C6 Carbon: conheça as vantagens e como conseguir anuidade grátis

Publicidade

Se você é daqueles que gostam de acumular milhas para poder viajar, o cartão de crédito C6 Carbon pode lhe interessar bastante.

Comparado aos outros modelos oferecidos pelo banco digital C6 Bank, este é o que traz mais vantagens e, apesar do nome, trata-se de um Mastercard Black, com todos os benefícios da bandeira.

Publicidade

Um ponto bem positivo é que, dependendo do seu relacionamento com o banco ou dos seus gastos mensais, a anuidade pode até mesmo sair de graça.

O que você procura?

CARTÃO DE CRÉDITO
 
APROVAÇÃO NO CARTÃO
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
       

Mas será que vale a pena solicitar um C6 Carbon? Quais são as vantagens deste cartão? É o que falaremos neste artigo. Confira!

Publicidade

O C6 Bank é confiável?

c6 carbon
Conheça o cartão de crédito C6 Carbon!

Sim. O C6 Bank é uma fintech fundada no ano de 2018 e que obteve licença junto ao Banco Central do Brasil no início de 2019, sendo também protegido pelo Fundo Garantidor de Créditos (FGC).

Publicidade
Then please attach the following html code to the place in the page where you want our player to be shown:

Apesar de recente, a instituição já possui mais de 2 milhões de clientes no Brasil e hoje é um dos principais bancos digitais do país, concorrendo com Nubank e Inter.

Além da conta digital gratuita, o C6 Bank também oferece cartões de crédito, opções de investimentos, máquina de cartão, conta global e conta MEI.

A avaliação do banco no site do ReclameAqui é ótima, com nota 8.1 e tendo respondido quase 100% das reclamações dos clientes.

C6 Carbon: o que é?

O C6 Carbon é o cartão de alta renda do banco C6, associado à conta digital gratuita da fintech. Apesar deste nome diferente, trata-se de um cartão de crédito com bandeira Mastercard Black, contando com todos os seus benefícios, além de trazer a possibilidade de personalização com 6 cores diferentes.

Veja também:

CARTÃO DE CRÉDITO
 
APROVAÇÃO NO CARTÃO
 
CARTÃO PARA NEGATIVADO
       

Vantagens do C6 Carbon

  • 2,5 pontos a cada dólar gasto na função crédito
  • Os pontos não expiram
  • Programa Átomos
  • Isenção de mensalidade nos 3 primeiros meses
  • RappiPrime grátis por 12 meses
  • Pagamento por aproximação
  • C6 Taggy: adesivo para passar direto nos pedágios, sem cobrança de tarifas. Desconta apenas o valor do pedágio do saldo da conta digital.
  • Possibilidade de ter isenção de anuidade ou até 50% de desconto, dependendo dos gastos mensais do cliente
  • É possível gerar um cartão virtual para compras online
  • O cliente pode escolher o nome impresso e a cor do cartão (rosa, vermelho, azul, prata, champagne ou carbon)
  • Benefícios da bandeira Mastercard Black
    • Acesso ilimitado à sala VIP Mastercard Black em Guarulhos
    • Até 4 acessos grátis por ano a salas VIPs LoungeKey
    • Mastercard Airport Experiences: ofertas em restaurantes, spas e lojas dentro dos aeroportos
    • Proteção de bagagem
    • Cobertura para viagens inesperadamente canceladas ou atrasadas
    • Proteção de Preços
    • Proteção de Compras
    • Garantia Estendida de 1 ano para alguns produtos adquiridos com o cartão
    • Seguro para carros alugados com o cartão
    • Priceless Cities
    • Concierge
    • Serviço de assistência médica em viagens
    • Proteção contra roubo em caixas eletrônicos
    • Redes de Wi-Fi grátis espalhadas pelo mundo

Como funciona o Programa Átomos?

O Átomos é o programa de recompensas do C6 Bank. A grande vantagem dele em relação a outros bancos é que os pontos do Átomos não expiram.

Você pode trocá-los por produtos, serviços e passagens aéreas no próprio app da fintech ou transferi-los para outros programas, como o TudoAzul, LATAM Pass, Smiles e TAP Miles&GO.

Lembrando que o cartão de crédito C6 Carbon acumula 2,5 pontos por cada dólar gasto, o que é uma excelente pontuação.

A anuidade do C6 Carbon é gratuita?

Não. Pela quantidade de benefícios que esses cartões entregam, é muito difícil encontrar um Mastercard Black totalmente livre de anuidade. No caso do C6 Bank, o valor anual é de R$ 1020, ou 12 parcelas de R$ 85, sendo que as três primeiras mensalidades são gratuitas.

Porém, é possível conseguir isenção desse valor, caso o cliente tenha pelo menos R$ 150.000 investidos em CDBs do C6 Bank ou gaste no mínimo R$ 8.000 por mês com o cartão.

Caso o gasto mensal seja de no mínimo R$ 4.000, o usuário recebe um desconto de 50% na mensalidade, pagando, portanto, R$ 42,50.

Como solicitar o cartão?

Em primeiro lugar, a pessoa precisa ter uma conta digital gratuita do C6 Bank, já que o C6 Carbon é associado a ela. O processo de abertura é feito pelo aplicativo da fintech, de forma bem simples, totalmente digital e sem custos.

No entanto, nem todos os clientes têm acesso ao cartão Carbon. Você pode conferir se ele está disponível para você acessando o app do C6 Bank e indo até “Cartão” – “Configurações do cartão” – “Alterar tipo”. Se o cartão aparecer para você, basta selecioná-lo e seguir os passos para pedi-lo.

Caso não apareça, a sugestão do banco é para que o correntista use mais vezes a conta digital, faça investimentos pelo aplicativo e a portabilidade de salário para o C6 Bank. Assim, será possível receber futuramente a opção de upgrade do cartão de crédito

Vale a pena?

Para quem tem um bom salário, costuma gastar mais de R$ 4.000 por mês e viajar com frequência, o C6 Carbon pode ser uma ótima opção. Apesar de a anuidade ser salgada (R$ 1.020), ela ainda fica abaixo de outros cartões de alta renda, como o LATAM Pass Black, acumulando ótimos 2,5 pontos por dólar gasto, que não expiram.

Além disso, gastando R$ 4.000 por mês, o correntista ganha 50% de desconto na mensalidade, podendo alcançar até 100%, caso consuma R$ 8.000 mensais. Mais uma vez comparando com o LATAM Pass Black, essa isenção só é possível quando o cliente tem um gasto de R$20.000 por fatura.

Se pegarmos outro exemplo, o Cartão Black do Banco Inter tem anuidade grátis, mas não acumula pontos e exige que o correntista tenha pelo menos R$ 250.000 investidos para conseguir a isenção, contra R$150.000 do C6 Carbon.

Deixe um comentário