PIS 2023: Saiba as últimas notícias do novo calendário

Veja neste artigo quais são as principais informações sobre o PIS 2023 e saiba quais são as novas datas de recebimento.

Anúncios

A Caixa Econômica Federal efetua o pagamento do PIS para mais de 10 milhões de trabalhadores em todo o Brasil.

Entretanto, por conta da pandemia da Covid-19, o repasse do benefício sofreu algumas modificações, dentre elas, o ano-base.

Muitas são as dúvidas sobre o direito ao abono salarial e sobre qual é a data correta do pagamento.

Pensando nisso, reunimos as principais informações sobre o PIS 2023 para você, confira abaixo!

________________
________________

Entenda como será feito o pagamento do PIS 2023

O pagamento do PIS é feito de acordo com o valor do salário mínimo.

Desse modo, a alteração da parcela será confirmada no final de dezembro pelo governo federal. Existe uma projeção que o aumento seja de 7,41% do valor atual.

O salário mínimo sofre reajuste anualmente de acordo com a inflação registrada no Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC).

Vale ressaltar que o atual presidente da república, Jair Bolsonaro, sancionou a lei que prevê o aumento do salário mínimo para R$1294 para o próximo ano (2023).

Desse modo, seguindo de acordo com o possível salário mínimo, veja a tabela PIS 2023:

  • 1 mês trabalhado – R$ 107;
  • 2 meses trabalhados – R$ 215;
  • 3 meses trabalhados – R$ 323;
  • 4 meses trabalhados – R$ 431;
  • 5 meses trabalhados – R$ 539;
  • 6 meses trabalhados – R$ 647;
  • 7 meses trabalhados – R$ 754;
  • 8 meses trabalhados – R$ 862;
  • 9 meses trabalhados – R$ 970;
  • 10 meses trabalhados – R$ 1.078;
  • 11 meses trabalhados – R$ 1.186;
  • 12 meses trabalhados – R$ 1.294.

Calendário do PIS de 2023

O calendário do PIS 2023 ainda não foi liberado pelo Governo Federal, mas sabe-se que o pagamento será feito no início de fevereiro. 

Desse modo, para ter direito ao PIS, é necessário ter o ano-base 2021, e, atender aos seguintes requisitos:

  • Possuir cinco anos ou mais de inscrição no PIS/Pasep;
  • Ter exercido alguma atividade, com carteira assinada, por pelo menos 30 dias em 2021;
  • Ter recebido remuneração média de até dois salários mínimos em 2021;
  • Possuir os dados atualizados na RAIS – Relação Anual de Informações Sociais.

Dúvidas sobre o PIS 2023? Deixe abaixo nos comentários!

Gostou deste conteúdo? Siga-nos no Google Notícias:

COMPARTILHAR
COMPARTILHAR
TWITAR

VEJA TAMBÉM:

Copyright © 2019 – 2021 Dinheiro Bem Cuidado CNPJ: 23.654.977/0001-28

0

Aguarde… Carregando Conteúdo