Portal de Economia e Finanças

Guardar dinheiro – Saiba quais são os primeiros passos

1

Gosto de pensar que dentro das finanças pessoais, propriamente guardar dinheiro, se é exigido mais da “psicologia” e “comportamento” da coisa do que propriamente “finanças”.

Publicidade

Portanto, aqui nesse post, falarei para você os primeiros passos para começar a guardar dinheiro, de maneira consistente e claro, de maneira sustentável.

Publicidade

Parte de guardar dinheiro é necessário matemática

Para você poder guardar dinheiro, antes de mais nada você precisa TER dinheiro e para você conseguir ter dinheiro, você vai precisar GANHAR esse dinheiro.

É tão óbvio que chega a ser uma conclusão boba né?

Entretanto, nem sempre as coisas que são tão óbvias acabam sendo óbvias para todo mundo, seja o conceito ou a execução em si.

Vou separar à nossa maneira de guardar dinheiro em duas fases, nesse primeiro post falarei sobre a fase de preparação e em um segundo post falarei sobre a fase de alocação.

  • Preparação – Fazer alguma coisa para sobrar dinheiro;
  • Alocação – O que você deve fazer com dinheiro.

Porque decidi dividir esse post? Porque ficará mais simples de você dividir o seu momento de guardar dinheiro, você pode estar na primeira fase ainda ou já está na segunda fase, o que vai facilitar na hora de se encontrar.

Publicidade

– Fase de preparação para guardar dinheiro

Nesta primeira fase, teremos os passos que estão ligados a comportamentos para poder organizar as suas finanças e fazer com que, finalmente, comece a guardar dinheiro.

#1 – Conheça quais são as suas fontes de renda para guardar dinheiro:

Vamos relembrar o que eu disse inicialmente aqui nesse post: “Para poder guardar dinheiro você vai precisar ganhar dinheiro”.

Portanto, se você não tiver uma fonte de renda, nada vai funcionar para você.

Existe duas maneiras de você ter fontes de receita:

  • A receita que vem do seu trabalho, como os salários;
  • Receitas que vem do patrimônio, como alugueis, investimentos, etc.

Falando da receita do trabalho, você precisa o valor liquido mensal que está recebendo, já com todos os descontos.

Será esse valor mensal, a média dele que vai te ajudar a definir melhor qual é a sua capacidade de guardar dinheiro.

#2 – Crie os seus objetivos:

Esse é um daqueles passos comportamentais e que é fundamental para fazer a fase de guardar dinheiro dar certo.

Guardar dinheiro significa fazer um sacrifício no curto prazo pensando no futuro e é justamente aqui que vai começar o problema.

Se você já tentou fazer uma dieta, por exemplo, e não conseguiu chegar ao final, não se sinta mal, porque você não está sozinho, muita gente já fez e não conseguiu manter.

Mas, porque as dietas dão tão errado? Isso acontece porque as dietas emitem um conflito de desejos de curto prazo e o longo prazo.

Você quer poder comer salgado no almoço ou no intervalo do seu serviço, mas você quer também está com a barriga chapada no verão.

Está claro para mim e para você também que isso não vai acontecer.

E que fique claro, no mundo das finanças isso também não vai acontecer. Não vai ter como você querer gastar dinheiro agora e ter dinheiro guardado no futuro.

Como lidar com esse tipo de situação?

A única maneira de lidar com isso é definindo objetivos que sejam motivadores e fortes que te permite lutar pelo que deseja.

Portanto, se lembre que precisa ser AQUELE objetivo, que faça o seu cérebro pensar “SIM, eu vou fazer por esse objetivo”.

Não interessa muito qual vai ser o objetivo, mas sim que seja algo que realmente te dê coragem de lugar contra possíveis instintos de fugir.

#3 – Faça o seu planejamento financeiro:

Pronto. Vamos começar a passar um pente fino nas suas contas.

Faça o seu planejamento financeiro de maneira minuciosa, analisando as suas despesas dos últimos meses e claro, procurando as melhores oportunidades para poupar dinheiro.

É interessante que não causem um grande impacto negativo dentro da sua qualidade de vida.

Todo mundo tem algum gasto que é desnecessário ou algum item de desperdício.

Nesse caso, os gastos supérfluos podem acabar sendo diminuídos ou mesmo substituídos e, claro, precisam ser eliminados.

Se você está pagando por serviços que não usa, então você pode começar a cortar.

Você está pagando a academia e não vai? Então corte. Você está pagando muito a TV por assinatura? Corta.

Quando você decide cortas esses gastos, você consegue fazer sobrar dinheiro sem causar nenhum impacto na sua qualidade de vida, afinal de contas, se você não usa não faz diferença.

#4 – Tenha um orçamento definido:

Se você chegou até nesse passo, já deve ter entendido um pouco mais sobre as suas receitas e despesas.

Ou seja, você já sabe o que pode mudar ou mesmo espremer para começar a fazer dinheiro sobrar.

Agora você precisa fazer uma projeção das suas receitas e despesas, considerando a quantidade de dinheiro que você for guardar por mês.

Defina quanto de dinheiro irá guardar e adeque o seu estilo de vida para que finalmente você consiga ter uma sobra mensal.

#5 – Tenha um plano para aumentar as suas receitas:

O caminho mais óbvio de você conseguir organizar as suas contas , pensando no curto prazo, é reduzindo as suas contas e cortar despesas.

Mas, é interessante que, no longo prazo você adote algumas medidas para poder aumentar as suas receitas, seja aumentando a sua renda profissional ou a sua renda passiva.

Aumentando a receita você vai conseguir ir, aos poucos, aliviando o seu estilo de vida, onde você vai poder gastar um pouco mais, porém, sem comprometer o seu equilíbrio financeiro.

#6 – Adeque o seu consumo:

Depois de muito planejamento, chegou o momento de você colocar a mão na massa.

O orçamento não é um tipo de documento que você vai deixar guardado na sua gaveta e ficar admirando, você precisa executar.

Se todos os passos anteriores foram feitos corretamente, com informações consistentes, então guardar dinheiro será uma consequência muito simples.

1 comentário
  1. Marcio Roberto Diz

    Gostei das postagens e salvei teu site aqui nos Favoritos!
    Quero te dar uma Sugestão de melhoria… Dar uma
    pesquisada no google sobre a plataforma do
    ‘TrafegoParaSite com br’ e utilize-a para divulgar GRÁTIS os
    links do seu site/blog. Com certeza poderá conseguir
    centenas de novos visitantes reais! E se eu puder te ajudar
    de alguma outra forma adicional, entra em contato comigo
    pelo email.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.