Veja em quais situações você pode sacar o FGTS

Nos últimos anos, o governo federal tem permitido saques de valores que podem ser sacados em determinadas circunstâncias.

Anúncios

Os trabalhadores com carteira assinada terão direito ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço). Sua empresa é obrigada a depositar 8% do salário dos funcionários em contas vinculadas no fundo a cada mês. O FGTS funciona como uma poupança que pode ser utilizada para emergências ou necessidades específicas dos trabalhadores.

Nos últimos anos, o governo federal tem permitido saques de valores que podem ser sacados em determinadas circunstâncias. O executivo fez este anúncio para estimular a economia. Por exemplo, saques especiais de até 1.000 reais foram liberados este ano.

Outra forma dos trabalhadores sacarem os recursos do FGTS é por meio de saques de aniversário, método criado em 2019 que permite que uma parcela do valor da conta do fundo garantidor seja sacada a cada ano com base no mês de nascimento. No entanto, no caso de insistir nos saques de aniversário, o empregado perderá o direito de retirar o saldo total de sua conta do FGTS se for dispensado sem justa causa.

Mas as regras normais do FGTS são que os fundos devem permanecer em contas vinculadas e só podem ser resgatados em determinadas circunstâncias.

________________
________________

 

Veja em quais situações você pode sacar o FGTS

  • o empregador despedido sem justa causa;
  • Rescindir o contrato dentro de um prazo determinado;
  • Rescisão por falência, falecimento do empregador individual, empregador doméstico ou nulidade do contrato;
  • O contrato é rescindido por culpa recíproca ou força maior;
  • se aposentar;
  • Necessidades pessoais, urgentes e graves, desastres naturais causados ​​por águas pluviais ou inundações que atinjam áreas residenciais de trabalhadores, quando o estado de emergência ou calamidade pública for reconhecido por meio de regulamentação federal;
  • Suspensão do trabalho temporário;
  • morte de trabalhadores;
  • Quando o titular da conta vinculada atingir 70 anos;
  • Quando o trabalhador ou seu familiar for soropositivo;
  • Quando um trabalhador ou familiar tem câncer;
  • Quando os trabalhadores ou seus familiares estão nos estágios finais de uma doença grave;
  • Os trabalhadores titulares de contas vinculadas estavam afastados por três anos consecutivos fora do sistema do FGTS, a partir de 14 de julho de 1990;
  • Comprar casa, liquidar ou amortizar dívidas ou pagar parte de uma prestação de financiamento habitacional.

 

Como consultar o saldo?

Para o trabalhador consultar o saldo, ele deve se dirigir diretamente à agência da Caixa Econômica Federal localizada no balcão de atendimento. Você também pode acessar o site da Caixa ou o aplicativo do FGTS.

No site da Caixa

Você precisará informar o número do NIS (PIS/Pasep), que pode ser encontrado na carteira de trabalho ou em um trecho antigo que possui, e utilizar sua própria senha cadastrada. Você pode usar o código do cidadão, se preferir. Esta página oferece a opção de recuperar sua senha, mas você deve notificar o NIS.

Por aplicativo

Para consultar, é necessário baixar o aplicativo (para Android ou iOS).

 

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo