Imposto de renda: o que precisa saber sobre o pagamento do 4º lote

No site da própria Receita Federal, é possível fazer uma consulta da restituição.

O prazo para declaração do imposto de renda em 2023 acabou no último dia 31 de maio. Desde então, a Receita Federal iniciou o pagamento da tão esperada restituição para quem tem direito.

Atualmente, já foram pagos três lotes da restituição do imposto de renda aos contribuintes. Isso porque, como são muitas pessoas, a Receita Federal divide o pagamento em lotes, para não ter que liberar tudo de uma vez.

Então, quem faz a declaração mais cedo, vai naturalmente receber mais cedo, além dos idosos e pessoas com problemas graves de saúde. O último lote pago foi no dia 31 de julho.

Como saber se vou receber o 4º lote

Agora, quem ainda não recebeu, poderá ter mais dois lotes para receber. E o quarto lote tem o pagamento previsto para o próximo dia 31 de agosto.

No entanto, o contribuinte já pode consultar a partir do dia 24, quando saberá se o dinheiro vai ser ou não creditado em sua conta. No total, são cinco lotes de pagamento do imposto de renda.

Atualmente, muita gente ainda aguarda por esse recebimento. Além disso, no site da própria Receita Federal, é possível fazer uma consulta. Neste caso, digite o CPF (Cadastro de Pessoa Física) no campo selecionado e acompanhe.

Se aparecer algo escrito dizendo que sua declaração de imposto de renda está na fila de restituição aguardando a liberação, em processamento, é porque está tudo certo e vai receber no quarto ou no quinto lote.

No entanto, se apenas aparecer em fila de restituição, deve também consultar o site do e-CAC, com uma senha específica. Isso porque, nesta aba, será possível verificar se o seu imposto de renda caiu na malha fina por alguma razão.

Caso isso aconteça, também não há motivo para desespero. Basta fazer uma declaração retificadora do imposto de renda, com os dados que estavam errados, mas agora corrigidos.

Desta maneira, poderá receber no quinto lote ou até mesmo no lote residual, no início do outro ano. De todo o modo, quem entregou a declaração no início, terá mais tempo para corrigir em caso de uma informação errada e inconsistente.

Além disso, também vale lembrar que só vai receber a restituição de imposto de renda aquele cidadão que não precisou pagar imposto. E esse dinheiro da restituição costuma ser muito importante para complementar a renda em um determinado período do ano, garantindo um dinheiro extra para pagar contas ou até mesmo para aplicar aquele valor.

Saiba também: Compra na internet sem imposto. Veja como se beneficiar. 

Keila Andrade

Jornalista especializada em textos em SEO.