras.

Entretanto, é fundamental entender que o fato de a empresa ser grande, significa que ela tem uma boa reputação.

Portanto, é fundamental analisar alguns aspectos como:

  • O histórico da empresa;
  • Entender o momento pelo qual a empresa está passando;
  • Quais são as perspectivas do futuro do mercado em que ela atua.

Abaixo falarei em detalhes para você quais são as vantagens e desvantagens de Blue Chips para que você possa entender ainda mais:

– Vantagens:

Por se tratarem de empresas que são sempre as principais do mercado é improvável que elas entrem em uma crise muito grande que pode comprometer os resultados.

Outra vantagem que está relacionada ao tamanho da empresa e a sua consistência é o fato de elas sempre pagarem bem os dividendos aos seus acionistas.

Ou seja, se você é um investidor de renda variável e pretende incluir na sua carteira ações que sejam menos voláteis, mas que tenha uma distribuição de dividendos interessantes, esse tipo de empresa é perfeito para você.

– Desvantagens:

Por se tratar de uma grande empresa e consolidada no mercado, as chances de essa empresa crescer de maneira exagerada é mínima.

Isso é esperado mais em empresas menores que compõem um mercado em expansão, já que elas podem ser valorizadas rapidamente.

Entretanto, se você analisar bem, de fato, ao longo do tempo, as Blue Chips costumam superar os investimentos de renda fixa.

Vale a pena você investir no Blue Chips?

Assim como todos os tipos de ativos na bolsa de valores, as blue chips tem as suas vantagens e desvantagens, como mencionei acima.

Portanto, o mais indicado é que você tente compor uma carteira de maneira diversificada, pensando sempre no seu perfil de investidor.

Claro, quanto menos aversão você tiver de risco, mais propenso você estará a compor os seus ativos de renda variável.

Mas, se você tem uma maior dificuldade de lidar com a volatilidade dos ativos, então as Blue Chips é a melhor solução.

Assim, se você é alguém que tem uma aversão menor de risco e a volatilidade não é um problema, você pode buscar por outras empresas.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.