Saiba quando a transferência via PIX do auxílio vai ser liberada

A transferência via PIX do auxílio emergencial ainda não foi liberada. João Manoel Pinho, responsável por transações financeiras do Banco Central, já disse que está aguardando o posicionamento da Caixa a respeito do assunto. 

Anúncios

O tema foi tratado em uma live que ocorreu dia 12 de abril, organizada por uma empresa especializada em políticas públicas. No evento virtual, foi dito que autoridades do Banco Central podem atuar na liberação do PIX, caso a mesma não seja atualizada. 

As transferências via PIX revolucionaram o sistema financeiro. Isso porque é possível receber o dinheiro na hora, sem as complicações de transferências tradicionais. Por isso, fazer transferência via PIX do auxílio seria uma ferramenta interessante para os usuários. 

Anúncios

Regulamentação da transferência via PIX do auxílio emergencial 

De acordo com o regulamento de pagamentos existente atualmente, todas as instituições financeiras com mais de 500 mil contas ativas precisam implantar a ferramenta PIX. 

Anúncios

Segundo o diretor do Banco Central, existe a possibilidade de intervir no caso. O que ocorre, se necessário, é uma fiscalização para verificar detalhes das contas da Caixa

Caso a Caixa já tenha atingido as 500 mil contas ativas, ela precisa oferecer a transferência via PIX do auxílio emergencial. 

Previsão de liberação de transferência via PIX do auxílio

A estimativa para a transferência via PIX do auxílio é de que seja iniciada no mês de maio deste ano. Desta forma, o usuário poderá cadastrar a chave de sua preferência e fazer transferências com muito mais rapidez. 

Anúncios
Anúncios

Atualmente, o aplicativo Caixa Tem conta somente com a possibilidade de transferência tradicional, sendo que o valor máximo em cada transação é de 600 reais. 

O calendário de depósito do auxílio emergencial começou no dia 6 de abril e muitos cidadãos já tiveram acesso ao benefício. O pagamento do auxílio é feito de acordo com a data de nascimento de cada um dos solicitantes. 

Atualmente, já podem receber a primeira parcela os nascidos em janeiro, fevereiro, março e abril. Os próximos meses serão liberados nos próximos dias, no prazo máximo de 30 de abril.  

Entenda o PIX com detalhes 

A transferência via PIX surgiu como uma ferramenta paralela ao TED e DOC. Criada pelo Banco Central, sua proposta foi proporcionar aos usuários que as transferências ocorressem em menos de 20 segundos e que pudesse ser feita diretamente pelo celular. 

No caso, o PIX funciona por meio de chaves. Desta forma, é necessário que o usuário acesse o aplicativo da instituição financeira do qual faz uso e clique em “cadastrar chave PIX”. 

É possível cadastrar o CPF, o número de telefone e o e-mail. Existe ainda a possibilidade de cadastrar uma chave chamada de “aleatória”, caso o cliente não queira passar nenhum dos seus dados. 

RECOMENDADO PARA VOCÊ:

CONTA + CARTÃO DE CRÉDITO PAN
   

Por isso, na hora de fazer uma transferência, é só inserir a chave com os dados do destinatário. No ato da transferência, vai aparecer o nome da pessoa que deseja enviar o Pix, para que ocorra a confirmação dos dados.

Anúncios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima