Impostos para os ricos – Estados Unidos prepara pacotão de altas

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, vai anunciar o aumento dos impostos para os ricos.

Anúncios

A ideia é conseguir dobrar as alíquotas sobre os ganhos de capital para os americanos que ganham mais de US$ 1 milhão por ano.

O objetivo é conseguir ampliar a arrecadação e assim, financiar um aumento nos investimentos em educação e também assistência à infância.

Anúncios

O pacote econômico é avaliado em mais de US$ 2 trilhão, poderá ser anunciado já na semana que vem, segundo o apontamento dos principais jornais americanos.

Anúncios

É justamente o dia em que Biden irá fazer o primeiro discurso em uma sessão conjunta do Congresso desde que se tornou presidente dos Estados Unidos.

Impostos pra os mais ricos ajudarão a reverter cortes de 2017

A ideia do aumento dos impostos para os mais ricos tem como foco reverter parte dos cortes que foram aprovados em 2017 por Donald Trump, então presidente americano.

Joe Biden, inclusive, está colocando em ação a proposta da campanha, voltadas para as pessoas que ganham mais de USS$ 400 mil por ano.

Anúncios
Anúncios

Entre as propostas mencionadas estão um aumento da alíquota maior do imposto de renda, de 37% para agora 39,6% e a aplicação de taxas normais sobre os ganhos de capital e pagamentos de dividendos para os americanos que ganham mais de US$ 1 milhão por ano.

Nesse caso, isso irá elevar os impostos sobre os ganhos de capital para 43,4% para americanos mais ricos.

Obviamente que a notícia das propostas provocou uma queda significativa nos mercados de ações ontem, onde o índice S&P 500 que operava estável, caiu para 1%.

Investidores devem tentar fugir do mercado financeiro antes da implementação das novas regras

Analistas acreditam que os mercados devem continuar caindo se as mudanças das tributações, que só devem ser implantadas o ano que vem, sejam aprovadas pelo Congresso.

Isso deve acontecer porque os investidores irão tentar garantir o máximo de ganhos possíveis antes de começar as altas dos impostos.

Assim, se espera que ocorra mais vendas de ações no fim do ano, com as pessoas tentando se antecipar a situação atual.

RECOMENDADO PARA VOCÊ:

CONTA + CARTÃO DE CRÉDITO PAN
   

Joe Biden quer utilizar impostos para os ricos para o Plano das Famílias Americanas

O presidente dos Estados Unidos deseja utilizar as arrecadações com o aumento dos impostos para bancar o que a Casa Branca deseja chamar de Plano das Famílias Americanas, dando um apoio mais generoso à assistência infantil até o ano de 2025.

Além disso, a ideia é fornecer recursos extras para a educação universal pré-escolar e com dificuldades comunitárias.

A ideia é a terceira que irá mover um grande pacote econômico proposto por Biden desde que ele assumiu a pouco mais de três meses.

No mês de março ele promulgou um plano de estimo fiscal que chegou a US$ 1,9 trilhão.

Agora ele deseja aprovar um projeto de lei de infraestrutura de US$ 2 trilhões que ainda enfrenta um destino incerto no Congresso.

Mesmo que o presidente americano diga que os gastos extras com as crianças e famílias são necessários para ajudar o fortalecimento da classe média americana, a proposta deve abrir uma nova frente no conflito do governo com Wall Street.

É comum ver empresas americanas reclamando do aumento proposto, para financiar, por exemplo, o plano de infraestrutura.

A expectativa era de que o Plano das Famílias Americana seria agrupado ao mesmo pacote da infraestrutura, entretanto, a Casa Branca mudou de ideia.

A mudança de planos aconteceu, pois acredita-se que isso facilitaria a aprovação num Congresso que está bastante dividido.

Anúncios

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para cima