Especulação financeira – Descubra tudo o que você precisa saber

A especulação financeira é um dos temas mais interessantes dentro do mercado financeiro.

Anúncios

Aqui falarei um pouco sobre esse tema, mencionando o que quer dizer, seus tipos e claro, seus possíveis riscos.

Vamos iniciar então? Boa leitura!

Anúncios

O que é especulação financeira?

A especulação financeira é um processo ou ato de negociar um ativo com o foco em lucrar com a variação a curto prazo dos preços.

Anúncios

É muito comum ouvir que a especulação financeira é um tipo de aposta baseada em estimativas sobre o movimento que o mercado daria futuramente.

Portanto, essa é uma maneira de movimentar o mercado através de suposições do que pode acontecer com o valor dos ativos.

Quais são as principais características da especulação financeira?

– Resultado de curto prazo:

A especulação financeira, trabalha, normalmente, com operações rápidas, que podem durar alguns minutos ou mesmo horas.

Anúncios
Anúncios

Assim, um especulador do mercado financeiro consegue ver os resultados em pouco tempo.

– Risco financeiro:

É fundamental saber lidar com os altos riscos que a especulação financeira tem.

Como a base da especulação financeira é uma estimativa, você corre o risco de o cenário que esperou que acontecesse, de fato, não acontecer.

– Opera os momentos mais controversos:

Não podemos esquecer que o mercado da renda variável é marcado pela volatilidade do valor dos ativos.

Assim, nas situações em que o mercado apresenta essa alta volatilidade, você pode aproveitar as oportunidades tanto de valorização quanto de desvalorização dos ativos.

 

RECOMENDADO PARA VOCÊ:

CONTA + CARTÃO DE CRÉDITO PAN
   

Antes de passarmos para o próximo tópico, darei um adendo importante aqui.

Esse setor do mercado financeiro não é para qualquer investidor, você precisa conhecer o seu perfil e saber se está disposto a lidar com esses riscos em busca de uma rentabilidade maior do que se espera.

Quais são os tipos de especulação financeira no mercado?

Agora que você sabe  que é a especulação financeira e quais são as suas características, veja quais os tipos que existem:

– Day Trade:

Uma especulação financeira de Day Trade acontece em um curtíssimo prazo, pois ele acontece no mesmo pregão.

Ou seja, tanto as transações de compra quanto de venda são sempre encerradas no mesmo dia em que foram iniciadas.

Ao optar por esse tipo de atuação você não vai correr o risco de uma desvalorização dos ativos de um dia para o outro, já que a negociação acontece durante alguns minutos ou horas.

Isso quer dizer que não existe riscos? Claro que não.

– Swing Trade:

O Swing Trade acaba durando mais tempo do que o Day Trade, já que você consegue manter a posição no ativo em alguns dias ou por algumas semanas.

Os riscos aqui podem ser suavizados com o desenvolvimento de estratégias, como a diversificação dos ativos ou tipos de hedge.

– Robôs traders:

Nos dias de hoje você consegue encontrar alguns softwares que acompanham o mercado e executam as operações de acordo com os dados que foram desenvolvidos.

Ou seja, você consegue programar esses robôs para que eles identifiquem as melhores oportunidades no mercado financeiro para você.

Entretanto, não posso deixar passar de dizer que atuar com robôs nem sempre é eficiente e costumam ser bem complicados de usar, já que é preciso da ajuda de um programador.

A atuação de um especulador na Bolsa de Valores

O ambiente perfeito para um especulador é a Bolsa de Valores.

Dentro desse ambiente, é possível especular a variação dos vários ativos disponíveis para serem negociados como as ações de uma empresa.

A ideia aqui é vigiar o mercado esperando as melhores oportunidades que possam ser interessantes e assim, gerar bons resultados.

Portanto, conhecer a dinâmica do mercado e saber como operar na Bolsa de Valores, é essencial.

Os riscos da especulação financeira

Mesmo que essa seja uma atividade atraente, que pode gerar ótimos resultados em um curto prazo, a especulação financeira é cercada por riscos.

Isso acontece, como mencionamos, isso pode acontecer porque o mercado está sendo baseado em estimativas, que podem ou não se concretizar.

Existiram muitos casos de especulação financeira que fez com que as pessoas perderam dinheiro, como por exemplo, a quebra da Bolsa de Valores de Nova York.

Ou seja, ao especular, você pode ter ótimos rendimentos, entretanto, corre sérios riscos de sair no prejuízo.

Então você não deve fazer a especulação financeira? Claro que não.

A ideia aqui é que você saiba que a especulação financeira pode dar ganhos altos em um curto espaço de tempo.

Entretanto, não é tão simples e nesse caso, você precisa desenvolver as suas estratégias e entender o quanto deseja se expor no mercado.

Vale lembrar que nos dias de hoje você consegue desenvolver mecanismos para suavizar esses riscos e então aumentar as chances de sucesso nas suas operações.

Volto a dizer aqui que o melhor conhecimento sobre o mercado ainda é a melhor estratégia para você, assim, foque no investimento, no mercado financeiro e as melhores estratégias.

Anúncios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima