Finanças no azul em 2021 – Descubra como para começar a investir

Se você deseja ter as suas finanças no azul em 2021 para poder começar a investir, esse post aqui foi feito para você.

Anúncios

Aqui irei dar os passos simples para começar e claro, iniciar os seus investimentos.

Boa leitura!

Anúncios

Finanças no azul em 2021 – Descubra como para começar a investir

– Avalie o quanto você ganha realmente:

Pode parecer loucura, mas muitas pessoas não sabem o quanto de salário recebe no mês com os descontos.

Anúncios

Quem tem carteira assinada foca muito no valor bruto, com a queda dos descontos, o valor, naturalmente, é menor.

Já com os autônomos a situação pode acabar ficando pior, já que a renda mensal pode variar e vir de diversas fontes.

Portanto, antes de começar a organizar as suas finanças, entenda exatamente qual é o valor que você recebe.

Anúncios
Anúncios

– Finanças no azul em 2021 – Conheça seus gastos mensais seja variáveis ou fixos:

Agora que você já sabe o quanto ganha, chegou o momento de entender quais são seus gastos variáveis e os fixos.

Para que você tenha as suas finanças no azul em 2021, é essencial que sua receita supere os seus gastos.

Assim, sempre considere como os gastos fixos aqueles não mudam durante os meses como:

  • Aluguel;
  • Mensalidade da escola;
  • Plano de saúde;
  • Plano de celular, etc.

Já os gastos variáveis são aqueles que mudam todos os meses e aqui é importante mencionar gastos como:

  • Lazer;
  • Restaurantes;
  • Itens de beleza;
  • Bares;
  • Gasolina.

Anote tudo.

– Faça um planejamento:

Depois de você avaliar as suas receitas e as suas despesas, é importante criar um orçamento para as suas contas.

RECOMENDADO PARA VOCÊ:

CONTA + CARTÃO DE CRÉDITO PAN
   

O ideal é que reserve um tempo para poder analisar onde estão os seus maiores gastos e veja quais são as categorias mais pesadas.

Se for possível, procure entender quais são as áreas possíveis do seu orçamento que podem ser cortadas e quantos você vai conseguir economizar.

– Finanças no azul em 2021 – Crie uma reserva de emergência:

É fundamental que você comece não vendo a reserva de emergência apenas como um dinheiro para ser utilizado na hora do desespero.

Na verdade, é ela pode ser mais uma maneira de você ter segurança caso o seu orçamento acabe saindo do controle em alguns meses.

Ou seja, ela vai te ajudar a fugir dos juros absurdos que podem surgir.

Para montar a reserva, a primeira coisa que precisa fazer é entender qual é a porcentagem da sua renda que vai conseguir poupar.

O ideal é ter, pelo menos, 15% do valor total da sua receita, mas se não for possível essa quantidade, guarde o quanto puder.

Tenha separado para reserva pelo menos, seis ou doze meses dos seus gastos fixos.

– Sempre que for possível, pague à vista:

Outra coisa que você precisa fazer para ter as suas finanças no azul em 2021 é evitar fazer parcelamento.

Essa pode ser a chave para que o seu orçamento se mantenha organizado.

Se você tem dinheiro, você compra e se não tem, pense bem antes de comprar, afinal de contas, estará comprometendo a sua renda nos próximos meses.

O cartão de crédito nessas horas pode ser um vilão quando o assunto for parcelamento e, portanto, você deve evitar ao máximo comprar com o cartão.

Afinal de contas, não podemos esquecer que os juros do cartão de crédito são os mais altos do mercado.

– Finanças no azul em 2021 – Defina as suas prioridades:

Depois de entender quanto de dinheiro entra na sua conta, você precisa começar a definir as suas prioridades e saber o que deve ser feito para alcançá-las.

Se você tem dividas, entenda quais são elas e o que deve fazer para poder pagá-las.

Se não tem dúvidas, mas a quantidade de dinheiro que sobra não é suficiente, entenda quais são os gastos que podem ser cortados.

Caso queira começar a investir, estude sobre o assunto e comece a conhecer quais são os seus objetivos.

– Trace metas que sejam alcançáveis:

Para seguir nessa etapa você precisa entender a diferença das metas e os seus desejos pessoais.

Por que?

Porque as vontades podem surgir de maneira repentina, como querer ficar rico, sem ter um objetivo com um prazo já definido.

Assim, uma meta precisa ser definida de uma maneira objetiva e que tenha prazo, tornando o desejo plausível.

Entretanto, tenha cuidado na hora de defini-las para não colocar a sua saúde financeira em risco e gerar mais frustrações.

Uma ótima tática é utilizar o método SMART que é:

  • S – Meta específica;
  • M – Mensurável;
  • A – Alcançáveis e realistas;
  • R – Relevante para os seus objetivos;
  • T – Atrelados a um prazo.

– Comece a investir:

Depois de você ter controle das suas finanças e do seu orçamento, está na hora de começar a investir o seu dinheiro.

Esse mundo dos investimentos não precisa ser complexo, portanto, comece esquecendo a ideia que só tem muito dinheiro pode investir.

Assim, o ideal é que você:

  • Determine a quantidade que deseja investir;
  • Tenha objetivos bem definidos para o dinheiro;
  • Conheça o seu perfil de investidor;
  • Escolha um investimento que tenha a ver com o seu perfil;
  • Conheça os tipos de investimentos.

Pronto, agora você está pronto para investir.

Anúncios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima