Empréstimo da Caixa Econômica Federal: tudo o que você precisa saber antes de solicitar

Publicidade

A Caixa Econômica Federal possui uma boa variedade de opções de empréstimo para aqueles que estão precisando de crédito com o objetivo de pagar uma dívida, fazer um curso, abrir o próprio negócio, comprar um veículo ou imóvel, investir na empresa, dentre outras prioridades.

É sempre bom lembrar que o ideal é ter um planejamento financeiro bem estruturado, para não precisar pegar dinheiro emprestado a juros com os bancos. Mas, como muitos brasileiros acabam necessitando de uma ajuda extra para conseguir concretizar seus planos, as soluções financeiras da Caixa, um dos maiores bancos do país, podem ser interessantes.

Publicidade

Quer conhecer as opções de empréstimo da Caixa Econômica Federal? Saber o que você vai precisar para fazer a solicitação? Quanto vai pagar de juros? Então continue lendo este artigo, pois vamos tirar essas e outras dúvidas.

O que eu preciso saber antes de fazer um empréstimo?

Como sempre costumamos dizer aqui no Dinheiro Bem Cuidado, o mais recomendado é que a pessoa se planeje financeiramente para nunca precisar de um empréstimo. Isso porque, ao pegar dinheiro emprestado com uma instituição financeira, ela cobrará altos juros por isso, afinal, a maior parte do lucro dos bancos vem dessas operações.

Publicidade

Porém, a realidade é que muitos brasileiros acabam se complicando nas finanças e necessitando de uma ajuda financeira para pagar o que deve ou realizar algum objetivo pessoal ou profissional.

Sendo assim, antes de assinar o seu contrato de empréstimo, é preciso ficar de olho no Custo Efetivo Total, ou seja, o valor total que você pagará (já incluindo os juros, impostos e demais tarifas) ao final da operação. Toda instituição financeira é obrigada a informá-lo.

Publicidade

Ah, também é muito importante descobrir quais são as multas em caso de atraso no pagamento das parcelas e verificar se há a possibilidade de pagar um valor de entrada, para diminuir a quantia que será dividida em prestações e, assim, pagar menos juros.

Empréstimo da Caixa Econômica: quais são as opções?

  • Crédito Habitação e ConstruCard (para construir, reformar ou comprar um imóvel)
  • Crédito Rural e Crédito Para o Seu Negócio (para quem precisa investir no próprio negócio, seja para produtores rurais ou empreendedores tradicionais)
  • Crédito Viagem (para quem quer fazer a viagem dos sonhos)
  • Crédito Educação (para quem precisa de ajuda para pagar a graduação)
  • Crédito Consignado e Crédito Pessoal (se você precisa de dinheiro por qualquer outra razão)
  • Financiamento de Veículos
  • Penhor (tem a vantagem denão precisar de análise de crédito)

Crédito Pessoal: o que é?

O Crédito Pessoal é um dos tipos de empréstimo mais comuns fornecidos pelas instituições financeiras. Nele, a pessoa não precisa justificar para qual uso o dinheiro será destinado, ou seja, ela pode utilizar como quiser, como, por exemplo, pagar as dívidas do cartão de crédito.

Veja →   Pegar empréstimos para pagar contas é uma boa opção?

Outra vantagem é que a contratação deste tipo de operação é mais simples e rápida e as parcelas podem ser pagas de uma só vez ou em prestações mensais. Quanto menor o número de parcelas, menos juros para pagar e, consequentemente, menor o Custo Efetivo Total da operação, do qual falamos no primeiro tópico deste artigo.

Publicidade

No caso da Caixa, o parcelamento pode ser feito em até 60 meses, dependendo do relacionamento do cliente com o banco.

Quais são as opções de Crédito Pessoal da Caixa Econômica Federal?

1. Crédito Pessoal Mensal Pré-Fixado

Nesta modalidade, os juros são pré-fixados. Isso significa que no momento da contratação você já saberá qual será a taxa de juros do empréstimo e quanto pagará em cada parcela, evitando eventuais surpresas que teria se os juros sofressem variação durante a operação.

Atualmente, de acordo com o Banco Central, a taxa de juros para este tipo de empréstimo pré-fixado da Caixa é de 3,33% ao mês ou 48,11% ao ano.

O prazo para pagamento é de 1 a 48 meses.

2. Crédito Pessoal Mensal Pós-Fixado

Diferente da modalidade anterior, nesta o contratante não fixa os juros antes de fechar o empréstimo, ou seja, a taxa de juros do banco varia (diminuindo ou aumentando) durante a operação, e o cliente só saberá o valor das parcelas quando for pagá-las.

O prazo para pagamento é de 4 a 36 meses.

3. Crédito Salário Caixa Mensal Pré-Fixado

Esta opção é apenas para clientes que recebem o salário em conta de depósito ou benefício na Caixa. Como na primeira modalidade, os juros também são pré-fixados (não variam durante o empréstimo) e as parcelas são descontadas diretamente do salário do contratante.

Pelo fato de o banco ter essa garantia de pagamento, o cliente pode conseguir taxas de juros mais vantajosas.

O prazo para pagamento é de 1 a 48 meses.

4. Crédito Salário Caixa Mensal Pós-Fixado

Mesma definição da modalidade anterior, porém com juros pós-fixados, ou seja, variando para baixo ou para cima durante a operação.

O prazo para pagamento é de 4 a 36 meses.

Como solicitar um Crédito Pessoal na Caixa?

Para pedir o Crédito Pessoal, em primeiro lugar, é preciso ter uma conta corrente da Caixa (Conta Poupança não serve para empréstimos). Lembrando que para fazer uma conta corrente na instituição é preciso estar com o nome limpo.

Para quem já é correntista, pode fazer a solicitação pelo Internet Banking ou pelo caixa eletrônico, desde que já tenha um limite pré-aprovado com a Caixa.

Veja →   Simulação de empréstimo: saiba como garantir as melhores taxas de juros

Se você não tiver essa aprovação prévia, basta ir a uma agência do banco com RG, CPF, comprovante de residência e comprovante de renda e solicitar um dos modelos de Crédito Pessoal acima ao seu gerente. Será feita uma análise da documentação para aprovar o empréstimo e o limite disponível.

Caso você seja aprovado, o contrato poderá ser assinado e o dinheiro entrará automaticamente na sua conta, podendo ser usado a qualquer momento e para qualquer finalidade.

Estou negativado. Posso pedir empréstimo na Caixa?

No geral, as instituições financeiras – principalmente os grandes bancos como a Caixa Econômica Federal – dificultam o crédito para quem está com o nome sujo.

Porém, se você já tiver uma conta corrente no banco, pode ser que consiga solicitar alguns empréstimos com garantias, como o de Penhor e o Empréstimo Consignado.

Penhor

Nesta modalidade, você oferece um bem pessoal como garantia de pagamento. Sendo assim, não há análise de crédito.

Você leva o objeto para alguma agência da Caixa que tenha Penhor, junto com seu RG, CPF e comprovante de residência. Ele será avaliado na hora pelo funcionário, para saber qual será o valor disponível para a operação.

Depois disso, você escolhe o prazo do contrato e recebe o dinheiro na hora. Ao quitar o empréstimo, você pode pegar os seus bens de volta.

Confira o que você penhorar:

  • Joias
  • Canetas de valor
  • Relógios de valor
  • Diamantes
  • Pratarias de valor

Empréstimo Consignado

Este tipo de empréstimo só é possível para correntistas da Caixa que sejam aposentados, pensionistas ou servidores públicos e que recebam o salário pelo banco, já que ele será usado como garantia.

O valor das parcelas é descontado diretamente do salário do solicitante.

Para conhecer mais opções de empréstimos para negativados, leia este outro artigo.

Conclusão

Neste artigo você viu a importância de ficar de olho no Custo Efetivo Total do seu empréstimo, assim como no número de parcelas, preços das multas por inadimplência e na possibilidade de pagar um valor de entrada.

Também ficou sabendo das opções de crédito disponibilizados pela Caixa Econômica Federal, além de conhecer os principais detalhes sobre o Crédito Pessoal da Caixa, o tipo de empréstimo mais comum e que serve para qualquer finalidade.

Continue acompanhando os artigos do nosso site para aprender ainda mais sobre educação financeira.

Publicidade

=====

Por isso também na Escritura se contém:Eis que ponho em Sião a pedra principal da esquina, eleita e preciosa;e quem nela crer não será confundido.

1 Pedro 2:6

Deixe um comentário