MEI: boletos com valor atualizado já valem a partir de fevereiro; confira

Os boletos com os novos valores da contribuição do MEI (Microempreendedor Individual) já começam a valer a partir do dia 20 de fevereiro, quando há a atualização devido ao novo salário mínimo.

Afinal de contas, o salário passou de R$ 1.212 para R$ 1.302 e essa é a referência para a contribuição do MEI, que paga 5% deste valor. Neste caso, o MEI vai pagar R$ 65,10 a partir desta nova data.

Inicialmente, o valor seria de R$ 66, pois havia a previsão do salário mínimo em R$ 1.320. Contudo, como não houve esse outro aumento, o MEI vai mesmo pagar R$ 65,10.

As exceções são para os caminhoneiros MEI, onde eles precisam pagar 12% do salário mínimo vigente.

MEI têm duas formas de pagar o valor

Agora, para quem é MEI, existem duas maneiras de pagar a contribuição mensal: ou imprimindo o boleto na internet, ou pagando o valor com débito automático na conta corrente.

Neste segundo caso, a vantagem é que não precisa ficar se preocupando em esquecer a data do pagamento. No entanto, o mais importante mesmo é não deixar de pagar.

Afinal de contas, a contribuição paga pelo MEI vai para o INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social). Assim, esse valor é importante para contar tempo de contribuição.

Outra questão importante é que o MEI não deve deixar de pagar para continuar emitindo nota fiscal de serviços. Caso ele deixe de contribuir por três meses, o sistema vai bloquear a emissão.

Valores embutidos

Além dos R$ 65,10 que o MEI vai pagar a partir de 20 de fevereiro, também há R$ 1 para o ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) e outros R$ 5 que vão para o ISS (Imposto sobre Serviços), voltado para o município onde é contribuinte.

Por fim, o MEI passa a ter todos os direitos e garantias de um trabalhador autônomo que contribui com o INSS. Assim, se precisar se afastar por problema de saúde, poderá receber um auxílio mensal até conseguir retomar o serviço.

Para abrir uma conta de MEI, é necessário também entrar no Portal do Empreendedor, do Governo Federal, para obter mais detalhes e informações sobre todos os procedimentos.

 

 

CAIXA TEM - INFORMAÇÕES: