Imposto de Renda: restituição começa a cair na conta amanhã (31); veja se será beneficiado

ANÚNCIOS

A previsão é de que aproximadamente 4,1 milhões de indivíduos recebam a restituição do Imposto de Renda 2023 no primeiro lote.

 

A partir de amanhã (31), a Receita Federal iniciará os depósitos da restituição do Imposto de Renda 2023. O valor total do primeiro lote será de R$ 7,5 bilhões, o maior já registrado, e beneficiará cerca de 4,1 milhões de pessoas.

CONHEÇA MAIS BENEFÍCIOS:

DINHEIRO ESQUECIDO

Aqueles que enviaram sua declaração do Imposto de Renda 2023 antecipadamente, até o dia 10 de maio, terão prioridade no recebimento dos valores. Eles poderão optar pelo débito automático na primeira parcela ou na cota única. É importante destacar que o prazo final para o pagamento ao Fisco é amanhã, dia 31 de maio.

RECEBA NOSSOS CONTEÚDOS NO SEU E-MAIL:

É válido ressaltar que a restituição do Imposto de Renda é depositada diretamente na conta bancária indicada pelo contribuinte na declaração. Normalmente, no primeiro lote da restituição do Imposto de Renda, são contemplados os contribuintes com prioridade legal, que são:

  • idosos acima de 80 anos;
  • contribuintes entre 60 e 79 anos;
  • pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave;
  • e contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério.

Além disso, haverá duas novas categorias que não são contempladas por prioridade legal e também receberão a restituição antecipadamente: aqueles que escolheram a opção de declaração pré-preenchida e aqueles que optaram por receber a restituição através do sistema Pix.

A previsão é que cerca de 4,1 milhões de indivíduos sejam beneficiados com a restituição do Imposto de Renda 2023 no primeiro lote. Essas pessoas são:

  • 246.013 idosos acima de 80 anos;
  • 2.464.031 contribuintes entre 60 e 79 anos;
  • 163.859 pessoas com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave;
  • 1.052.002 profissionais cuja maior fonte de renda seja o magistério e;
  • 204.020 pessoas sem prioridade legal, que usaram a declaração pré-preenchida ou irão receber a restituição via Pix.

Consulta da Restituição do IR 2023

Para averiguar se a sua restituição do IR 2023 já está liberada ou quando a mesma vai estar disponível, é possível acessar o site oficial, por meio do portal e-CAC. Para isso, o contribuinte precisa:

  • Acessar o Portal e-CAC;
  • Clicar em “Entrar com gov.br”;
  • Na página seguinte, informe o CPF e “Continuar”;
  • Depois, digite a senha e “Entrar”;
  • Na aba de “Serviços em destaque”, escolha a opção “Meu Imposto de Renda (Extrato da Dirpf)”.

Calendário da restituição do Imposto de Renda 2023

Se quer se planejar financeiramente e garantir que as suas informações, sem exceção, estejam em dia, é necessário conferir o calendário de restituições do IRPF e saber qual vai ser o seu lote entre os cinco. Confira o calendário abaixo:

  • 1º lote da restituição – dia 31 de maio
  • 2º lote – 30 de junho
  • 3º lote – 31 de julho
  • 4º lote – 31 de agosto
  • 5º lote – 29 de setembro

Ainda que a restituição não esteja programada para o próximo dia 31 de maio, é importante que os contribuintes realizem a consulta do Imposto de Renda 2023 para verificar se a declaração foi devidamente preenchida. Dessa maneira, é possível evitar qualquer pendência ou possíveis problemas com a malha fina.

Se a Receita Federal identificar alguma pendência na declaração do Imposto de Renda 2023, o contribuinte ainda terá a oportunidade de retificar o documento e corrigir qualquer informação incorreta. Do ponto de vista econômico, acompanhar os pagamentos do Imposto de Renda é uma maneira saudável de estar ciente do seu patrimônio e saber quanto está disponível para gastar.